Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

Psicanalista

Competência em: Psicanálise com Adultos, Psicanálise com Adolescentes, Conversões Somáticas, Lacaniana, Gravidez e Maternidade

Número de Identificação Profissional: CRP 06-73831

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Avenida Santa Luzia, 810 14025-090 Jd. Sumaré Ribeirão Preto

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1

Opiniões para Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

5

Baseado em 1 opinião

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy?

Opinar

O melhor: "Daniela é muito clara, ajuda muito a organizar os pensamentos e solucionar problemas."

Poderia melhorar: "Nada."

Paciente que marcou consulta com Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy em Avenida Santa Luzia, 810

Experiência

Formação

  • PsicólogaUSP - RP2003
  • Parte de formação em PsicanáliseSéminaires Psychanalytiques de Paris2004
  • Doutorado em PsicologiaUSP - RP2012
  • Pós-Doutorado em PsicologiaUSP - RP2015

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: CRP 06-73831

Sou graduada pela USP- RP, onde também realizei meu doutoramento e pós-doutoramento. Trabalho com o referencial psicanalítico, mais especificamente o lacaniano. Também atuo no campo da cultura (religiões e povos indígenas). Essa formação possibilitou o desenvolvimento de uma escuta atenta às particularidades e especificidades de cada um sem quaisquer mecanismos de avaliação ou julgamento. Entendo que o processo analítico tem por objetivo criar um espaço de confiança para que se possa rever os modos pelos quais alguns posicionamentos subjetivos levam a um sofrimento psíquico ainda que, por outro lado, assegurem uma identidade pessoal (de modo geral os sintomas possuem ganhos secundários). As entrevistas iniciais auxiliam a configuração da queixa e também são cruciais para averiguar se houve estabelecimento de uma relação que sustente o processo analítico. ALÉM DO ATENDIMENTO NO CONSULTÓRIO TAMBÉM FAÇO ATENDIMENTOS PSICOLÓGICOS PELO SKYPE.

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Francês

Webs

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: setembro 2017

Artigos escritos por Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

Histeria

O nascimento da psicanálise relaciona-se à histeria, ou seja, à possibilidade de compreensão do humano que ultrapassa à dimensão biológica. O inconsciente surge como um saber não sabido e que age à revelia de nossa vontade, podendo até converter, no corpo, questões que não foram simbolizadas. O foco da análise não visa determinar as causas biológicas dos sintomas, mas investigar os mecanismos que ao longo da vida as pessoas se utilizam para continuar existindo. Mecanismos esses que evitam sofrimentos, mas a um custo muito alto que também causa sofrimento. O objetivo desse processo é, então, possibilitar que o sujeito se enuncie de um outro lugar, mais autonomamen, em consonância com seu ser.

Respostas de Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

201 Respostas

41 Especialistas de acordo

95 Pacientes agradecidos

Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

É muito importante que esse familiar tenha acompanhamento psicológico e psiquiátrico. Veja se na sua cidade existe um serviço de saúde mental que se chama CAPS AD (centro de apoio psicosocial -álcool e drogas). Penso que pode ser um meio de obter o acompanhamento necessário.

Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista

Ribeirão Preto

Olá. Muitas vezes sintomas corporais (psicossomáticos) expressam enunciados que não conseguem aparecer de outra maneira. Fico curiosa para saber como você recebeu esse diagnóstico, se por meio de um profissional, ou por meio de buscas pessoais na internet... O que quero apontar é que há muito coisa compactada nesse breve relato que você apresenta. Se a ideia de ir ao médico te tranquiliza, vá. Em todo caso, parece-me que seria mais interessante investigar as circunstância dos ataques e as relações que têm com a região da garganta. Apenas o diagnóstico não resolve a questão. Sugiro que procure um psicólogo ou psicanalista, alguém em quem confie para investigar essas questões que estão em segundo plano, mas que merecem uma escuta atenta.

Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista

Ribeirão Preto

Um bom diagnóstico é fundamental para se traçar um plano de tratamento. O ideal é que ele seja realizado por uma equipe multiprofissional experiente, já que, no caso do autismo, cada indivíduo apresenta dificuldades e habilidades específicas. Grosso modo, quando deixada à vontade a criança autista não busca contato social (raramente olha nos olhos), ela prefere interagir consigo mesma ou observar com atenção o que para a grande maioria seria um detalhe: aspectos de luz, textura, som, etc. Quando se busca iniciar um contato, é interessante observar se ela responde. Na escola ela se concentra na tarefa proposta? De modo geral, presta atenção à voz humana? Quanto aos gestos agressivos podem ser comuns como um meio de alternativo frente à dificuldade que apresentam quanto à elaboração simbólica. Vale sublinhar que há diferentes níveis de comprometimento e que quanto antes o diagnóstico for feito, maiores são as chances de compensar os déficits apresentados.

Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista

Ribeirão Preto

Ver as 201 perguntas respondidas por Daniela Bueno de Oliveira Américo de Godoy

Fotos

{0}{1}