Khristian B. F. de Sequeira

Khristian B. F. de Sequeira

Psicóloga

Competência em: Terapia de Casal, Gestalt, Psicologia Clínica

Número de Identificação Profissional: 05-27006

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Avenida Rio Branco 181 20040007 Centro Rio de Janeiro

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1

Opiniões para Khristian B. F. de Sequeira

5

Baseado em 5 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Khristian B. F. de Sequeira?

Opinar

O melhor: "A clareza para esclarecer todo e qualquer questionamento , ótima profissional."

Paciente que marcou consulta com Khristian B. F. de Sequeira em Avenida Rio Branco 181

Khristian B. F. de Sequeira respondeu a esta opinião

Agradeço pela sua declaração e, espero poder te auxiliar no seu processo terapêutico de forma que suas dúvidas sejam cada vez menores!

O melhor: "TUDO. Após 6 meses com uma Psicóloga de plano em que a sessão era de 20 minutos e, vi que não tive nenhuma evolução, precisei recorrer à Consulta particular após a indicação de uma amiga. Já na 1ª sessão, que durou 1h e 40 min., já saí leve do Consultório e AMEI o atendimento dela. Continuarei indo."

Poderia melhorar: "NADA"

Motivo da visita: Medo, Ansiedade, Depressão

Paciente que marcou consulta com Khristian B. F. de Sequeira em Avenida Rio Branco 181

Khristian B. F. de Sequeira respondeu a esta opinião

Felizmente existem profissionais e profissionais. E, eu pude te acolher nas suas necessidades. Para o processo terapêutico acontecer depende de sua vontade, de sua energia para a sua busca por si mesma. O atendimento foi longo, não é de praxe, mas, foi necessário.

O melhor: "Gostamos como foram tratadas as sessões, como foram levantadas as questões que nos faziam brigar e como poderíamos melhorar. Também gostamos das atividades efetuadas durante a terapia além de todo suporte e atenção dada durante esse tempo."

Motivo da visita: Terapia de casal

Rodrigo L. marcou consulta com Khristian B. F. de Sequeira em Avenida Rio Branco 181

Khristian B. F. de Sequeira respondeu a esta opinião

Agradeço de coração! Como sempre digo, Terapia de Casal é uma terapia da relação. Fico feliz por vocês! Foi um processo muito gostoso de acompanhar!

O melhor: "Nunca tinha feito esse tipo de tratamento. Superou minhas expectativas. Em pouco tempo de convívio parece que ela me conhece há muito tempo."

Poderia melhorar: "Não tenho reclamações. Como sugestão, talvez credenciamento em convênio médico."

Motivo da visita: Acompanhamento terapêutico psicológico

Paciente que marcou consulta com Khristian B. F. de Sequeira

Khristian B. F. de Sequeira respondeu a esta opinião

Agradeço pelo registro e fico feliz pelo seu processo terapêutico. Quanto ao plano de saúde, estou analisando opções para me conveniar.

Ver as 5 opiniões sobre Khristian B. F. de Sequeira

Experiência

Formação

  • Graduação em PsicologiaPUC-RJ2000
  • Especialização MBA em Gestão de PessoasFUNCEFET - RJ2004
  • Especialização em Psicologia ClínicaIGT-RJ2015

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 05-27006

Sou Psicóloga graduada pela PUC-RJ e especialista em Psicologia Clínica – Gestalt-Terapia (Indivíduo, Grupo e Família) pelo IGT - Instituto de Gestalt-Terapia e Atendimento Familiar. Faço atendimentos individuais, de grupo, família e casal.

Acredito que meus clientes não são "pacientes" pois, não entendo o processo terapêutico como um processo em que se deva estar passivo. Entendo o processo terapêutico como um processo de autoconhecimento e, para que este possa acontecer, se faz relevante a minha postura como uma psicóloga que acompanha seus clientes em seus processos individuais de autoconhecimento.

Agende sua consulta e inicie seu processo de autoconhecimento!

Eu terei um enorme prazer em estar contigo ao longo do seu processo!

Experiência em

Idiomas

  • Português

Webs


Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: agosto 2018

Artigos escritos por Khristian B. F. de Sequeira

Procrastinação

O Ato de Procrastinar nada mais é do que postergar tudo o que de alguma forma se faz necessário para uma vida mais equilibrada. Procrastinar é o deixar para depois, é o olhar para algo, saber que é necessário cuidar/fazer/viver e mesmo assim, “fingir” que não está ali. Um comportamento muito comum àqueles que com suas vidas movimentadas por compromissos mil ou sem grandes novidades (extremos mesmo), acabam não acessando um potencial próprio para lidar com o que precisa ser lidado. O processo terapêutico auxilia na compreensão de prioridades e necessidades para que um movimento de reflexão do padrão mental elaborado seja reconstruído.

Transtorno da Ansiedade

Porta de entrada para uma série de desordens orgânicas e emocionais, a ansiedade tem crescido muito no mundo atual. Basicamente, o indivíduo encontra dificuldades para lidar com as prioridades da vida. O mundo moderno apresenta tantos estímulos que fazem com a pessoa se perca no que precisa ser de fato vivido e sentido a cada momento. A confusão que o acúmulo de tarefas, expectativas e angústias pelo ainda não realizado faz com que a ansiedade se torne imensa a ponto do corpo adoecer. O processo terapêutico se faz necessário para auxiliar o ansioso a se trazer para a realidade dos fatos, para o aqui e agora.

Veja os 3 artigos escritos por Khristian B. F. de Sequeira

Respostas de Khristian B. F. de Sequeira

25 Respostas

18 Especialistas de acordo

31 Pacientes agradecidos

Khristian B. F. de Sequeira está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Como descrito, houve um momento de crise de pânico e fico com a sensação de que seria interessante observar como você foi acompanhada após a crise. Importante analisar o tratamento e sua evolução, pois, uma crise de pânico não tratada pode te ocasionar um comprometimento na vivência de suas relações como um todo.

Uma crise de pânico que não tenha sido bem cuidada, pode evoluir para um processo de síndrome do pânico e facilitar um desenvolvimento de uma depressão, sim.

Para pacientes em crise de pânico, geralmente é realizado um primeiro atendimento apenas com uso de medicamentos mas, para um tratamento de qualidade seria relevante associar a medicação ao processo terapêutico, até para evitar complicações como a depressão.

Se não estiver em acompanhamento psicoterapêutico, procure um psicólogo e inicie seu processo!

Busque por qualidade de vida!

Khristian B. F. de Sequeira

Khristian B. F. de Sequeira

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Rio de Janeiro

Com seis meses de processo terapêutico você já deve estar vivenciando o vínculo terapêutico.
Fale sobre estes pensamentos e sobre suas dúvidas com seu psicólogo. Ele saberá acolhê-lo e poderá avaliar melhor se necessitas de medicação ou não.

Khristian B. F. de Sequeira

Khristian B. F. de Sequeira

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Rio de Janeiro

Fiquei na dúvida quanto ao tipo de TDC que foi citado. Entendo TDC por Transtorno Dismórfico Corporal ou Transtorno de Desenvolvimento da Coordenação.

Mas, independente de qual TDC se trata, a terapia pode ser encarada como um processo benéfico de autoconhecimento para qualquer pessoa e, desta forma, o único que pode resolver pela continuidade dela é o próprio paciente/cliente.

Quanto à medicação, é possível reduzir a medicação, dependendo da resposta que se percebe. Seria importante, checar com o médico o motivo da retirada e verificar com ele se faz sentido retirar sem um "desmame" (diminuição progressiva com acompanhamento médico).

Na dúvida, procure um novo médico e faça uma nova avaliação. Esclareça com o profissional tudo que não fizer sentido pra você.

Khristian B. F. de Sequeira

Khristian B. F. de Sequeira

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Rio de Janeiro

Ver as 25 perguntas respondidas por Khristian B. F. de Sequeira

Fotos

{0}{1}