Dra. Debora Coutinho Serruya

Dra. Debora Coutinho Serruya

Ginecologista

Competência em: Cirurgia Ginecológica, Colposcopia

Número de Identificação Profissional: 138409

Consultório

1

Opiniões para Dra. Debora Coutinho Serruya

5

Baseado em 2 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dra. Debora Coutinho Serruya?

Opinar

O melhor: "A melhor médica do mundo!!!
Se hoje estou aqui para dar esse depoimento... é graças a competência da Dra. Débora Serruya. Hoje um dia especial da mulher, quero agradecer sua profissão e comprometimento. Devo minha vida a Deus e a Doutora."

Motivo da visita: cirurgia

Paciente que marcou consulta com Dra. Debora Coutinho Serruya em Rua Mato Grosso, 306 (Conj. 1614)

Dra. Debora Coutinho Serruya respondeu a esta opinião

Agradeço as lindas palavras e a confiança!

O melhor: "Médica muito atenciosa, pontual e competente"

Motivo da visita: Cisco de ovário

Paciente que marcou consulta com Dra. Debora Coutinho Serruya em Rua Mato Grosso, 306 (Conj. 1614)

Experiência

Formação

  • Ginecologia e ObstetríciaSanta Casa de São Paulo2014
  • Oncologia PélvicaSanta Casa de São Paulo2015
  • ColposcopiaSanta Casa de São Paulo2015

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 138409

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: abril 2018

Respostas de Dra. Debora Coutinho Serruya

6 Respostas

6 Especialistas de acordo

14 Pacientes agradecidos

Dra. Debora Coutinho Serruya está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Olá. Infelizmente em alguns casos o uso de terapia hormonal com estriol pode estar relacionado a um aumento nas crises de cefaléia sim. O ideal seria uma reavaliação médica para descartar outras causas, e caso confirmada a correlação com o Ovestrion, considerar uma alteração na via de administração dessa terapia (adesivos, por exemplo, apresentam uma melhor tolerabilidade nesses casos), doses, tipo de hormônio ou eventualmente a suspensão, em casos selecionados. Não deixe de consultar seu médico e esclarecer suas dúvidas a respeito!

Dra. Debora Coutinho Serruya

Dra. Debora Coutinho Serruya

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Olá. Infelizmente se você teve as duas trompas retiradas no passado não será possível uma gestação espontânea, visto que para engravidar há necessidade da presença de pelo menos uma trompa. Mas há uma alternativa!! Você poderá recorrer a métodos de fertilização assistida (fertilização in vitro). Espero ter ajudado.

Dra. Debora Coutinho Serruya

Dra. Debora Coutinho Serruya

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Olá. Na verdade o maior risco intra-operatorio agora será de lesões a outras estruturas (bexiga, intestino, ...) devido às cicatrizes anteriores. Essas lesões já são complicações possíveis, apesar de incomuns, em uma primeira cesárea, mas a chance aumenta a cada cirurgia. Converse com seu médico sobre suas dúvidas e inseguranças. É sempre a melhor estratégia para uma gestação mais tranquila.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
Dra. Debora Coutinho Serruya

Dra. Debora Coutinho Serruya

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Ver as 6 perguntas respondidas por Dra. Debora Coutinho Serruya

Fotos

{0}{1}