Rino-lastin - Indicações, posologia, efeitos adversos, perguntas frquentes

Tudo sobre Rino-lastin

Para que serve Rino-lastin

Indicações de Rino-lastin
RINO-LASTIN® spray nasal está indicado para o tratamento da rinite alérgica perene e sazonal.


Contra-Indicações de Rino-lastin
Hipersensibilidade ao cloridrato de azelastina. Na utilização do spray nasal, deve-se considerar também a hipersensibilidade ao cloreto de benzalcônio e ácido edético.


Princípios ativos Rino-lastin

Composição
Cada ml contém: Cloridrato de azelastina ........... 1 mg Veículo q.s.p .................... 1 ml


Considerações Rino-lastin

Como Usar (Posologia)
Fazer uma aplicação em cada narina 2 vezes ao dia. ou a critério médico.


Interaçoes Medicamentosas
Não foram observadas até o momento interações medicamentosas com o uso de RINO-LASTIN® spray nasal. Uma interação com cimetidina não pode ser excluída, sendo recomendável, portanto, que o paciente sob terapia com azelastina faça uso de outros antagonistas de receptores H2. Outras interações medicamentosas não foram observadas até o momento.


Laboratório
Asta Médica Ltda.
Remédios da mesma Classe Terapêutica Agasten, Alergitrat, Asdron, Asmalergin, Bialerge


Propriedades
A azelastina é um novo agente terapêutico com propriedade antialérgica de longa duração. Um importante aspecto do mecanismo de ação da azelastina é o seu efeito sobre a liberação de mediadores quÍmicos da hipersensibilidade imediata. A redução da liberação de leucotrieno provavelmente é o resultado da inibição da 5-lipoxigenase ou LTC4 sintetase. A liberação de histamina a partir dos mastócitos e basófilos provavelmente é antagonizada, tanto "In vitro" quanto "In vivo", pela inibição da entrada de cálcio com o conseqüente decréscimo da liberação da histamina. O efeito anti-PAF provavelmente se deve ao bloqueio do canal de cálcio, assim como à inibição do metabolismo do ácido araquidônico. A azelastina também inibe as reações patológicas provocadas pela histamina, principalmente devido à sue pronunciada atividade no antagonismo seletivo de receptores H1. A azelastina apresenta atividade anticolinérgica desprezível. Não foram observadas interações com outros agentes antialérgicos. Não é necessário qualquer regime especial de dosagem pare pacientes geriátricos ou com disfunção renal ou hepática. Nas dosagens preconizadas para a utilização do spray nasal, não deve ser esperada uma concentração plasmática relevante de azelastina, mesmo quando se assume a absorção complete do medicamento. A utilização de azelastina sob forma de spray é particularmente útil em rinite alérgica, devido à possibilidade de aplicação local e obtenção de rápido efeito.


Efeitos adversos Rino-lastin

Efeitos Colaterais de Rino-lastin
O uso de RINO-LASTIN® spray nasal pode provocar irritação em mucosas nasais inflamadas podendo levar, em casos isolados, a sangramentos nasais. A aplicação incorreta do produto, por exemplo, a cabeça inclinada pare trás durante a aplicação, pode ocasionar a sensação de sabor amargo.


Apresentações de Rino-lastin

  • Rino-lastin Apresentação
    Spray nasal: Frasco nebulizador com 10 ml.


Tem perguntas sobre Rino-lastin?

Nossos especialistas responderam 4 perguntas sobre Rino-lastin.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Prezado/a paciente-internauta, Negativo, o Rino-lastin não apresenta corticosteróide algum em sua composição. O princípio ativo de sua fórmula é o composto Cromoglicato de sódio, dito "estabilizador das membranas mastocitárias", de ação muito mais branda do que a maior parte dos demais anti-alérgicos, portanto indicado apenas para casos selecionados de rinite alérgica em grau leve.

  • 1335
  • 487
  • 2146
Dr. Gustavo Guagliardi Pacheco

Medico do Sono, Otorrino

Rio de Janeiro

O uso do Rino-lastin não é recomendado em conjunto com remédios contendo cimetidina e no período da gravidez ou amamentação apenas sob recomendação e supervisão médica cuidadosa. Abraço.

  • 22
  • 24
  • 36
Dr. Deusdedit Brandão Neto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

São Paulo

Marcar consulta

Sim, são medicamentos tópicos para Rinite Alérgica. O primeiro é um corticóide tópico e o segundo um anti-histamínico tópico. Em rinites mais acentuadas podem ser usados concomitantemente sim.

  • 53
  • 12
  • 31
Dr. Guilherme Luiz Trevizan Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

Curitiba

Marcar consulta

A substância desta medicação é a azelastina, um antihistaminico de nova geração que não têm ação sobre o sistema nervoso central, logo não provoca sonolência em doses habituais.

  • 82
  • 59
  • 290
Dr. Alex Lacerda Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Alergista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 4 perguntas sobre Rino-lastin