Consultório

SGAS 616, CONJUNTO A, BLOCO B, SALAS 116 E 118, Asa Sul, Brasília
Avicena Especialidades Médicas (mapa)

Próxima data disponível:

Mostrar o calendário
Atende: adultos, crianças a partir dos 13 anos de idade

Pacientes particulares (sem convênio)

Banco Central

Trabalhamos com Reembolso de Planos de Saúde

AFEB BRASAL

ASETE (ASTE)

Fascal + 3 mais


(61) 3346.....
(61) 98612.....

Experiência

Sobre mim

Sou médica graduada pela UnB, psiquiatra formada por um centro de referência em psiquiatria, o Hospital De Clínicas de Porto Alegre e doutora em psiqu...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Emergências Psiquiátricas
  • Transtornos Alimentares
  • Transtorno de Humor
Veja mais


Formação

  • Doutorado em Psiquiatria pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
  • Residência em Psiquiatria pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre
  • Formada em Medicina pela UnB

Fotos


Idiomas

Português, Inglês

Opiniões dos pacientes

5

Classificação geral
3 opiniões

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Clínicas e hospitais
A
Paciente verificado

Visitei o consultório da médica depois de expressar muito cansaço e desgaste com relações pessoais e com o mestrado acadêmico. Também dormia mal e tinha algumas crises de ansiedade. Tenho fibromialgia e dores tensionais como também crises de enxaqueca. A médica me ouviu atentamente, me tranquilizou e esclareceu alguns assuntos e como eu poderia lidar melhor com algumas irritabilidades. Como eu tinha ido em outro psiquiatra antes, o diagnóstico já havia sido fornecido. Ela soube gerir bem a transição, continuando de maneira responsável as doses e medicamentes anteriormente prescritos. Em um momento de crise e extrema necessidade do mestrado acadêmico ela me ajudou, sendo decisiva para a finalização dessa etapa. Depois de 6 meses de acompanhamento sinto melhora muito significativa com o tratamento e continuarei fazendo o mesmo com a doutora. Recomendo fortemente!


Paciente verificado
Local: outro lugar

Sendo muito sincera, estou encantada com a Dra. Lorenna. Muita simpática, muita atenciosa e genuinamente comprometida com seus pacientes. Minhas consultas com ela sempre foram muito boas, nada corridas e sempre produtivas - além de não ficarem restritas à conversa que ocorre no consultório. Recomendo de olho fechado!


H
Paciente verificado
Local: outro lugar

Ótima profissional e muito atenciosa. A primeira consulta foi esclarecedora, e, o tratamento foi um sucesso. Recomendo.

Dra. Lorenna Mendes

Obrigada pela sua avaliação!


Serviços e preços

Consulta Psiquiatria


SGAS 616, CONJUNTO A, BLOCO B, SALAS 116 E 118, Brasília

Preço não relatado

Avicena Especialidades Médicas


SGAS 616, CONJUNTO A, BLOCO B, SALAS 116 E 118, Brasília

Preço não relatado

Avicena Especialidades Médicas


Tratamento da ansiedade


SGAS 616, CONJUNTO A, BLOCO B, SALAS 116 E 118, Brasília

Preço não relatado

Avicena Especialidades Médicas


Tratamento da esquizofrenia e outros transtornos psicóticos


SGAS 616, CONJUNTO A, BLOCO B, SALAS 116 E 118, Brasília

Preço não relatado

Avicena Especialidades Médicas


Tratamento Adicção


SGAS 616, CONJUNTO A, BLOCO B, SALAS 116 E 118, Brasília

Preço não relatado

Avicena Especialidades Médicas


Laudo de sanidade mental para concurso


SGAS 616, CONJUNTO A, BLOCO B, SALAS 116 E 118, Brasília

Preço não relatado

Avicena Especialidades Médicas

Opiniões dos pacientes

5

Classificação geral
3 opiniões

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Clínicas e hospitais
A
Paciente verificado

Visitei o consultório da médica depois de expressar muito cansaço e desgaste com relações pessoais e com o mestrado acadêmico. Também dormia mal e tinha algumas crises de ansiedade. Tenho fibromialgia e dores tensionais como também crises de enxaqueca. A médica me ouviu atentamente, me tranquilizou e esclareceu alguns assuntos e como eu poderia lidar melhor com algumas irritabilidades. Como eu tinha ido em outro psiquiatra antes, o diagnóstico já havia sido fornecido. Ela soube gerir bem a transição, continuando de maneira responsável as doses e medicamentes anteriormente prescritos. Em um momento de crise e extrema necessidade do mestrado acadêmico ela me ajudou, sendo decisiva para a finalização dessa etapa. Depois de 6 meses de acompanhamento sinto melhora muito significativa com o tratamento e continuarei fazendo o mesmo com a doutora. Recomendo fortemente!


Paciente verificado
Local: outro lugar

Sendo muito sincera, estou encantada com a Dra. Lorenna. Muita simpática, muita atenciosa e genuinamente comprometida com seus pacientes. Minhas consultas com ela sempre foram muito boas, nada corridas e sempre produtivas - além de não ficarem restritas à conversa que ocorre no consultório. Recomendo de olho fechado!


H
Paciente verificado
Local: outro lugar

Ótima profissional e muito atenciosa. A primeira consulta foi esclarecedora, e, o tratamento foi um sucesso. Recomendo.

Dra. Lorenna Mendes

Obrigada pela sua avaliação!


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

5 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Transtorno bipolar

    Bipolaridade com ausência de fase "maniaca" pode ocorrer? Se sim, como fazer o diagnostico diferencial?

    De acordo com o manual diagnóstico psiquiátrico 5 (DSM-5), é possível que uma pessoa bipolar não tenha fase de mania (clássica). Entretanto, nesse caso, o transtorno é classificado como transtorno bipolar tipo II. Nesta última situação (bipolar tipo II) a fase de elevação do humor presente no transtorno é chamada de HIPOMANIA - uma versão menos intensa da mania.
    Não é possível ser bipolar e não ter uma fase de mania ou hipomania!
    Existem algumas diferenças entre mania e hipomania, uma delas é que a hipomania pode vir a durar somente 4 dias. Espero ter respondido sua pergunta.

    Dra. Lorenna Mendes

  • Pergunta sobre Transtorno bipolar

    Boa tarde. Quanto aos estabilizadores de humor que causam queda de cabelo, existe a possibilidade do corpo se acostumar com a medicação ao longo do tempo e tal efeito desaparecer? Ainda, uma fase mais depressiva do humor pode aumentar a queda?

    Infelizmente, o uso de estabilizadores de humor se associa, em alguns pacientes, a queda de cabelo (alopecia). A alopecia pode ainda ser causada por mais de um fator, ou seja, uso de estabilizador de humor, estresse físico e emocional ou alterações hormonais ou até deficiência de alguns nutrientes. Episódio depressivo pode piorar a queda de cabelo. Somente em uma consulta a avaliação e manejo correto deste problema poderão ser realizados. Fale com seu médico. Espero ter ajudado.

    Dra. Lorenna Mendes

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Sou médica graduada pela UnB, psiquiatra formada por um centro de referência em psiquiatria, o Hospital De Clínicas de Porto Alegre e doutora em psiqu...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Emergências Psiquiátricas
  • Transtornos Alimentares
  • Transtorno de Humor
Veja mais


Formação

  • Doutorado em Psiquiatria pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
  • Residência em Psiquiatria pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre
  • Formada em Medicina pela UnB

Fotos


Idiomas

Português, Inglês

Publicações

Publicações (1)