Dra. Angela Esposito Ferronato

Dra. Angela Esposito Ferronato

Pediatra

Competência em: Emergências Pediátricas, Pediatría Ambulatorial, Puericultura

Número de Identificação Profissional: 75326 SP/TEP

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Rua Alexandre Dumas, 1601 (Cj. 32) 04717004 Chacara Santo Antônio São Paulo

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1

Opiniões para Dra. Angela Esposito Ferronato

5

Baseado em 1 opinião

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dra. Angela Esposito Ferronato?

Opinar

O melhor: "Profissional me passou muita segurança, muito atenciosa e esclareceu todas as duvidas"

Poderia melhorar: "Nada"

Motivo da visita: Rotina

Paciente que marcou consulta com Dra. Angela Esposito Ferronato em Rua Alexandre Dumas, 1601 (Cj. 32)

Dra. Angela Esposito Ferronato respondeu a esta opinião

Obrigada

Experiência

Formação

  • Pós graduação em pediatria; mestrado e doutorado em pediatria Faculdade de Medicina - USP 1992
  • Pediatra Faculdade de Medicina da USP1995

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 75326 SP/TEP

Médica formada pela Faculdade de Medicina da USP com especialização em Pediatria e Terapia Intensiva Pediátrica com Mestrado e Doutorado pela USP.   
Pediatra assistente da enfermaria de Pediatria do Hospital Universitáro da USP
Além da experiencia profissional, sou mãe de dois filhos.
Aleitamento materno, alimentação saudável, prática de esporte desde a infância, vida saudável, são minhas recomendações. 

Atendo no bairro Chácara Santo Antônio, próximo à região do Morumbi, Jardim Santo Amaro e Brooklin.

Experiência em

Idiomas

  • Português

Webs

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: julho 2018

Artigos escritos por Dra. Angela Esposito Ferronato

Catapora

A catapora ou varicela é uma doença muito frequente nas crianças. É causada por um vírus da família herpes, provoca febre, dor no corpo e as características bolinhas de água espalhadas por todo corpo ( até dentro da boca e olhos). Com a inclusão da vacina no calendário vacinal houve uma redução muito grande da doença. Por ser causada por um vírus, não tem tratamento específico, porém pode evoluir com complicações graves, como infeções de pele, pneumonia e até encefalites.
A prevenção é feita com a vacina, não deixe de proteger o que se tem de mais sagrado.

Coqueluche

Doença causada pela Bordetella pertussis, também conhecida como tosse comprida, que provoca tosse forte intensidade, seca e em crises ou surtos. Após essa crise de tosse é frequente a criança apresentar vômitos, ficar roxinha ( cianose), parar de respirar por alguns segundos( apneia) ou fazer um ruído agudo durante a inspiração ( guincho). Mesmo com a vacina a doença pode ocorrer, porém os vírus respiratórios, que atualmente sào mais frequentes, também podem provocar tosse e mimetizar o quadro de coqueluche.
A melhor forma de evitar é o uso da vacina. Em 2014 o Ministério da saúde passou a recomendar a vacina das gestantes (dTpa) que protege o bebe até 3 meses de vida.

Veja os 5 artigos escritos por Dra. Angela Esposito Ferronato

Respostas de Dra. Angela Esposito Ferronato

54 Respostas

25 Especialistas de acordo

15 Pacientes agradecidos

Dra. Angela Esposito Ferronato está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

As vezes a gente acha que os exames são os mais importantes para fazer um diagnóstico e que o melhor médico é aquele que solicita um monte de exemes, mas não é.
Uma boa história clínica e exame fisico bem feito, na maioria das vezes, podem esclarecer seu diagnóstico, evitanto exames desnecessários.
Procure um clínico ou um pneumologista e tire suas dúvidas.

Dra. Angela Esposito Ferronato

Dra. Angela Esposito Ferronato

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Pediatra

São Paulo

Não, não é normal. Pode ser sintoma de alguma alteração física ou até emocional.
Não menospreze os sintomas, busque um pediatra para examinar com cuidado e tentar estabelecer um diagnóstico. De alguma forma ela está sofrendo.

Dra. Angela Esposito Ferronato

Dra. Angela Esposito Ferronato

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Pediatra

São Paulo

O celestamine é composto por um anti histaminico e um corticóide em dose baixa. Poucas doses não irá interferir em nada na eficácia das vacinas, nem aumentam o risco de efeitos colaterais.
Não use medicações sem orientação médica.
Procure sempre ter um contato próximo com o pediatra, isso evita angústias desnecessárias.

Dra. Angela Esposito Ferronato

Dra. Angela Esposito Ferronato

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Pediatra

São Paulo

Ver as 54 perguntas respondidas por Dra. Angela Esposito Ferronato

Fotos

{0}{1}