Perguntas sobre Transtornos Fóbicos

Tem perguntas sobre Transtornos Fóbicos?

Nossos especialistas responderam 13 perguntas sobre Transtornos Fóbicos.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Perguntas sobre Transtornos Fóbicos

13Perguntas

116Respostas

77Especialistas de acordo

129Pacientes agradecidos

Olá! O diagnóstico para os seus sintomas só poderá ser feito por um profissional. Seja fobia social, ou outro transtorno, o profissional irá desenvolver com você o melhor tratamento. Não deixe de procurar ajuda, quanto antes começar o seu tratamento, melhor.

  • 11
  • 17
  • 11
Renata Gomes Netto

Psicóloga

Paracatu

Ver as 17 respostas

O melhor tratamento para o Transtorno do Pânico é a psicoterapia. É feito um trabalho para identificar o padrão de pensamento que está levando o indivíduo as crises de pânico, bem como atividades de descensibilizacão sistemática e meditação para ajudar no controle da ansiedade e reestruturação cognitiva, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida do sujeito.

  • 16
  • 16
  • 8
Raquel De Queirós

Psicóloga

Niterói

Ver as 15 respostas

Veja... o medo é uma emoção que está relacionada com a Ansiedade... quando estamos ansiosos experimentamos um medo intenso pois nosso cérebro ancestral (que não acompanhou a evolução da tecnologia/sociedade) ao perceber uma situação que interpretamos como perigosa reage como se estivéssemos com a nossa vida em risco. Mas as situações que consideramos perigosas atualmente nem sempre oferecem esse risco de vida, com isso, se torna desproporcional. A forma com que você interpreta essas situações que escreveu na sua pergunta, ou seja, os pensamentos que vem a sua cabeça no momento que está vivenciando essas situações, contribuem para a sua ansiedade de forma significativa. Compreender esses pensamentos, saber quais são as raízes deles e aprender a lidar com os mesmos fará toda a diferença na sua vida. Isso você consegue desenvolver na Psicoterapia.

  • 10
  • 9
  • 10
Emanuelle S. Mendes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 12 respostas

Se vc está com medo de ficar doente, acha que está doente, percorre diversos médicos, realiza diversos exame e nada é diagnosticado, o problema pode estar na somatização , quando a boca cala o corpo fala! Explicando melhor, o indivíduo transfere para o corpo em forma de doença mesmo que inconsciente suas dificuldades de lidar com o mundo externo seja por um trauma, medo, frustração, culpa, insegurança'. Os sintomas podem aparecer da forma mais variada possível, como dores no corpo, problemas digestivos, dificuldades com sono, alimentação, dor no peito, nó na garganta, dores de cabeça entre outros. È uma busca interminável, peregrinação em diversas especialidades médicas, diversos exames e a resposta é a mesma. Nada aparece de errado nos exames. O indivíduo não conformado com os resultados e certo de que esta gravemente doente, busca orientação psicológica. A psicoterapia pode ajudar a se desligar do sofrimento desnecessário e dar um novo significado de si mesmo.

  • 2
  • 5
  • 7
Tatiana Montiel

Psicóloga, Terapeuta complementar

Rio de Janeiro

Ver as 10 respostas

Olá! Um Psicólogo de qualquer abordagem pode te ajudar a lidar com esse medo. Serão trabalhadas questões e algumas estratégias para redução da fobia. Caso seja necessário alguma medicação, o Psicólogo poderá te encaminhar para um Psiquiatra também. Abraços.

  • 69
  • 35
  • 38
Kelly Augusta de Lima Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Barueri

Marcar consulta

Ver as 10 respostas

Procure por um psicólogo, pois há tratamento para o seu problema. A psicoterapia irá auxiliá-la na resolução de questões que você não está conseguindo resolver sozinha, portanto busque ajuda de um profissional capacitado. Boa sorte!

  • 18
  • 10
  • 6
Thaís Merthon F Reis Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

São Paulo

Ver as 10 respostas

Eu estou de acordo com o psicólogo Mateus quanto à insuficiência de dados para fazer uma indicação mas me parece que a psicoterapia pode ser um caminho adequado para você. Quem sabe a psicanálise tenha mais instrumentos para acessar seus "fantasmas internos"?

  • 49
  • 37
  • 38
Fabiana Hueb Abdala

São Paulo

Ver as 8 respostas

Olá! Seria ideal levar seu filho a um(a) psicólogo(a), para serem investigadas as causas dessa ansiedade. É normal um certo receio de ir ao dentista pelo fato de ter que ser submetido à intervenções que muitas vezes são invasivas e que causam dor, porém quando essa ansiedade toma proporções incapacitantes, ela deve ser explorada. Além disso, seria bom procurar indicações de profissionais da Odontologia que tenham um perfil mais acolhedor e que o seu filho se sinta seguro e à vontade desde o primeiro contato. Abraços!

  • 3
  • 4
  • 0
Ana Flávia Da Silva Favero

Psicóloga

Curitiba

Ver as 7 respostas

A psicoterapia pode ajudar a encontrar uma nova direção e ressignificação para a fobia. O psicólogo também pode te orientar para consultar o psiquiatra se identificar essa necessidade. Um abraço!

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 5
  • 1
  • 10
Lucia Trindade Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Nova Iguaçu

Marcar consulta

Ver as 7 respostas

As fobias são frutos dos nossos pensamentos. Para libertar-se da fobia, será necessário desenvolver o habito de observar os pensamentos. Quando a gente observa nosso pensamento, ele não toma conta de nós. Precisamos testemunhar o pensamento como se o observássemos numa tela. Descolado de nós; de modo que o pensamento não se transforme em nosso sangue e nossos músculos. A partir daí poderemos discernir pensamentos produtivos, construtivos e funcionais dos destrutivos e disfuncionais. E deixamos de ser escravos de nossa mente tornando-nos soberanos. Esse é o caminho para nos libertarmos das fobias. Requer esforço, mas vale a pena, pois você se tornará uma pessoa LIVRE! Um grande abraço, Lea

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 198
  • 119
  • 194
Dra. Léa Michaan Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 7 respostas

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia: