Transtornos Psicóticos - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Transtornos Psicóticos

Os especialistas falam sobre a Transtornos Psicóticos

Este é um tratamento bem importante, pois o sofrimento de quem tem este transtorno é muito grande, bem como a família. Escutamos, acolhemos e fazemos uma 'avaliação' de como podemos melhor realizar o tratamento. As vezes é necessário um tratamento conjunto com um médico psiquiátrico, as vezes não. É importante ter uma escuta bem atenta ao paciente e muitas vezes às famílias.
Fernanda Turbat
Fernanda Turbat Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

|

Florianópolis

Acompanhamento terapêutico, o que é? Clínica especializada em atendimento a pessoas com dificuldades de manter sua rede de relações com o mundo, sua circulação social e suas atividades cotidianas. Tem como principal característica ocorrer em locais variados podendo ser, serviços públicos, consultas médicas, empresas, bancos, parques, shoppings, supermercados, cinemas e ainda na casa do paciente e/ou familiares e amigos. Indicações de encaminhamento: Abrange todas as idades e gêneros abordando casos como, psicoses, deficiencia física e mental, transtornos de humor, ansiedade, transtornos alimentares, dependência quimica, pacientes pró e pré cirúrgicos, inclusão escolar e outros.
Paulo Magnani

Psicanalista, Psicólogo

|

Jundiaí

Tem perguntas sobre Transtornos Psicóticos?

Nossos especialistas responderam 32 perguntas sobre Transtornos Psicóticos.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Bom dia! Ter fantasias e conversar consigo próprio não caracteriza um transtorno psicótico. Conversar consigo mesmo pode até ser muito saudável! :) A partir do momento que você tem clareza do que é fantasiado e do que é real, já não se configura um quadro de psicose - a pessoa que passa por um transtorno psicótico não consegue diferenciar o que é alucinação e delírio daquilo que é real. De qualquer forma, parece que você pode estar um pouco incomodado com algo ligado a essas fantasias e o falar sozinha. Talvez tenha algo te causando um pouco de sofrimento, ou simplesmente você esteja querendo entender quem você é e como você funciona. Uma psicoterapia certamente poderia te ajudar nisso. Um abraço e boa semana!

  • 26
  • 49
  • 30
Diogo Lana Monte-Mór

Psicólogo

Belo Horizonte

Olá. É muito difícil afirmar se é seguro. Casos assim necessitam de acompanhamento contínuo de um bom médico psiquiatra e de um psicólogo experiente em casos de psicose. Esses profissionais devem orientar não só o paciente, mas também os familiares quanto aos cuidados a tomar em relação ao quadro do paciente.

  • 69
  • 105
  • 25
Dennys S. Oliveira

Psicólogo

São Paulo

Olá! Querer ter uma vida diferente, não é um problema. Agora não conseguir viver a vida que tem, isso pode se tornar um grande problema. Em seu caso, seria muito importante ter um acompanhamento psicológico para melhor definir o quadro que vc está passando. Também um acompanhamento psiquiátrico para reduzir os sintomas de ansiedade e avaliar se o quadro é de alteração do humor, ou algum distúrbio do pensamento.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 83
  • 54
  • 82
Dr. Henrique do Prado Cabral Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Goiânia

Está claro que você está muito angústiado com o que tem sentido. Se já não o fez busque uma avaliação psiquiátrica para avaliar o que acontece contigo e exclarecer suas dúvidas pessoalmente. Neurose é um termo da psicologia cujo equivalente mais próximo seriam os transtornos de ansiedade. Eles não causam sintomas psicóticos como ouvir vozes. Síndrome do pânico não faz a pessoa ouvir vozes. Por isso insisto que você comverse pessoalmente com teu psiquiatra.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 658
  • 681
  • 827
Tomás Rotelli de Olivieira Ferreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Uberaba

Ver as 32 perguntas sobre Transtornos Psicóticos