Dr. Fabio Armentano

Dr. Fabio Armentano

Psiquiatra

Competência em: Psiquiatria Geriátrica

Número de Identificação Profissional: 120929

Consultório

1

Opiniões para Dr. Fabio Armentano

5

Baseado em 1 opinião

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dr. Fabio Armentano?

Opinar

O melhor: "Doutor muito atencioso e disponível para o que se fizer necessári"

Poderia melhorar: "Nada"

Motivo da visita: paciente com problema de esquecimentos

Flávia d. marcou consulta com Dr. Fabio Armentano em Rua Cônego Eugênio Leite 933 (cj 112)

Marcou consulta na Doctoralia

Experiência

Formação

  • Graduação em MedicinaUniversidade de Mogi das Cruzes2005
  • Residência Médica em PsiquiatriaFaculdade de Medicina do ABC2010
  • Especialização em Psiquiatria Geriátrica (Psicogeriatria)USP2011

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 120929

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês

Serviços

  • Primeira consulta Psiquiatria
  • Retorno de consultas Psiquiatria
  • Consulta domiciliar Psiquiatria
  • Psicoterapia
  • Tratamento Em Psiquiatria Em Hospital Geral
  • Tratamento Psiquiatrico Em Hospital Especializado - B Nivel I

Respostas de Dr. Fabio Armentano

10 Respostas

3 Especialistas de acordo

30 Pacientes agradecidos

Dr. Fabio Armentano está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Bom da!

O início do tratamento tende a ser um pouco mais conturbado em alguns casos, em especial aqueles permeados por sintomas de ansiedade como é o caso do Transtorno de Pânico, podendo até mesmo haver alguma piora inicial nos primeiros 10-15 dias.
Em sua pergunta você não deixa claro se já costumava fazer uso do Rivotril anteriormente, porém a situação que aparentemente temos em seu relato é a de início de 03 medicações novas concomitantemente.
Qualquer uma das substâncias podem desencadear cefaléia e tontura, em especial o rivotril e trazodona que são mais sedativos.
De qualquer forma, existem algumas medidas que podem ser tomadas para que esta fase do tratamento seja um pouco mais simples, cabe voltar a conversar com seu psiquiatra.
Abraços!

Dr. Fabio Armentano

Dr. Fabio Armentano

Psiquiatra

São Paulo

Bom dia!

Como a maior parte dos antidepressivos, o citalopram (procimax) requer um tempo de adaptação do organismo à sua introdução ou aumento de dosagem, período este que pode durar até 15 dias aproximadamente.
Passada esta fase a tendência é que estes sintomas regridam e desapareçam, porém caso isto não ocorra ou caso você sinta que não está conseguindo suportá-los sugiro que entre em contato com seu médico para que ele possa auxilia-lo.

Abraços

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Fabio Armentano

Dr. Fabio Armentano

Psiquiatra

São Paulo

Bom Dia! Os componentes do dorflex, em especial a orfenadrina, podem aumentar risco de efeitos colaterais tais como tontura, sonolência e náuseas. Da mesma forma, outros relaxantes musculares podem potencializar efeitos sedativos. Abraços

Dr. Fabio Armentano

Dr. Fabio Armentano

Psiquiatra

São Paulo

Ver as 10 perguntas respondidas por Dr. Fabio Armentano

{0}{1}