Li que um dos efeitos colaterais da fluoxetina é o pensamento suicida....

Estudos recentes tem demonstrado que alguns antidepressivos podem dar o drive necessário para o suicídio nas pessoas que tenham a ideação com muita apatia. São efeitos possíveis, especialmente em adulto jovem ou em ideações/tentativas prévias, ocorrendo nas primeiras semanas após o início do tratamento e tendem a melhorar conforme o remédio tenha sua ação. Também é possível uma piora inicial dos sintomas ansiosos ou agravamento do quadro depressivo no início do tratamento.

Não é frequente a ideação suicida causada pela medicação, mas é possível. Acredito que o medo de ter tais pensamentos sejam muito maiores do que realmente vir a tê-los, mas isso precisa ser compartilhado com o seu médico.

Este medo que você descreve na pergunta, certamente está ligado a ansiedade excessiva e pensamentos disfuncionais que devem ser abordados com seu
Psiquiatra ou psicoterapeuta. A fluoxetina e outros medicamentos da classe muito raramente estão associadas a pensamentos suicidas. Este detalhe na bula é algo recente e de função mais jurídica sinais clinica.
À disposição, prof David

Não é verdade que pensamento suicida seja efeito colateral nem da fluoxetina como de nenhum outro antidepressivo. O que acontece é que, pessoas deprimidos tem uma redução enorme da sua capacidade de realizar qualquer atividade, inclusive uma sequência de atos e planos para se matar, mesmo tento vontade. A partir do uso da medicação a leve melhora, porém não total, pode fazer com que a pessoa tenha energia para executar o ato em si. Porém, sua pergunta foi extremamente interessante e ela em si já responde o seu medo, quem quer se suicidar jamais ficaria com medo de ter vontade de querer se suicidar, além do uso de "Rs" na sua pergunta que fala algo sobre seu estado psíquico.

Ver as 89 perguntas sobre Fluoxetina

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia:

Tem perguntas sobre Fluoxetina?

Nossos especialistas responderam 89 perguntas sobre Fluoxetina.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.