Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Nutrólogo, Psiquiatra

Número de Identificação Profissional: RJ527993/22706-22705

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Av. Nossa Senhora de Copacabana, 195 (Sala 714) 22020-002 Copacabana Rio de Janeiro

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1

Opiniões para Dr. Eduardo Adnet

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a avaliar Dr. Eduardo Adnet

Experiência

Formação

  • Graduação em MedicinaUniversidade Gama Filho1988
  • Título de Especialista em NutrologiaAssociação Médica Brasileira1998
  • Título de Especialista em PsiquiatriaAssociação Médica Brasileira2008
  • Membro Titular da Associação Brasileira de PsiquiatriaAssociação Brasileira de Psiquiatria2008
  • Membro da Associação Psiquiátrica do Estado do Rio de JaneiroAPERJ2008

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: RJ527993/22706-22705

- Atendimento a partir dos 16 anos.
- Duplo Especialista Titulado: Psiquiatra e Nutrólogo (Dual Board Certification)
- Experiência e Formação Profissional no Brasil e Europa.
- 30 anos de Experiência Profissional.
- Sem consultas corridas onde você mal pode falar dos seus problemas.
- Sem filas de espera! Seja atendido logo ao chegar!
- Você terá tempo para falar e ser ouvido com toda a atenção que merece.
- Consultas com até 1 hora de duração.
- Consultas e Avaliações altamente Individualizadas e Personalizadas.
- Horários Extras mediante Solicitação. Enviar Mensagem!
- Fácil Acesso pelo Metrô para Zona Sul, Zona Norte e Grande Rio - Rio de Janeiro.
- Metrô: Estação Arcoverde.


















Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Espanhol

Webs


Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: agosto 2018

Artigos escritos por Dr. Eduardo Adnet

Tratamento de transtorno afetivo bipolar

Transtorno Bipolar e Comorbidades Psiquiátricas. Chama-se Comorbidade a situação onde mais de uma doença ou transtorno ocorre em um mesmo indivíduo. Esta situação pode ocorrer de modo simultâneo (as duas doenças coexistem ao mesmo tempo) ou de modo sequencial (a primeira doença surge, e em seguida a outra) na mesma pessoa. Na presença de mais de um transtorno psiquiátrico (comorbidade) as doenças em questão podem interagir ente si e influenciar o prognóstico. Por exemplo, uma pessoa pode ser portadora do Transtorno do Humor Bipolar e ao mesmo tempo ser portadora do Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). Oferecemos Tratamento para todos os tipos de Bipolaridade em nosso Consultório.

Insônia

No Tratamento da Insônia, há que se identificar se a Insônia é inicial (a pessoa custa a adormecer), se a Insônia é intermediária (desperta várias vezes durante a noite), ou se é a chamada Insônia terminal (a pessoa acorda antes da hora e não consegue mais dormir). Para cada caso de Insônia em particular, o passo seguinte é a compreensão da fisiopatologia (como a Insônia acontece) de acordo com a queixa de cada paciente.
O passo seguinte é a escolha da medicação mais adequada a cada caso.
O tratamento da Insônia convém seja bem individualizado. Neste ponto, os tratamentos podem variar amplamente. Mas na grande maioria das vezes são bastante eficazes.

Veja os 5 artigos escritos por Dr. Eduardo Adnet

Respostas de Dr. Eduardo Adnet

73 Respostas

33 Especialistas de acordo

39 Pacientes agradecidos

Dr. Eduardo Adnet está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Olá! Estados Depressivos não diminuem somente a libido, mas também o apetite, o prazer por atividades que a pessoa antes praticava, enfim, é o que podemos chamar de desmotivação. É como se a pessoa olhasse para a vida com óculos escuros, tudo parece acinzentado, sem graça, sem atratividade. É uma das características mais marcantes dos Estados Depressivos. É como um prato sem sabor. Por isso a Depressão incomoda tanto e interfere tão negativamente na vida de quem sofre de Transtornos Depressivos. Por fim, lembrar que hoje há excelentes tratamentos para todo tipo de Depressão.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Há diversos estudos que favorecem algumas medicações específicas para o tratamento do Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). São chamados de Medicamentos de Primeira Linha para o tratamento do TOC. Já quanto ao Bupium (Bupropiona), este fármaco certamente não se encontra alinhado junto aos medicamentos mais utilizados para o tratamento do TOC. O TOC é um Transtorno de Ansiedade, e o efeito da Bupropiona sobre Transtornos Ansiosos não é dos mais eficazes (para dizer o mínimo). Sua pergunta faz bastante sentido!

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! Não sei qual o quadro clínico de sua filha. Mas algumas observações: Você diz que sua filha sofre de Ansiedade, e nem a Quetiapina e muito menos o Haldol (Haloperidol) tratam Transtornos Ansiosos. A Quetiapina é um Antipsicótico usado no Tratamento de Transtornos Esquizofrênicos, Transtornos Esquizoafetivos, dentre outros desta categoria (Transtornos Psicóticos). A Quetiapina também pode ser usada como Estabilizador do Humor, mas seu efeito sobre Transtornos Ansiosos é próximo do ineficaz! A Quetiapina não é um medicamento para tratar Transtornos Ansiosos e também não é uma medicação de primeira linha para o tratamento da Insônia. A Quetiapina produz sonolência como efeito colateral e não como efeito alvo. Do mesmo modo, o Haloperidol causa sonolência por efeito colateral e também é ineficaz em uma grande gama de Transtornos Ansiosos.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Ver as 73 perguntas respondidas por Dr. Eduardo Adnet

Fotos

{0}{1}