Zumbido - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Zumbido

Informação sobre Zumbido

O que é o zumbido?

É a percepção de um som não real e, portanto, ninguém mais ouve. Cada pessoa pode perceber sons diferentes, como uma cigarra zumbindo ou sons mais complexos.

O zumbido pode variar de intensidade e ser constante ou intermitente. Em alguns casos, pode ser descrito como um som pulsante (como batimentos cardíacos). O zumbido geralmente tende a ser associada com perda auditiva.

O que causa zumbido?

Qualquer doença do ouvido pode causar zumbido. Os casos mais frequentes em que o zumbido ocorre são:

  • Doença do ouvido interno, quando uma lesão causada por ruídos altos ou quando a pessoa tem impactos no ouvido por muito tempo. Também para a perda auditiva devido ao envelhecimento ou doença de Ménière.
  • Obstrução no canal do ouvido quando se acumula muita cera ou permanece no mesmo corpo estranho.
  • Tímpano perfurado
  • Doença do ouvido médio quando há uma infecção ou inflamação de outras causas no ouvido médio. Esta condição é chamada otite média.

Outras causas possíveis:

  • Hipertensão (condição na qual valores de pressão arterial aumentam mais do que o recomendado).
  • Certos medicamentos podem causar o zumbido como um efeito colateral, especialmente quando a dose é excedida.
  • Um tumor benigno do nervo auditivo

Zumbido pode ser tratado?

Não há cura para o zumbido, mas o tratamento pode ser prescrito para, pelo menos, atenuá-los.

  • Quando uma perda auditiva, esses sons podem ser reduzidos usando um aparelho auditivo (AASI).
  • Também pode ser útil aparelho de mascaramento do zumbido. Sua eficácia é devido à emissão de um "ruído branco" (um som constante, repetitivo, o que pode atenuar o zumbido).
  • Outros tratamentos não farmacológicos, como terapia de retreinamento do zumbido também podem ajudar.
  • Em alguns casos, o zumbido pode desaparecer por si só, sem tratamento.

O que você pode fazer com zumbido?

Um otorrinolaringologista é um especialista que descobre a causa do zumbido, através de um exame adequado do canal auditivo e tímpano. O otorrinolaringologista também deve verificar o nível de audição da pessoa que sofre de zumbido.

Outros profissionais como psicólogos podem ser úteis. O objetivo do tratamento psicológico é diminuir a consciência que temos de zumbido.

Há especialistas com experiência no uso da terapia de reabilitação, cujo principal objetivo é fazer com que o zumbido seja menos irritante. Você também pode ajudar muito com música de fundo suave quando você quer dormir.

Possui uma dúvida concreta sobre Zumbido? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Zumbido

Zumbido no ouvido tem cura?! Essa é a pergunta que mais escuto nos consultórios com meus pacientes. Ficam me olhando com a maior expectativa! E quando respondo que todos os casos tem tratamento, desabam em lágrimas que, sempre me motivam a ajudá-los. Respondendo: Zumbido tem tratamento. Esse tratamento na maioria dos casos resulta na cura do zumbido. No entanto, isso exige um ponto importante que devemos ressaltar.Paciência: Nem sempre é uma tarefa fácil diagnosticar as possíveis causas do zumbido, então é necessário (em alguns casos) exames específicos, para um diagnóstico conclusivo.Após, os exames o melhor tratamento será buscado.
Dr. Bruno Luiz de Almeida Dutra
Dr. Bruno Luiz de Almeida Dutra Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Fonoaudiólogo, Geriatra

|

Rio de Janeiro

É um sintoma caracterizado pela percepção de ruído sonoro, sem de fato existir uma fonte externa geradora desse som. Ele pode ter diversas causas, e de acordo com sua origem a conduta será específica para aquela determinada etiologia. Na grande maioria dos casos, a causa tem origem coclear. Deve-se se avaliado por otorrinolaringologista para manejo e conduta adequada.
Dra. Lucia Joffily
Dra. Lucia Joffily Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

, Otorrino

|

Rio de Janeiro

Pacientes que apresentam zumbido deve ser avaliado por um profissional otorrino e investigado com exames de audiometria e imitanciometria, exames de sangue, etc.
Dr. Edison Luiz Fabri
Dr. Edison Luiz Fabri Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

Curitiba

Vertigem / Tontura / Zumbido são queixas frequentes na prática do consultório e muito pacientes praticam auto-medicação sem entender que pode estar perante um problema grave. Várias são as causas de vertigem, desde doenças arteriais cerebrais (presságio de um AVC ou derrame), como doenças de impacto da articulação temporo-mandibular (ATM) além de doenças degenerativas osteo-musculares da coluna cervical. Dessa forma, uma avaliação especializada é crucial para elucidar a etiologia do sintoma e o tratamento adequado para o mesmo.
Dr. Daniel Callegari Pereira
Dr. Daniel Callegari Pereira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião, Neurologista

|

Vila Velha

PROTEJA A SUA AUDICÃO (Evite ruídos acima de 85dB) Fique longe de alto-falantes, pois quanto mais próximo você estiver da fonte do som, mais alto será. Se for inevitável, use protetor auricular. Use aplicativos no seu celular que apresentam função de medidor de som (decibelímetro) Evite infecções de ouvido (não colocando objetos nos seus ouvidos) Dê um descanso aos seus ouvidos (seus ouvidos podem lidar melhor com sons altos se você der intervalos regulares longe do som alto, então se você estiver em um ambiente barulhento, tire um tempo e deixe os ouvidos descansarem. Se exponha a níveis seguros de audição pessoal (use fones de ouvido de forma segura, ou seja apenas você ouve)
Dra. Sandra Bastos
Dra. Sandra Bastos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Zumbido?

Nossos especialistas responderam 147 perguntas sobre Zumbido.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

O zumbido no ouvido pode ser causado por inúmeros motivos.Vamos começar pelos mais simples como: se você esteve em ambiente com som alto como shows, fábrica ou próximo à máquina barulhenta; se você está ou esteve recentemente resfriado. Nestas situações o zumbido pode desaparecer sozinho sem a intervenção de um especialista. Se o zumbido permanecer, será necessário que você faça uma consulta com um médico otorrinolaringologista para que seja feito um diagnóstico. Se for problema orgânico o otorrino ou médico de outra especialidade poderá realizar o tratamento adequado. Porém, se nenhuma lesão ou doença for constatada, a possibilidade de ser estresse, ansiedade ou depressão é grande e você deverá fazer novo diagnóstico agora com um profissional da área de Psicologia. Constatado problema psicológico você será encaminhado(a) p/Psicoterapia, pois estes zumbidos podem estar relacionados aos seus problemas emocionais. Sucesso no tratamento! Psicóloga Carmen Bitarães

  • 47
  • 26
  • 110
Dra. Carmen Bitarães Coutinho Alves Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Belo Horizonte

Prezado cliente As causas de zumbidos são inúmeras E entre elas está a exposição a ruídos. Porém, é importante uma avaliação completa com um profissional para esclarecer as causas e intensidade do problema. Mas, diante mão deixe de se expor a sons altos.

  • Obrigado 5
  • 1 especialista está de acordo
  • 65
  • 14
  • 81
Dr. Waldyr Cavalcanti Junior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

Recife

Marcar consulta

Pode sim, porém o mais comum é a sensação de "ouvido entupido".

  • 185
  • 69
  • 415
Dr. Sandro Sérgio Muniz da Silva Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

Mogi das Cruzes

Marcar consulta

Bom dia, em alguns casos esse entupimento deve-se a algo que chamamos de disfunção tubária. Como você está vindo de um quadro gripal outra possibilidade é secreção dentro da caixa timpânica, que foi produzida pelo quadro infeccioso que você apresentou podendo em alguns casos evoluir para propriamente uma infecção no ouvido, a otite. Neste quadro, o paciente fica com uma hipoacusia transitória que favorece a percepção e também o aumento do zumbido. Nestes casos é muito importante uma avaliação do especialista para adotar a conduta mais adequada caso a caso. Tudo de bom, e uma boa semana.

  • 2
  • 0
  • 1
Igor Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 147 perguntas sobre Zumbido