Dr. Roberto Costa

Dr. Roberto Costa

Cirurgião cardiovascular

Competência em: Estimulação Cardíaca Artificial, Cirurgia das Arritmias, Eletroestimulação

Número de Identificação Profissional: CRM-SP 31455

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Clínica Roberto Costa

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1

Opiniões para Dr. Roberto Costa

5

Baseado em 2 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dr. Roberto Costa?

Opinar

O melhor: "Dr. Roberto Costa além da competência técnica, também acolhe aos pacientes com uma atenção que realmente confere um diferencial na área que atua. Muito obrigada! Luciana"

Paciente que marcou consulta com Dr. Roberto Costa em Clínica Roberto Costa

O melhor: "Sempre fui atendido por todos com gentileza e eficiência profissional. Muito questionei e sempre fui ouvido com paciência e além de responder minhas perguntas fui esclarecido em detalhes.
Tenho o doutor Roberto como um pai depois de 35 anos como seu paciente que o deu muito trabalho.
Alê Prado"

Poderia melhorar: "Ter um Capuchino na Recepção."

Paciente que marcou consulta com Dr. Roberto Costa em Clínica Roberto Costa

Experiência

Formação

  • Graduação em MedicinaUniversidade de São Paulo - USP1977
  • Residência Médica em Cirurgia GeralUniversidade de São Paulo - USP1980
  • Residência Médica em Cirurgia CardíacaUniversidade de São Paulo - USP1982
  • Título de Especialista em Cirurgia Cardiovascular - RQE 52878Associação Médica Brasileira - AMB1985
  • Título de Doutor em Medicina (Clínica Cirúrgica)Universidade de São Paulo - USP1990
  • Livre-docênciaUniversidade de São Paulo - USP2001
  • Treinamento nos EUA para extração a laser de cabos-eletrodos com o sistema CVX-300 da SpectraneticsSpectranetics2015

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: CRM-SP 31455

DR. ROBERTO E O MARCA-PASSO DE CORAÇÃO

Com mais de 20 mil operações no currículo, o cirurgião cardiovascular paulistano Roberto Costa é um dos pioneiros no implante de marca-passos no Brasil. Sua história com o aparelho que corrige as batidas do coração começou em 1980, dois anos depois de ele ter se formado na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo ̵ FMUSP. “O marca-passo e os procedimentos por visão indireta eram novidade no Brasil. Eu fui aprender e me encantei”, lembra. À época, ele era médico-residente de cirurgia cardíaca no Hospital das Clínicas ̵ HC. Mas em poucos meses, em janeiro de 1981, tornou-se o responsável pelo serviço de marca-passos do Instituto do Coração ̵ Incor (HC FMUSP), posição que ocupa até hoje. Compromissado com a evolução da saúde, Dr. Roberto é também pesquisador e professor da USP. E quem o vê contar o quanto fica feliz em solucionar o problema de seus pacientes logo percebe que ele nasceu para a medicina. “A estimulação cardíaca, meu campo de atuação, me permite melhorar a vida de centenas de pessoas anualmente. Isso é muito gratificante”, diz.

Se você precisa de um marca-passo cardíaco para viver bem, ou já é portador de marca-passo, o Dr. Roberto e a Clínica Roberto Costa podem ajudá-lo com os seguintes serviços:

  • Consulta médica voltada para marca-passos cardíacos
  • Cirurgia para implante de marca-passos cardíacos – em hospitais
  • Cirurgia para troca de marca-passos cardíacos – em hospitais
  • Cirurgia para extração a laser de cabos-eletrodos de marca-passos cardíacos - em hospitais
  • Cirurgia para solução de problemas em marca-passos cardíacos – em hospitais
  • Avaliação e programação eletrônica de marca-passos cardíacos
  • Atendimento externo para avaliação e programação eletrônica de marca-passos cardíacos – em domicílio e em hospitais
  • Ajuste de sensores de marca-passos cardíacos em esteira ergométrica
  • Ajuste de ressincronizadores cardíacos com ecocardiograma – em hospitais
  • Monitoramento remoto de marca-passos cardíacos
  • Programação de segurança e acompanhamento de marca-passos cardíacos durante procedimentos que causam interferência (como cirurgias com bisturi elétrico, ressonância magnética, colonoscopia e radioterapia) – em hospitais

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Espanhol

Webs


Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).

Respostas de Dr. Roberto Costa

7 Respostas

8 Especialistas de acordo

17 Pacientes agradecidos

Dr. Roberto Costa está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Olá. O marca-passo pode ser trocado tantas vezes quantas forem necessárias. Hoje em dia, o normal é que a bateria de um dispositivo cardíaco implantável dure de 7 a 12 anos, dependendo do tipo de aparelho (marca-passo simples, marca-passo com ressincronizador ou marca-passo com desfibrilador). Para que o coração esteja sempre protegido pelo marca-passo, toda vez que a bateria estiver prestes a acabar, será necessário trocar o aparelho.

Dr. Roberto Costa

Dr. Roberto Costa

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião cardiovascular

São Paulo

É muito raro isso acontecer, mas pode ser que o coração da sua tia tenha sofrido alguma alteração que o fez deixar de precisar do marca-passo. Por exemplo, uma pessoa que use um marca-passo atrial de câmara única pode vir a deixar de precisar do marca-passo caso seu coração sofra uma fibrilação atrial crônica. Mas, repito, casos como esse são raríssimos. Já fatores como idade ou outras doenças não impedem a troca do marca-passo -- salvo em casos de extrema debilidade de saúde, como quando a pessoa está quase à beira da morte. Por isso, peçam mais esclarecimentos ao profissional médico que as orientou a não realizar a troca. Caso não concordem com a conduta, marquem uma consulta com outro médico especializado em marca-passo e peçam uma segunda opinião.

  • Obrigado 4
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Roberto Costa

Dr. Roberto Costa

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião cardiovascular

São Paulo

Seu marca-passo está estimulando outros músculos além do coração, complicação chamada de "estimulação muscular".

Geralmente, essa estimulação indevida acontece quando o marca-passo está programado para emitir mais energia do que deveria. A eletricidade excedente acaba "transbordando" para outros tecidos; e, se for para um tecido muscular, o músculo se contrai. Tratar é simples: reprograme o marca-passo. Além de eliminar o desconforto, seu aparelho deixará de desperdiçar energia e durará mais tempo.

Mas há outro fator que pode causar a estimulação muscular: um escape de energia por falha no isolamento elétrico do sistema implantado. Pode ser uma ligação frouxa entre o marca-passo e os cabos-eletrodos; ou uma ruptura do revestimento isolante de um cabo-eletrodo. Falhas como essas, infelizmente, são corrigidas somente por cirurgia. Conexões frouxas devem ser apertadas. Já eletrodos danificados devem ser substituídos por novos.

Vá ao médico especializado em marca-passo o antes possível.

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Roberto Costa

Dr. Roberto Costa

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião cardiovascular

São Paulo

Ver as 7 perguntas respondidas por Dr. Roberto Costa

Fotos

{0}{1}