Juliana Caramuru

Psicanalista, Psicóloga

Competência em: Psicanálise com Crianças, Psicanálise

Número de Identificação Profissional: 06/126681

Consultório

1

Opiniões para Juliana Caramuru

5

Baseado em 1 opinião

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Juliana Caramuru?

Opinar

O melhor: "Excelente profissional!!!"

Motivo da visita: Psicoterapia

Dico J. marcou consulta com Juliana Caramuru em Rua Dr. Luiz Alberto Vieira dos Santos, 400 Vila Santista.

Experiência

Formação

  • Psicologia Instituto de Medicina e Reabilitação - IBmR RJ2014
  • Psicoterapia InfantilCentro de Estudo em Psicologia - CePsi/Rj2014
  • Pós graduação em Clínica Psicanalítica Instituto Paulista de Psicanálise - IPP2016

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 06/126681

Experiência em

Idiomas

  • Inglês

Serviços

  • Primeira consulta Psicologia
  • Psicanálise
  • Psicoterapia Psicanalítica
  • Anamnese Psicológica
  • Avaliação Psicológica
  • Psicoterapia
  • Teste HTP (House, tree, person)

Respostas de Juliana Caramuru

5 Respostas

2 Especialistas de acordo

3 Pacientes agradecidos

Juliana Caramuru está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Concordo com as opiniões acima. Busque uma fonoaudióloga e uma psicóloga, este trabalho em conjunto costuma ser bem eficiente nos casos de gagueira. Um grande abraço.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo

Juliana Caramuru

Psicanalista, Psicóloga

Atibaia

Você precisa procurar uma ajuda psicoterápica. Na sessão de terapia é possível compreender as causas dessa ansiedade e os motivos dela aparecer com tanta força em momentos específicos da sua vida. Se houver necessidade, existe também o tratamento medicamentoso com acompanhamento de um psiquiatra, mas sem sombra de dúvidas a terapia é indispensável. Um grande abraço.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo

Juliana Caramuru

Psicanalista, Psicóloga

Atibaia

Em caso como esses é muito importante o trabalho em conjunto. A busca poderia começar por um psiquiatra mas logo em seguida um psicólogo. O auto conhecimento pode te permitir enxergar como ajudar a sua esposa, uma terapia de casal também seria muito viável. Os problemas sempre vão existir, a diferença está em como enfrentamos eles. Parabéns pela iniciativa.

Juliana Caramuru

Psicanalista, Psicóloga

Atibaia

Ver as 5 perguntas respondidas por Juliana Caramuru

{0}{1}