Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Competência em: Crioescleroterapia, Tratamento de Varizes com Laser, Flebologia, Diagnóstico Vascular Não-Invasivo, Cirurgia Arterial, Cirurgia Endovascular

Número de Identificação Profissional: 6701 GO

Consultório

1

Opiniões para Charles Esteves Pereira

5

Baseado em 42 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Charles Esteves Pereira?

Opinar

O melhor: "Atendimento, Antencioso."

Poderia melhorar: "A secretária. Dificil de marcar retorno, tudo ela dificulta."

Lorena F. marcou consulta com Charles Esteves Pereira

O melhor: "Ótimo atendimento."

Poderia melhorar: "fazer tratamento através de convênios, planos de saúde."

Leila M. marcou consulta com Charles Esteves Pereira em Charles Esteves - Medicina Vascular

Marcou consulta na Doctoralia

O melhor: "Clínica linda,atendentes super educadas,me atendeu na hora marcada,Dr atencioso,competente, um amor de médico,recomendo a todos."

Poderia melhorar: "Gostei de tudo"

Motivo da visita: Varizes

Regyna S. marcou consulta com Charles Esteves Pereira em Charles Esteves - Medicina Vascular

O melhor: "Atenção e precisão nas explicações sobre o motivo da consulta e exames."

Poderia melhorar: "Só manter o mesmo padrão"

Motivo da visita: Varizes

Eliene M. marcou consulta com Charles Esteves Pereira em Charles Esteves - Medicina Vascular

Marcou consulta na Doctoralia

Charles Esteves Pereira respondeu a esta opinião

Obrigado pela visita. Estamos aqui para lhe prestar o melhor serviço. Um abraço

Ver as 42 opiniões sobre Charles Esteves Pereira

Experiência

Formação

  • Doppler VascularINCOR - USP1993
  • Angiologia e Cirurgia VascularHospital do Servidor Público Estadual de SP1993
  • Especialista em Angiologia e Cirurgia VascularHospital do Servidor Público Estadualde São Paulo1993

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 6701 GO

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês

Serviços

  • Primeira consulta Angiologia
  • Primeira consulta Cirurgia Vascular
  • Angiografia
  • Angioplastia intraluminal de vasos viscerais ou renais
  • Angioplastia intraluminal dos vasos das extremidades
  • Biopsia De Arteria Temporal
  • Bypass Ou Endarterectomia Da Carotida Ou Vertebral
  • Bypass Ou Endarterectomia Femoropopliteia
  • Correcao Endovascular De Aneurisma Da Aorta Abdominal
  • Crioescleroterapia
  • Doppler de artérias renais
  • Eco Doppler
  • Endarterectomia Carotidiana
  • Endofotocoagulação à laser
  • Enxertos Arteriais
  • Escleroterapia
  • Ligadura De Carotida
  • Ligadura De Carotida Interna E Externa
  • Ligadura De Ramos Da Aorta Abdominal
  • Ligadura Simples Da Safena Interna E/Ou Externa
  • Ligadura Simples De Veias Varicosas
  • Plastia Das Arterias
  • Trat Cirurgico Sindrome Pos Flebitica Por Qualquer Tecnica (Um Membro)
  • Tratamento Cirurgico De Varizes Da Safena Externa Unilateral
  • Tratamento Cirurgico Do Aneurisma Da Aorta Abdominal
  • Tratamento de varizes com laser
  • Tratamento de varizes por espuma densa
  • Trombectomia Venosa
  • Tromboembolectomia De Extremidades
  • Flebologia Estética

Artigos escritos por Charles Esteves Pereira

Insuficiência Venosa

A insuficiência venosa crônica é um conjunto de sinais e sintomas caracterizado por dores nas pernas, peso, cansaço, inchaço e qualquer desconforto provocado por dilatação nas veias. Na insuficiência venosa podemos encontrar dilatação em capilares formando os famosos "vasinhos", dilatação em veias mais superficiais junto à pele formando rede de microvarizes e dilatação de veias um pouco mais profundas no subcutâneo, especialmente a veia safena e seus ramos, formando varizes mais calibrosas. O mais importante é ter conhecimento que se trata de uma doença complexa e onde existe uma interligação de vasos e deve ser tratada como um todo e não em partes para se obter os melhores resultados.

Varizes

Espuma Densa: tratamento onde um medicamento em forma de espuma é aplicado nas veias com auxílio do ultrassom. A espuma desloca o sangue da veia doente e atua como uma cola secando a veia. O tratamento com Espuma Densa exige muita experiência e atenção para obtermos os melhores resultados. Indicado para pessoas com varizes complicadas, pessoas idosas, pessoas que não querem ou não podem operar de varizes e trambém em casos estéticos selecionados.

Respostas de Charles Esteves Pereira

24 Respostas

21 Especialistas de acordo

63 Pacientes agradecidos

Charles Esteves Pereira está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

A progesterona tem ação dilatadora das veias, sendo responsável pela dilatação das mesmas durante a gravidez, quando estão em níveis elevados.
Na reposição hormonal com implante, temos baixas doses em lenta liberação. Nestes casos a chance de aumento ou piora das varizes é menor. Vale ressaltar que entre os fatores que provocam varizes estão o fator hereditário e estilo de vida onde pessoas mais sedentárias e que ficam tempo maior de pé e pessoas com excesso de peso tendem a apresentar mais varizes.

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Não, o "DIU MIRENA" não influencia no surgimento de varizes, assim como água quente, salto alto.
O principal fator para se ter varizes e a genética.
O estilo de vida também pode influenciar no surgimento de varizes em algumas pessoas como exemplo: enfermeiros, professores, médicos, trabalhadores que ficam por muitas horas de pé. Atividades físicas de impacto também podem contribuir como exemplo: pular corda, jump, entre outros.
Espero ter ajudado.

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

A Diosmina-Hesperidina é uma associação medicamentosa com finalidade de reduzir a dor e edema. É útil nos casos de trombose venosa, embora não seja fundamental. Se você perceber que o membro já está menos edemaciado sem aquela sensação de peso, poderá ficar sem a medicação. Caso contrário poderá manter seu uso a critério do seu médico vascular

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Ver as 24 perguntas respondidas por Charles Esteves Pereira

{0}{1}