Transtornos Globais Do Desenvolvimento Infantil - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Transtornos Globais Do Desenvolvimento Infantil

Os especialistas falam sobre a Transtornos Globais Do Desenvolvimento Infantil

O atendimento de bebês e crianças com esta queixa é realizado, primeiramente, com uma entrevista com os pais ou o responsável que possa comparecer, em que irei escutar sobre o que está acontecendo. Esta sessão pode ter a duração de até 1h30 e estender-se por mais sessões, de acordo com cada caso. A sessão com bebês ou crianças pequenas contará com a presença dos pais ou responsável, o que não acontece com as crianças maiores, que entram sozinhas. A base do trabalho é a brincadeira, que é a linguagem pela qual o bebê e a criança se expressam.
Bárbara Adele de Moraes
Bárbara Adele de Moraes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

|

Sorocaba

Após escuta e acolhimento da demanda inicial, a investigação sobre os transtornos do desenvolvimento são feitos por meio de atividades lúdicas, testes e avaliações, que serão utilizados para guiar as intervenções que deverão ser feitas, buscando sempre, focar no potencial e desenvolver maneiras de viver de forma mais funcional, minimizando os efeitos dos transtornos. Se necessário, pode haver a necessidade de trabalho em conjunto com demais profissionais, para os quais haverá encaminhamento. O sigilo psicoterapeuta/paciente é respeitado em todos os atendimentos.O sigilo psicoterapeuta/paciente é respeitado em todos os atendimentos.
Marcia Kelen Moscatelli

Psicóloga, Psicopedagoga

|

Sorocaba

Tem perguntas sobre Transtornos Globais Do Desenvolvimento Infantil?

Nossos especialistas responderam 9 perguntas sobre Transtornos Globais Do Desenvolvimento Infantil.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Certamente com essas características não se pode fechar um diagnostico de autismo. Muitas variáveis pode interferir no desenvolvimento e influenciar na regressão da linguagem de outros comportamentos infantis. Acredito que voce possa procurar um psicologo, ou outro profissional da area, que possa fazer uma avaliação em seu filho e lhe orientar em relação ao ritmo de desenvolvimento dele. espero ter ajudado. att

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 21
  • 12
  • 12
Sara Guedes Conceicao Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Salvador

Marcar consulta

Sugiro que leve seu filho a um profissional de saúde mental para averiguar as possibilidades: pode não ser nada (variação da normalidade), pode ser que ele tenha uma deficiência auditiva, pode ser falta de estímulo, pode ser autismo, pode ser deficiência intelectual. Somente avaliação pessoal minuciosa e cuidadosa é capaz de averiguar do que se trata.

  • 838
  • 850
  • 2295
Tomás Rotelli de Olivieira Ferreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Uberaba

Olá, o usual é os bebês começarem a engatinhar entre 07 e 11 meses. O desenvolvimento de cada bebê é muito individual, mas se isso lhe preocupa, procure conversar com o pediatra que acompanha seu bebê. Espero ter contribuído com sua dúvida. Abraço.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 8
  • 2
  • 4
Carolina Leal Garcia Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Curitiba

Marcar consulta

Olá! Às vezes nós mães ficamos muito preocupadas com o desenvolvimento de nossos filhos e isso é bem comum. Pelo seu relato, parece que seu bebê está se desenvolvendo conforme o esperado. Seria importante verificar se ele tenta se comunicar de outras maneiras, apontando, p. ex. e se olha pra você quando chamado. Para auxiliá-lo no desenvolvimento da fala, procure falar com ele sempre, explicando o que está fazendo, ler e cantar para o bebê, imitar seus sons e utilizar a linguagem correta. Lembre-se que cada bebê é único e tem seu próprio ritmo de desenvolvimento. Mas se mesmo assim ficar com dúvida, procure ajuda profissional! Abraços.

  • 29
  • 13
  • 10
Taisa Borges Grün Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Florianópolis

Marcar consulta

Ver as 9 perguntas sobre Transtornos Globais Do Desenvolvimento Infantil