Juliana Bei, Psicanalista São Paulo

Juliana Bei

Psicanalista, Psicólogo mais

Número de registro: CRP SP 112489

Salvar


Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Consultório

Rua Capote Valente, 708 , Pinheiros, São Paulo
Consultório particular

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

Este especialista não fornece todas as informações que você precisa?

Mostrar outros psicanalistas perto de mim

Experiência

Sobre mim

Sou psicóloga e psicanalista, mas até aqui meu trajeto teve influências de áreas complementares: fiz graduação em Comunicação e Artes do Corpo (PUC-SP...

Mostrar a descrição completa

Tratar condições médicas

  • Conflitos de relacionamento
  • Transtorno depressivo
  • Saude Mental
Mostrar mais doenças

Serviços e preços

Os preços são para pacientes sem convênio médico

Serviços populares

Consulta Psicanálise


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Consulta Psicologia


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Primeira consulta Psicanálise


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Primeira consulta psicologia


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular

Outros serviços

Acompanhamento Terapêutico


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Acompanhamento Terapêutico (AT)


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Apoio à Inclusão Escolar


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Orientação aos pais


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Orientação de Pais


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Psicanálise


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Psicoterapia


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Psicoterapia Adulto


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Psicoterapia Psicanalítica


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Sonho terapia


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Terapia de Casal


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Tratamento da esquizofrenia e outros transtornos psicóticos


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Tratamento para pacientes com transtornos psiquiátricos


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Tratamento psicanalítico para adultos


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular


Tratamento psicanalítico para crianças e adolescentes


Rua Capote Valente, 708 , São Paulo

Consultório particular

Opiniões

Você realizou uma visita com Juliana Bei?

Escreva uma opinião sobre a sua experiência. Centenas de pacientes poderão se basear nos seus comentários para agendar suas consultas.

Deixar uma opinião

Dúvidas respondidas

3 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Autismo

    Minha filha tem 10 anos, é autista e vem apresentando um quadro de infecções recorrentes nas região da cabeça (ouvido, garganta, nariz) e gostaria de tentar algo ligado à prática ortomolecular. Vocês recomendam? Por onde inicio? Obrigada.

    Para além das questões biológicas, que podem ser tratadas pela medicina, eu acrescentaria um ponto de vista a partir do que observo na clínica com crianças autistas: considerando o fechamento subjetivo e a comum recusa no laço social observados com frequência nessas crianças, eu diria que certos adoecimentos e/ou baixas de imunidade representam às vezes uma abertura. Ainda que manifestada diretamente no corpo, se a criança está em acompanhamento psicológico, isso pode ser tratado como uma oportunidade de aproximação e contato, visto que uma baixa de imunidade é, nesse ângulo, o pequeno sujeito sendo permeado a afetado por fatores externos. Já acompanhei situações de doença que vieram seguidas de avanços no tratamento.

    Juliana Bei

  • Pergunta sobre Delírio

    Meu filho tem 11 anos, e sempre comentou não sentir cheiro, a principio eu não dava atenção pois achava ser coisa de criança, mas ele reafirma que nunca sentiu cheiro de nada e isso vem me preocupando bastante. Minha duvida é se procuro um Otorrino ou um Neurologista.

    Sintomas no corpo pregam muitas peças quando buscamos diagnósticos. Acho que é sempre indicado recorrer a um especialista para sanar a dúvida quanto ao problema ser ou não de ordem orgânica. Mas frequentemente nos deparamos com dificuldade diagnóstica, quando um problema não é identificado em uma parte específica do corpo. Nessas horas, vale considerar as consequências que o problema coloca para quem sofre dele, e a partir daí levantar questões para ampliar tal investigação. Afinal, convivemos bem com alguns problemas, enquanto outros nos impedem de seguir uma vida mais prazerosa e funcional. Nesse caso, penso que se há sofrimento, vale a pena procurar ajuda.

    Juliana Bei

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Sou psicóloga e psicanalista, mas até aqui meu trajeto teve influências de áreas complementares: fiz graduação em Comunicação e Artes do Corpo (PUC-SP...

Mostrar a descrição completa

Tratar condições médicas

  • Conflitos de relacionamento
  • Transtorno depressivo
  • Saude Mental
Mostrar mais doenças

Pesquisas relacionadas