Sinvastatina - Indicações, posologia, efeitos adversos, perguntas frquentes

Tudo sobre Sinvastatina

Tem perguntas sobre Sinvastatina?

Nossos especialistas responderam 27 perguntas sobre Sinvastatina.

Pode e deve ser usado em estratose hepática - é um dos tratamentos para estratose, juntamente com dieta, exercícios e controle do diabetes (em quem tem diabetes)... Abraços.

  • 597
  • 140
  • 514
Dra. Patricia Moretto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Internista, Oncologista

Porto Alegre

Marcar consulta

A associação de Fibratos com Estatinas pode aumentar o risco de complicações adversar musculares, como dor muscular ou aumento de CPK (um enzima produzida pelos músculos). O uso de Sinvastatina com Ciprofibrato é frequente na prática clínica e muito bem tolerado na grande maioria dos pacientes. Não há nada de errado em tomar as duas medicações juntas.

  • Obrigado 9
  • 1 especialista está de acordo
  • 100
  • 52
  • 153
Dr. João Antônio Martins de Araújo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

Uberlândia

Nenhum problema tomar os 2 juntos. É importante se entender que o benefício clínico esperado para estas medicações não é reduzir o Colesterol e sim reduzir o Risco de Complicações Cardiovasculares (Infarto e Derrame). Portanto, antes da prescrição de Estatinas, o ideal é o cardiologista calcular o Risco Cardiovascular individual do paciente e se este for alto aí sim prescrever as Estatinas. Para pacientes de Risco pequeno ou intermediário o ideal seria apenas exercício físico regular e alimentação saudável, recalculando-se com alguma frequência (anual) este Risco Cardiovascular que aumentará obrigatoriamente coma idade. Ezetimiba especificamente é uma medicação cujo benefício clínico é pequeno e restrito aos pacientes de muito alto risco, limitando sua indicação.

  • 20
  • 5
  • 8
Dr. Leonardo Castro Luna Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista, Médico clínico geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Não. Apesar de pertencerem à mesma classe terapêutica (estatinas) e agirem da mesma forma, são drogas com potências diferentes e suas doses não são equivalentes. Por exemplo, se lhe foi prescrito 10 mg de rosuvastatina, não poderá ser substituída por 10 mg de sinvastatina. As estatinas são prescritas com duas funções: Reduzir os níveis de colesterol LDL e reduzir o risco cardiovascular por seus efeitos sobre a inflamação que ocorre na formação das placas ateroscleróticas das artérias. Assim, as doses preconizadas levam em conta os níveis de colesterol LDL e também o chamado risco cardiovascular (risco de derrame ou infarto em 10 anos). Outra diferença é que a sinvastatina deverá ser administrada sempre à noite, enquanto a rosuvastatina pode ser usada qualquer hora do dia.

  • Obrigado 4
  • 1 especialista está de acordo
  • 19
  • 6
  • 14
Dr. Enio Panetti Usiglio Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cardiologista

Rio de Janeiro

Ver as 27 perguntas sobre Sinvastatina