Respostas de Dr. Eduardo Adnet - Rio de Janeiro

16 Respostas

2 Especialistas de acordo

5 Pacientes agradecidos

Dr. Eduardo Adnet está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Há muitos pacientes portadores de Transtorno Obsessivo Compulsivo que apresentaram períodos com manifestações de tiques bem cedo na vida, na infância. Além do fato de que para muitos familiares (e mesmo para alguns médicos não Psiquiatras) os tiques na infância passam despercebidos como autênticas manifestações do TOC. Posteriormente, o TOC tende a aflorar de modo bem mais intenso, principalmente na adolescência. Se não tratado, quase que invariavelmente se arrastará para a idade adulta.
Sobre a Risperidona, esta não é uma medicação de primeira escolha para o tratamento do TOC, embora seja muito utilizada. Muitos pacientes portadores de Transtorno Obsessivo Compulsivo não melhoram porque colocam todas as expectativas somente na medicação. O TOC é um condicionamento mental que precisa ser revertido por profissionais que saibam trabalhar com este Transtorno Psiquiátrico que causa muitos sofrimentos em muita gente. Desejo melhoras!

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! Primeiramente é importante que se saiba que o Álcool Etílico é extensamente metabolizado pelo Fígado. Pessoas que antes ingeriam grandes quantidades de Álcool e que nem sequer aparentemente embriagadas ficavam, mas que de um momento a outro, passam a ficar visivelmente embriagadas ou sonolentas, isto não é um bom sinal. Pois o que pode estar acontecendo é um início de Insuficiência Hepática que faz com que o Fígado metabolize o Etanol em uma velocidade bem mais lenta do que antes ocorria. Isto pode significar um comprometimento das funções hepáticas induzido pela ingesta excessiva e crônica de Álcool. No que diz respeito ao papel do médico, a medida prioritária é realizar a avaliação da Função Hepática. Em se tendo estes resultados (Exames) pode vir a ser necessária a recomendação médica da interrupção temporária do uso do Álcool, ou a interrupção definitiva. Lembrando que, dependendo de cada caso, a necessidade de tratamento do Fígado também pode estar indicada.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

A Meia Vida de um Fármaco é o tempo necessário para que a concentração de um medicamento se reduza à metade. A Meia Vida da Gabapentina é em média de 5 a 7 horas. Este é um processo contínuo e que envolve outras etapas. Simplificando: Após cerca de 2 dias, toda a Gabapentina já deverá ter sido eliminada pelo Organismo.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! Ambas as medicações, o Haloperidol e a Quetiapina, são extensivamente metabolizadas pelo fígado. Portanto ambos os fármacos, de certo modo, se equivalem. Há mais informações neste sentido para o Haloperidol (por ser uma medicação mais antiga) do que para a Quetiapina. Porém, se existe a indicação do uso do fármaco, seja do Haloperidol ou da Quetiapina, a melhor conduta é a avaliação periódica da função hepática. Convém ser feita uma avaliação prévia da função do Fígado, antes do início da medicação, e também durante o seu uso. Durante o tratamento. É uma medida simples de ser tomada e visa a segurança do paciente.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! Transtornos da Memória não são comuns na sua idade. A memória é uma função psíquica que depende de outra função psíquica: a Atenção. Com bastante frequência, pacientes portadores de Transtornos Depressivos podem apresentar comprometimento da Atenção (Distratibilidade - dificuldade de manter a Concentração e a Atenção), o que, como explicado, poderá se refletir na Memória. De qualquer modo, outras causas precisam ser afastadas, o que pode ser feito com uma avaliação mais aprofundada, o que pode incluir avaliações laboratoriais e exames de imagem. Lembrar, ainda, que determinadas medicações também podem ter efeitos colaterais com consequente comprometimento quer seja da Atenção, quer seja da Memória. Converse com seu Psiquiatra a respeito. Melhoras!

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! O Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) é um Transtorno de Ansiedade com um importante componente de Condicionamento Mental que precisa ser revertido progressivamente. O uso de Antidepressivos está indicado, contudo a eficácia terapêutica dos Antidepressivos para o Tratamento de Transtornos Ansiosos difere bastante entre eles. Sobre a Quetiapina (um Antipsicótico), um significativo número de pacientes experimenta ganho de peso considerável com esta medicação. Ainda que medidas Dietoterápicas possam amenizar o ganho de peso causado pela Quetiapina, o aumento do apetite e o acúmulo de gordura podem persistir. Converse com sua Psiquiatra, pois há outras medicações que podem auxiliar bastante no tratamento do Transtorno Obsessivo Compulsivo sem, contudo, apresentar estes efeitos colaterais.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! A Esquizofrenia embora seja uma doença multifatorial, é predominantemente Hereditária. Depressão, Ansiedade, Desmotivação, Estafa, Pânico...nada disso pode ser capaz de fazer alguém desenvolver a Esquizofrenia. Se a Hereditariedade não for o Fator Predominante para a Esquizofrenia em uma pessoa, ela jamais desenvolverá a doença.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! Acabo de responder a uma pergunta de uma pessoa que não encontra o Olcadil nas farmácias (o Cloxazolam). O Olcadil não é o único Cloxazolam vendido nas farmácias. O Eutonis é um deles (Cloxazolam). Tanto o Cloxazolam (Olcadil ou Eutonis) são Benzodiazepínicos de meia-vida longa (duram um bom tempo no organismo). Sendo assim, se um Benzodiazepínico de meia-vida longa estiver indicado em seu caso, o Cloxazolam (Eutonis) pode lhe trazer benefícios similares ao Clonazepam (que também dura bastante tempo no organismo). Para isto, entretanto, é necessário que você converse com seu Psiquiatra. Tudo vai depender de um diagnóstico correto, de você receber orientações precisas do seu Psiquiatra, e de um tratamento bem conduzido. Melhoras!

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! Este é um questionamento que só parece crescer no Brasil a cada dia que passa. Poderíamos dizer que há Laboratórios (Indústria Farmacêutica) de qualidade Excelente, Mediana e Sofrível. Nos Estados Unidos, por exemplo, já descobriram que o problema de alguns medicamentos é a matéria prima importada de países como a China, onde praticamente tudo é de má qualidade. E no Brasil esta é uma possibilidade. Não vou mencionar Laboratório (Indústria Farmacêutica) algum. Mas, seria conveniente ao seu médico (para lhe orientar) conhecer não somente os laboratórios de melhor qualidade, bem como buscar informações sobre os laboratórios que importam matéria prima de países cujas matérias primas para a fabricação de medicamentos são de péssima qualidade! E a China é um deles.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! Segundo informações do fabricante (informações que já foram, inclusive, divulgadas pela mídia) o Olcadil foi descontinuado por período indeterminado. O Olcadil faz parte da categoria dos Benzodiazepínicos (medicamentos frequentemente utilizados para o tratamento de Transtornos de Ansiedade). Há outras opções de Benzodiazepínicos tão (ou mais) eficazes do que o Olcadil para o tratamento destes mesmos transtornos ansiosos. Converse com seu Psiquiatra e solicite a ele a substituição por outro medicamento da mesma categoria dos Benzodiazepínicos, preferencialmente. Há como substituir o Olcadil sem nenhuma dificuldade. Melhoras!

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! Metildopa é um fármaco utilizado no tratamento da Hipertensão Arterial (dentre outras condições clínicas, dentre as quais não está incluído o tratamento para perda de peso). Alguns dos potenciais efeitos colaterais deste fármaco (dentro do espectro de sua pergunta) podem estar incluídos: ganho de peso e edema. Portanto, a resposta ao seu questionamento é: Não!

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! para compreender por quanto tempo a Paroxetina permanecerá no organismo, é importante conhecer a meia-vida do medicamento, que é de aproximadamente 21 a 24 horas. Isto significa que 50% do fármaco é eliminado pelo organismo em até 24 horas após a interrupção da medicação. Simplificando, devido a essa meia-vida da Paroxetina, este fármaco tende a permanecer no organismo do indivíduo por cerca de cinco dias.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! Poder tomar o Lexapro (Escitalopram) com o Triptofano, isto pode. Importante lembrar, entretanto, que as duas principais indicações do Escitalopram são para o tratamento de Transtornos Depressivos e Ansiedade Generalizada. E nem Transtornos Depressivos ou Ansiedade Generalizada são causados por deficiência de Serotonina.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Olá! A Risperidona é uma medicação Antipsicótica utilizada no tratamento da Esquizofrenia e em outros determinados transtornos psiquiátricos com componentes psicóticos. A Risperidona também pode ser utilizada como Estabilizador do Humor e é bastante prescrita para o tratamento do Transtorno Bipolar e no Transtorno dos Hábitos e Impulsos. Alguns dos efeitos adversos da Risperidona no Sistema Nervoso Central podem ser: Sonolência, Sedação, Astenia e Fadiga (Cansaço).

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Não! A Fluoxetina não é um Diurético e também não é diurética. A Fluoxetina é um Inibidor Seletivo da Recaptação de Serotonina (Antidepressivo). Ocorre, porém, que em alguns pacientes, a Fluoxetina pode levar a micções (urinar) com uma frequência maior do que o indivíduo estava acostumado a urinar antes de iniciar o uso da Fluoxetina. Trata-se de um efeito colateral da Fluoxetina e que ocorre com relativa pouca frequência.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

O Rivotril (Clonazepam) possui uma longa meia-vida de eliminação. A meia-vida de eliminação refere-se ao tempo que um fármaco leva para que metade de uma dose única de uma medicação deixe o organismo (seja eliminada). Para o Clonazepam, sua meia-vida de eliminação pode variar de de 30 a 40 horas. Isso significa que poderá levar de um a dois dias para que 50% do Rivotril deixe o organismo.

Dr. Eduardo Adnet

Dr. Eduardo Adnet

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutrólogo, Psiquiatra

Rio de Janeiro

Voltar para Dr. Eduardo Adnet

Respostas de Dr. Eduardo Adnet - Rio de Janeiro