Me receitaram Bupium 150 mg como tratamento para transtorno obssessivo...

Há diversos estudos que favorecem algumas medicações específicas para o tratamento do Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). São chamados de Medicamentos de Primeira Linha para o tratamento do TOC. Já quanto ao Bupium (Bupropiona), este fármaco certamente não se encontra alinhado junto aos medicamentos mais utilizados para o tratamento do TOC. O TOC é um Transtorno de Ansiedade, e o efeito da Bupropiona sobre Transtornos Ansiosos não é dos mais eficazes (para dizer o mínimo). Sua pergunta faz bastante sentido!

O tratamento medicamentoso de primeira linha para Transtorno Obsessivo Compulsivo consiste de Antidepressivos da classe dos Inibidores Seletivos da Recaptação de Serotonina (ISRS´s), geralmente em doses mais altas do que as utilizadas em quadros de depressão e ansiedade. Exemplos de fármacos desta classe são Fluoxetina, Sertralina, Paroxetina e Citalopram, Escitalopram. Outra opção de primeira linha no TOC é a Clomipramina. Em caso de falha terapêutica, a indicação é aumentar a dose do antidepressivo, seguido de troca por outro antidepressivo, e em caso de falha de todas as anteriores, associação de antidepressivos.
É importante ressaltar que a psioterapia, especificamente Terapia Cognitivo Comportamental, tem resultados excelentes neste transtorno e sua associação com a farmacoterapia é extremamente benéfica ao paciente.
A Bupropiona é indicada no tratamento da depressão maior, cessação do tabagismo,porém não há consistência de resultados no TOC.

Prezado!
A psicoterapia juntamente com a terapia medicamentosa è de fundamental importância para ajustar os comportamentos, independente da abordagem terapêutica.
Atenciosamente

Ver as 116 perguntas sobre Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC)

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia:

Tem perguntas sobre Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC)?

Nossos especialistas responderam 116 perguntas sobre Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC).

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.