Transtornos de Ansiedade Generalizados - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Transtornos de Ansiedade Generalizados

Os especialistas falam sobre a Transtornos de Ansiedade Generalizados

Preocupação ou ansiedade excessivas, com motivos injustificáveis ou desproporcionais ao nível de ansiedade observado. O estado de ansiedade perturba a visão que a pessoa tem a respeito de si mesma e a respeito do que acontece no ambiente. Prejudica o funcionamento pessoal e provoca marcante sofrimento. Os sintomas físicos são diversos e constantes ao quadro. Técnicas de respiração ajudam em momentos de crise aguda.
Dra. Betânia Tassis
Dra. Betânia Tassis Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

|

Rio de Janeiro

A ansiedade é uma reação normal do ser humano diante de situações que podem provocar medo, dúvida ou expectativa. Mas quando esse sentimento persiste por longos períodos de tempo e passa a interferir nas atividades do dia a dia, a ansiedade deixa de ser natural e passa a ser motivo de preocupação. Esse, na verdade, é o principal sintoma do Transtorno da ansiedade generalizada (TAG), um distúrbio caracterizado pela “preocupação excessiva”, de acordo com a quinta edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5). Outros sintomas: Irritabilidade, fadiga, dificuldade de concentração... Se não tratada, pode durar anos ou a vida inteira. Tratamento: Psicoterapia
Renata Toribio Nunes

Psicóloga

|

Porto Alegre

É normal que um humano sinta ansiedade, ela tende a surgir quandosentimos medo, dúvida ou expectativa em relação a algo em nossas vidas. Porém quando esse sentimento persiste por longos períodos de tempo, o mesmo pode interferir significativamente no dia a dia do paciente. É nesse ponto que podemos dizer que estamos falando do que chamamos de um Transtorno da ansiedade generalizada (TAG), uma preocupação que vai além, uma preocupação excessiva no que diz respeito as expectativas de vida.
Daniel Rodrigues da Silva
Daniel Rodrigues da Silva Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicólogo

|

Araraquara

A ameaça não vem de nenhum lugar, mas você a sente o tempo todo e em toda parte. Você não sabe o que pode acontecer, mas sente que será algo terrível e que não será capaz de suportar. Para estar preparado, você busca constantemente identificar ameaças e perigos. Mas não os encontrar não é suficiente para você, pois logo pensa: "Mas e se" algo acontecer? A ansiedade é uma emoção normal. Mas quando muito intensa, ela interfere gravemente em sua vida, tornando a preocupação e medo tão constantes e esmagadores que podem incapacitar. Com o tratamento, você poderá falar sobre como tudo isso é para você e encontrar novas maneiras de viver esses sentimentos para voltar a ter uma vida mais leve.
Rogério Cogo
Rogério Cogo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicólogo

|

São Paulo

O Transtorno de Ansiedade Generalizada ou simplesmente TAG, caracteriza-se, como o próprio nome já define, em episódios de ansiedade exacerbada na qual o indivíduo não é capaz de nomear o motivo pela qual essa tenha sido gerada. Normalmente, as crises são acompanhadas de sintomas físicos que facilmente podem ser confundidos com alguma patologia pré-existente. Sensações de sufocamento, taquicardia e sudorese são algumas sintomatologias relatadas pelos pacientes. Com uma avaliação criteriosa, que inclui o exame clínico de um médico capacitado e, posteriormente, de um profissional da saúde mental, é possível fechar o diagnóstico.
Laisa Trein Barbieri
Laisa Trein Barbieri Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Barueri

Ver mais

Tem perguntas sobre Transtornos de Ansiedade Generalizados?

Nossos especialistas responderam 151 perguntas sobre Transtornos de Ansiedade Generalizados.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Sim. O esbatimento dos sintomas são comprovados na literatura científica com a abordagem chamada Terapia Cognitivo Comportamental. Estudos novos também relacionam práticas de Mindfulness a uma melhora para Transtornos de Ansiedade em geral. As técnicas de Mindfulness são normalmente utilizadas como técnicas auxiliares tanto em Terapias Cognitivas quanto em "Terapias de terceira onda".

  • 74
  • 87
  • 69
Dr. Augusto Yumi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Porto Alegre

Marcar consulta

"Toda dor pode ser suportada se sobre ela puder ser contada uma história" Hannah Arendt A dor de nossa existência está marcada no corpo, ela é tão física quanto a nossa história pode contá-la. Procure novamente um profissional que possa ajudá-la nessa travessia da vida e toda a sua dor.

  • 42
  • 17
  • 44
Dra. Ana Cristina Aguiar Vilhena de Carvalho

Psicóloga

Rio de Janeiro

Partindo-se do princípio que seus diagnósticos estejam corretos (o que é impossível de ser verificado por internet): Bupropiona é um antidepressivo que não tem ação comprovada contra ansiedade, apesar de já ter ouvido algumas poucas pessoas comentarem que sua ansiedade melhorou; algumas ficam mais ansiosas, ao tomar bupropiona; Lorazepam é uma medicação criada para o tratamento da ansiedade e que também funciona como hipnótico ("medicação para dormir"); possui efeitos negativos comprovados sobre coordenação motora, memória e risco de quedas e, atualmente, salvas as exceções, não constitui primeira opção em nenhum tratamento e seu uso deve se restringir a algumas semanas; Haldol* (haloperidol) é uma droga antipsícótica (para o tratamento de quadros como esquizofrenia, mania e depressão psicóticas); seu uso é bem restrito, atualmente, por haver medicações mais seguras; é usado quando outras não funcionaram ou por motivos econômicos. Não há problema em usá-los conjuntamente.

  • 240
  • 184
  • 192
Ivan Mario Braun Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

São Paulo

Marcar consulta

Olá!! O ideal é você seguir a prescrição médica e sempre estar em contato com o psiquiatra para que ele possa acompanhar os resultados da medicação. Agora é muito importante que você compreenda que os remédios irão amenizar os sintomas, porém não vão resolver suas dificuldades. Neste caso a terapia cognitivo comportamental é muito eficaz para tratamento de ansiedade e para que você consiga de fato tratar a sua ansiedade e não precise ficar dependente da medicação por tempo prolongado. Abraços.

  • 14
  • 3
  • 15
Guilherme Schezzi Botelho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo, Psicopedagogo

Ribeirão Preto

Marcar consulta

Ver as 151 perguntas sobre Transtornos de Ansiedade Generalizados