Respostas de Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez - Oftalmologista São Paulo

25 Respostas

2 Especialistas de acordo

4 Pacientes agradecidos

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Boa tarde. Conjuntivite alérgica pode ser dividida em aguda, sazonal (acontece em primavera e verão) e perene (cronica). Além disso pode estar associada a outras doenças como rinite, asma. E importante determinar o tipo de conjuntivite alérgica e se está associada a outra doença ( tratar as doenças associadas melhorará consideravelmente os sintomas oculares). Determinar o agente causal (dentro dos quais temos polêm, ácaros, esporos de mofo, descamação de pele de animais domésticos, látex, etc). Evitar ao máximo coçar os olhos, e procurar a seu Oftalmologista e Pediatra para determinar o tratamento medicamentoso específico.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Boa tarde. Os quadros de uveíte tem como agentes causais 3 grandes grupos que seriam: Quadros infecciosos, quadros inflamatórios (doenças do tecido conectivo) e quadros neoplásicos. Temos também a classificação anatômica: Uveíte anterior, intermediaria, posterior e difusa. Tem que ser feitos exames e testes apropriados para determinar o tipo anatômico e agente causal, segundo estas informações podem ser realizados tratamentos específicos como anti-infecciosos, medicações modificadores de doença inflamatória, etc. Na atualidade quadros que ate alguns anos eram considerados idiopáticos na atualidade estamos conseguindo achar o agente etiológico (como por exemplo uveíte anterior idiopática cronica onde um porcentagem considerável de pacientes tem como agente causal aos vírus do grupo herpes). Consulta a seu medico oftalmologista especialista em Uveites. Atenciosamente

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

As causas de olho preguiçoso ou "AMBLIOPIA" são basicamente 3 grandes grupos. (1) Ambliopia por estrabismo, quando o paciente tem desvio ocular impossibilitando a visão binocular. (2) Ambliopia por erro refrativo, (2.1) quando o paciente tem anisometropia elevada e' dizer diferença entre ambos olhos de maior de 2 graus, (2.2) elevado erro refrativo principalmente hipermetropia e astigmatismo os qual não foram adequadamente corregido de criança. (3) Ambliopia por privação, quando o paciente tem alterações na pálpebra como ptose ( pálpebra caída), opacidade na corneá, cristalino e/ou retina gerando uma privação do estimulo visual o qual não chegaria na fóvea (area na retina de maior sensibilidade). Sendo fundamental agendar uma consulta com seu medico Oftalmologista desde criança (idade pre-verbal) para determinar a causa da ambliopia e melhor tratamento.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

O medico ao realizar o exame de fundoscopia direta, indireta e/ou retinografia conseguira estabelecer a relação escavação/ tamanho total do disco sendo considerados as bordas, coloração, distribuição dos vasos, etc. Segundo a experiencia do examinador e a colaboração do paciente e' que o tempo do exame pode ser maior ou menor. Fazer a medida de esta relação escavação/disco e um dos parâmetros para estabelecer o diagnostico de glaucoma. Seu medico poderá solicitar outros exames auxiliares para definir o diagnostico de glaucoma segundo o resultado de esta relação como gonioscopia, medir a espessura da corneá, campo visual, pressão ocular isolada, pressão ocular ao longo do dia, etc.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Boa noite. Para paciente imunocompetentes (ter imunidade normal) e com toxoplasmose ocular sem atividade, podem sim receber vacinação para febre amarela.

As contraindicações para receber vacina contra febre amarela são: (1) Crianças menores de 6 meses de idade. (2) Paciente com imunodepressão de qualquer natureza. (3) Pacientes infectados pelo HIV com imunossupressão grave (CD4< 200). (4) Pacientes em tratamento com drogas imunossupressoras (corticoides, quimioterapia, radioterapia, etc). (5) Pacientes submetidos a transplante de órgãos. (6) Pacientes com neoplasia. (7) Pacientes com historia pregressa de doenças do timo. (8) Indivíduos com historia de reação anafilática relacionada a substancias presentes na vacina. Fonte: BRASIL. Ministério da Saúde. Guia de vigilância em saudê 2016.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Toxoplasmose ocular constituí a principal doença infecciosa nos quadros de Uveites posterior, pode estar presente em paciente com imunidade normal e em aqueles com alteração da imunidade ( HIV, doenças do tecido conectivo e em tratamento com imunossupressores). Por regra geral baseado na atual evidencia cientifica apos ter um episodio de recidiva o acompanhamento deve ser pelo menos a cada 3 durante os 2 primeiros anos (maior risco de novas recidivas), apos este período o acompanhamento pode ser anual. Em pacientes com alteração da imunidade o acompanhamento tem que ser mais próximo podendo ser a cada 6 meses se não tiver episodio de recidiva recente; porem e' muito importante apos ter qualquer sinal de alarme (vermelhidão ocular, baixa da acuidade visual, dor, fotofobia) procurar seu oftalmologista com urgência já que podemos estar frente a um episodio de nova recidiva.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Ter escavação suspeita quer dizer que seu nervo tem algumas características que sugerem a possibilidade de ter glaucoma. Paciente com miopia alta tem o que chamamos nervo óptico inclinado, condição que dificulta estabelecer adequadamente a relação escavação/ disco, sendo fundamental a realização de exames auxiliares (como campo visual, retinografia, pressão intra-ocular, etc ), estos exames ajudaram a confirmar ou afastar o diagnostico de glaucoma.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Boa tarde caro internauta. Pressão intraocular tem uma variação diurna normal de ate 6mmHg. Sendo descrito níveis de pressão intraocular maiores nas primeiras horas da manha. Pressão intraocular elevada e' o principal fator de risco para desenvolver glaucoma; porem não e' o único, existem outros fatores como (genética, idade, grupo étnico, etc). Por esta razão nível de pressão intraocular isolada não tem valor diagnostico. Se todos os outros exames (Campo visual, retinografia, relação escavação/disco, curva tensional diária) estão normais não se preocupe e mantenha um acompanhamento com seu oftalmologista.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Boa tarde. Os quadros de reativação das lesões de corioretinite por Toxoplasmose ocular acontecem em olhos com lesões previas. Se no olho contralateral não tem lesões estas podem acontecer quando o paciente tem uma reinfecção por ingestão de alimentos contaminados com oocistos do Toxoplasma gondii (estádio no ciclo do parasita que tem capacidade de infecção).

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Tenha cuidado!! Dipirona não tem apresentação para uso ocular. Pode ser que na atualidade sua filha tenha conjuntivite química pelo uso de dipirona no olho. Procure um oftalmologista com urgência para tratar o efeito adverso causado pela dipirona.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Boa tarde. Nos quadros de toxoplasmose ocular com vários episódios de recividas ao ano (maior a 3 episódios) na atualidade temos forte evidencia baseados vários estúdios científicos que fazer profilaxia com medicação adequada diminui consideravelmente o risco de novas recidivas e progressão das lesões durante o tempo de uso da medicação profiláctica. Sugiro procurar um Oftalmologista especialista em Uveites para maiores informações e iniciar um adequado tratamento.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Nos quadros de Neurite Óptica de causa inflamatoria (esclerose múltipla, Doença de Devic, etc) apos realizar um diagnostico adequado e ter excluído as outras causas (infecciosas, vasculares) o tratamento terá que ser pulsoterapia durante a fase aguda e uso de medicação imunossupressora para evitar o aparecimento de novas crises. Sugiro agenda uma consulta na brevidade com o Neurologista e principalmente Neuro-Oftalmologista para maiores informações e adequado tratamento.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Caro internauta, As drusas do Nervo Óptico são concreções de material amorfo depositados na área do nervo óptico. Na atualidade temos evidencias baseadas em estudos científicos que estas drusas tem sim potencial de ocasionar níveis variados de perda progressiva e insidiosa do campo visual porem a acuidade visual é raramente afetada.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Glaucoma neovascular e' uma complicação tardia da Retinopatia Diabética, a doença se caracteriza por elevada pressão intra-ocular associada ao aparecimento de vasos anômalos (neo vasos) na superfície da iris, angulo irido-corneal, estos neo vasos são formados pelo aparecimentos de fatores de crescimento (VEGF) provenientes da retina onde também teremos neo vasos, hemorragia vítrea, edema macular e em quadros avançados descolamento de retina tipo tracional. O tratamento para Glaucoma Neovascular e diminuir a pressão intra-ocular rapidamente (risco elevado de cegueira sem tratamento), aplicar fármacos anti-angiogenicos (Lucentis, Eylea) e apos realizar fotocoagulação nos quadro quadrantes da retina; somente com este esquema de tratamento que conseguiremos obter um adequado controle da doença. O resultado de acuidade visual ira depender do nivel de lesão ao nervo óptico e da retina, sugiro procurar um medico oftalmologista especialista em Glaucoma e Retina.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

O composto "Citoneurin 5000" está constituido de Tiamina, piridoxina e cianocobalamina todos são vitaminas. Elas não têm efeito adversos a nível ocular, pode ser usado com segurança. A diferença do "Dexa-Citoneurin NFF" (tem as mesmas 3 vitaminas + dexametasona) pela dexametasona este último medicamento é perigoso em pessoas com gloucoma.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Boa tarde. Os paciente com hipertiroidismos podem cursar com "ORBITOPATIA DE GRAVES" as características desta doença são: acontece em pessoas entre 30-50 anos, mais comum em mulheres que os homens (proporção de 3:1), quadro bilateral, os sintomas incluem olho seco e sensação de corpo estanho, vermelhidão conjuntival, retração palpebral, exoftalmia, diplopia (visão dupla) e algumas vezes baixa da acuidade visual por compressão do nervo óptico. Sugiro procurar a um oftalmologista experiente para determinar o diagnostico e tratamento adequado.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Boa tarde. Após cirurgia de vitrectomia posterior por descolamento de retina tem que ser considerados vários fatores como material utilizado para preencher a cavidade vítreo (olé de Silicone, gás, etc), se foi utilizada faixa e Buckle de Silicone (podem gerar desvio ocular por estar em contato com os músculos extra oculares), outro fator muito importante é acuidado visual final após o procedimento (visão baixa favorece o desvio ocular por não ter ponto de fixação adequado e binocularidade). Sugiro procurar um Oftalmologista especialista em Retina e Estrabismo.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Boa tarde. Toxoplasmose ocular pode dar lesão centrais ou periféricas, sendo as primeiras mais frequentes em toxoplasmose congênita. Se a lesão de toxoplasmose está perto do nervo optico o primeiro a fazer é ver se o quadro está em atividade ou está inativo. Se estiver em atividade teria que ser feito tratamento. Sugiro procurar um médico Oftalmologo especialista em Retina ou Uveitis para maiores informações.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Boa tarde. Para o quadro são sua amiga teria que ser feito um exame oftalmologico completo com anamnese, antecedentes de doenças previas, contato, área geografia de residência, atividade, estos dados ajudarão ao médico a ter uma primeira impressão da possível etiológia; após fazer um exame oftalmologico completo com exames auxiliares. Como sempre digo a meu paciente quadros de inflamação ocular podem ter três grandes grupos de etiológias (doenças infecciosas, doenças inflamatórias do texidos conectivo, doenças neoplasias). Pela gravidade do quadro sugiro procurar um centro médico ou hospital de referência na brevidade.

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Conjuntivite por clamidia a maior evidencia é fazer tratamento com Azitromicina dose única porém a melhora de 50% dos sintomas segundo a literatura médica se dá em até 3-4 meses. A melhora de 100% dos sintomas se dá em até 8 meses. Pelo qual tem que se usar outros tratamentos para se obter melhora dos sintomas (tratamento tópicos com colirios).

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Voltar para Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez

Respostas de Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez - Oftalmologista São Paulo