Dra. Maíra da Rocha

Dra. Maíra da Rocha

Medico do Sono, Otorrino

Competência em: Otologia Cirúrgica, Implante Coclear, Otologia Clínica

Número de Identificação Profissional: 948500 RJ-RQE 25318

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Av. Pastor Martin Luther King Jr. 126 / Nova América Offices / Torre 1000 / Sala 120 20765-000 Del Castilho (Shopping Nova América) Rio de Janeiro

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1

Opiniões para Dra. Maíra da Rocha

5

Baseado em 1 opinião

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dra. Maíra da Rocha?

Opinar

O melhor: "Excelente atendimento, médica humanizada, se importou com meu bem-estar de verdade!! Recomendo sempre!!"

Poderia melhorar: "Poderia aceitar mais planos! Mas mesmo assim vale a pena a consulta particular!"

Motivo da visita: Tratamento para ronco e apnéia

Luana O. marcou consulta com Dra. Maíra da Rocha em Av. Pastor Martin Luther King Jr. 126 / Nova América Offices / Torre 1000 / Sala 120

Dra. Maíra da Rocha respondeu a esta opinião

Fico feliz em ter ajudado, Luana. Agradeço o carinho. Um abraço.

Experiência

Formação

  • Graduação em MedicinaUniversidade Federal do Rio de Janeiro2012
  • Residência Médica em Otorrinolaringologia Universidade Federal de São Paulo2016
  • Mestrado em Tecnologias e Atenção à SaúdeUniversidade Federal de São Paulo2016
  • Especialização latu sensu em OtologiaUniversidade Federal de São Paulo 2017
  • Aperfeiçoamento (Capacitação Profissional em Medicina do Sono)Instituto do Sono2017

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 948500 RJ-RQE 25318

Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Residência Médica em Otorrinolaringologia pela Universidade Federal de São Paulo / Escola Paulista de Medicina. Especialista em Otorrinolaringologia pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-facial (ABORL-CCF). Mestrado em Tecnologias e Atenção à Saúde e Especialização em Otologia pela Universidade Federal de São Paulo / Escola Paulista de Medicina. Certificação de área de atuação em Medicina do Sono pela Associação Médica Brasileira (AMB).

CRM-RJ 52.94850-0 / RQE 25318; 26339



Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Espanhol
  • Francês

Webs


Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).

Respostas de Dra. Maíra da Rocha

17 Respostas

6 Especialistas de acordo

12 Pacientes agradecidos

Dra. Maíra da Rocha está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

A presença de cáseos nas amígdalas, essas massinhas amareladas, é uma das causas de mau hálito. Pode-se tentar otimizar a higiene bucal através da escovação dos dentes frequente, uso de enxaguante bucal e dos limpadores de língua. Dessa forma, busca-se controlar a proliferação das bactérias que normalmente colonizam a cavidade oral, o que pode reduzir a formação de cáseos. No entanto, caso persista o problema, a retirada cirúrgica das amígdalas possibilita a resolução definitiva do quadro.

Dra. Maíra da Rocha

Dra. Maíra da Rocha

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Medico do Sono, Otorrino

Rio de Janeiro

A mastoidectomia radical é um acesso que permite boa inspeção dos diversos recessos da orelha média, possibilitando a remoção completa do colesteatoma. Existe a chance de recorrência, porém a manutenção da cavidade aberta possibilita a detecção precoce da recidiva e na maioria dos casos é póssível a remoção da doença no consultório, sem necessidade de nova cirurgia. Mantenha o acompanhamento regular com seu médico.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
Dra. Maíra da Rocha

Dra. Maíra da Rocha

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Medico do Sono, Otorrino

Rio de Janeiro

A indicação da cirurgia nasal depende principalmente dos sintomas de obstrução nasal refratária ao tratamento clínico. Geralmente a obstrução nasal acarreta uma voz hiponasal, em que pouco ar passa pelo nariz durante a emissão da voz, semelhante ao que ocorre quando estamos resfriados. No entanto, diversos fatores compõem a caixa de ressonância da voz e não apenas a cavidade nasal. A avaliação fonoaudiológica e a fonoterapia são fundamentais caso haja persistência da voz hiponasal após a cirurgia.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
Dra. Maíra da Rocha

Dra. Maíra da Rocha

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Medico do Sono, Otorrino

Rio de Janeiro

Ver as 17 perguntas respondidas por Dra. Maíra da Rocha

Fotos

{0}{1}