Riopan - Indicações, posologia, efeitos adversos, perguntas frquentes

Tudo sobre Riopan

Para que serve Riopan

Indicações de Riopan
Azia, esofagite de refluxo, gastrite aguda e crônica, úlcera gástrica e duodenal, profilaxia da úlcera péptica por estresse. Distúrbios funcionais do estômago (intolerância a certos alimentos ou medicamentos), irritação gástrica devido ao consumo de álcool, fumo ou café.


Contra-Indicações de Riopan
Insuficiência renal. Hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.


Princípios ativos Riopan

Composição
Cada Comprimido Mastigável contém: Magaldrato* (aluminato de magnésio hidratado) 800 mg Excipiente q.s.p. 1 comprimido Cada 5 ml (1 colher das de chá) do Gel contém: Magaldrato* (aluminato de magnésio hidratado) 400 mg Veículo aromatizado q.s.p. 5 ml * Contendo no mínimo 80 % de magaldrato anidro


Considerações Riopan

Como Usar (Posologia)
Em casos de perturbações gástricas leves, 1 comprimido, ou 2 colheres das de chá (10 ml) do gel, ou a critério médico. Em casos de gastrite ou úlcera gástrica, 1 comprimido, ou 2 colheres das de chá (10 ml), 4 vezes ao dia (sempre 1 hora após as refeições principais e antes de deitar). Esta medicação deve ser mantida durante, no mínimo, 4 semanas. Quando necessário, esta dose pode ser aumentada até 10 comprimidos ou 20 colheres das de chá (100 ml) do gel ao dia. Conforme indica a experiência, a úlcera duodenal requer doses maiores e medicação regular. Nestes casos recomenda-se, salvo prescrição médica diferente, 1 a 2 comprimidos ou 2 a 4 colheres das de chá (10 a 20 ml), do gel, 7 vezes ao dia (1 e 3 horas após as principais refeições e antes de deitar). Estudos recentes mostram que doses muito menores de Magaldrato (3,2 g/dia, divididos em 2 a 3 tomadas) são tão eficazes no tratamento da úlcera duodenal quanto as altas doses tradicionalmente usadas. Este tratamento deve ser continuado até, no mínimo, 4 semanas após o desaparecimento dos sintomas subjetivos. Sendo bem tolerado e ainda livre da sacarose e pobre em sódio, Riopan pode ser administrado inclusive em pacientes diabéticos ou hipertensos.


Conduta Na Superdosagem
Na eventualidade da ingestão acidental de doses muito acima das preconizadas, recomenda-se adotar as medidas habituais de controle das funções vitais. SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR; NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.


Informação ao Paciente
Conserve o produto na embalagem original e ao abrigo do calor. Prazo de validade: 24 meses a partir da data da fabricação (vide cartucho). Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Uma vez aberto, o conteúdo do frasco permanece estável por 6 semanas. Evite o congelamento do gel. Ação esperada do medicamento: antiácido. Informe seu médico a ocorrência de gravidez ou lactação na vigência do tratamento. Cuidados de administração: Os comprimidos, de sabor agradável, não devem ser deglutidos por inteiro, mas sim dissolvidos inteiramente na boca. Agite o frasco do gel antes de usar. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Informe seu médico caso apareçam reações desagradáveis como: diarréias ou obstipações. TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. Deve-se evitar a administração concomitante com outros medicamentos como Tetraciclinas, Digoxina, Benzodiazepínicos, Dicumarina, Cimetidina, Ferro, Indometacina, pelo risco de uma redução da absorção destas substâncias. A ingestão destes medicamentos deverá ocorrer uma hora antes ou após a administração do Riopan. O produto não deve ser usado por pacientes com insuficiência renal ou com hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula. Não ultrapassar a dose máxima de 10 comprimidos ou 100 ml do gel por dia. Esta dose máxima não deve ser administrada por período superior a 2 semanas. O uso em crianças menores de 6 anos deve ser feito apenas sob prescrição médica. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.


Informação Técnica
O Magaldrato (aluminato de magnésio hidratado), princípio ativo do Riopan, não é uma simples mistura física dos dois componentes magnésio e alumínio, mas sim uma monossubstância em que estes elementos são ligados de maneira a formar uma entidade química. Conforme comprovado experimentalmente, a atividade adsorvente e neutralizante deste composto é bastante elevada, superando consideravelmente a proporcionada por uma simples mistura. Uma vez que a ativação intragástrica do Riopan (liberação dos hidróxidos de alumínio e magnésio) é proporcional ao grau de acidez gástrica, o seu efeito neutralizante se adapta automaticamente às necessidades momentâneas de cada caso, evitando-se a neutralização total ou até a formação de um meio gástrico alcalino indesejável por várias razões. Devido a esta auto-regulação, o pH obtido pelo Riopan oscila dentro da faixa ideal de pH, de 3,5 a 5,0, não ultrapassando este último valor, mesmo com administrações repetidas e prolongadas. Ao mesmo tempo, o Riopan adsorve e inativa a lisolecitina e os ácidos biliares, que através do refluxo duodeno-gástrico, desempenham papel importante como fatores patogenéticos da úlcera péptica e da esofagite.


Interações Medicamentosas
Da mesma forma como outras preparações antiácidas, o Riopan pode reduzir a absorção de medicamentos, como as tetraciclinas, digoxina, benzodiazepínicos, dicumarina, cimetidina, ferro, indometacina. Por isso, deve-se evitar a administração concomitante do Riopan e medicamentos desta espécie, podendo ser administrado uma hora antes ou depois da ingestão de Riopan. A absorção de levodopa aumenta quando usada simultaneamente com Riopan.


Laboratório
BYK Quím. e Farm. Ltda.
Remédios da mesma Classe Terapêutica Antepsin, Antitermin, Asilone, Aziac, Bisuisan
Remédios que contém o mesmo Princípio Ativo Riopan Plus


Precauções
A não ser em indicações muito especiais, sob cuidadosa supervisão médica, aconselha-se não ultrapassar a dose máxima de 10 comprimidos ou 100 ml do gel (20 colheres das de chá) por dia ou administrar esta dose diária máxima durante período superior a 2 semanas. Pacientes portadores de nefropatias não devem fazer uso prolongado da referida dose máxima exceto sob expressa recomendação e vigilância médica. Os comprimidos, de sabor agradável, não devem ser deglutidos, mas sim dissolvidos inteiramente na boca. Usar sempre após as refeições. Agitar o frasco do gel antes de usar. Evitar antiácidos em crianças menores de 6 anos, a não ser com prescrição médica.


Efeitos adversos Riopan

Efeitos Colaterais de Riopan
Raramente podem ocorrer alguns casos de diarréia ou constipação leves e transitórios, e de litíase renal. Com o uso prolongado ou altas doses: anorexia, perda de peso, fraqueza muscular.


Apresentações de Riopan

  • Riopan Apresentações
    Embalagens com 20 comprimidos Frascos com 240 ml do gel


Tem perguntas sobre Riopan?

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.