Respostas de Charles Esteves Pereira - Goiânia

24 Respostas

21 Especialistas de acordo

63 Pacientes agradecidos

Charles Esteves Pereira está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

A progesterona tem ação dilatadora das veias, sendo responsável pela dilatação das mesmas durante a gravidez, quando estão em níveis elevados.
Na reposição hormonal com implante, temos baixas doses em lenta liberação. Nestes casos a chance de aumento ou piora das varizes é menor. Vale ressaltar que entre os fatores que provocam varizes estão o fator hereditário e estilo de vida onde pessoas mais sedentárias e que ficam tempo maior de pé e pessoas com excesso de peso tendem a apresentar mais varizes.

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Não, o "DIU MIRENA" não influencia no surgimento de varizes, assim como água quente, salto alto.
O principal fator para se ter varizes e a genética.
O estilo de vida também pode influenciar no surgimento de varizes em algumas pessoas como exemplo: enfermeiros, professores, médicos, trabalhadores que ficam por muitas horas de pé. Atividades físicas de impacto também podem contribuir como exemplo: pular corda, jump, entre outros.
Espero ter ajudado.

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

A Diosmina-Hesperidina é uma associação medicamentosa com finalidade de reduzir a dor e edema. É útil nos casos de trombose venosa, embora não seja fundamental. Se você perceber que o membro já está menos edemaciado sem aquela sensação de peso, poderá ficar sem a medicação. Caso contrário poderá manter seu uso a critério do seu médico vascular

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

O tratamento de varizes com espuma não requer internação, anestesia, repouso e nem afastamento das suas atividades. O mais importante é dar sequência no seu tratamento e ir até o final. São necessárias visitas periódicas ao consultório seja para realizar as aplicações seja para realizar drenagens de eventuais veias coaguladas pela espuma. O tratamento com microespuma densa tem a versatilidade de ser utilizado em veias calibrosas, microvarizes e vasinhos de acordo com a indicação do especialista.

  • Obrigado 9
  • 1 especialista está de acordo
Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Tenho realizado tratamento de varizes com espuma há pelo menos 10 anos e faço as seguintes considerações:
1. Está indicada especialmente para as varizes mais calibrosas e casos avançados.
2. Podem ocorrer alergias e broncoespasmo (tipo uma asma), sendo bastante raro.
3. Podem ocorrer raramente algumas manifestações tais como tosse, tonturas, mal estar, geralmente associadas a injeções com grandes volumes de espuma. Isto pode ser minimizado com uso de espuma com gás fisiológico e injeções com menores volumes.
4. A injeção de espuma "seca" a veia e pode deixar no seu interior o que chamamos de "Trombo químico" que se não drenado favorece muito a incidência de manchas independente do tipo de pele. As pacientes morenas podem manchar mais. Estas manchas tendem a desaparecer em 6 meses quando devidamente drenado.
5. A associação de outros métodos, tais como Laser e Escleroterapia líquida otimizam o resultado e nada melhor do que esclarecer com seu Médico Vascular.

  • Obrigado 6
  • 1 especialista está de acordo
Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Olá. Com o diagnóstico de mutação no gene da protrombina e história de 4 episódios de tromboflebites, creio que certamente você está tomando algum medicamento anticoagulante. Assim sendo, as varizes podem ser tratadas com espuma densa, desde que mantenha a medicação e que respeitemos rigorosamente a dose indicada de espuma por sessão.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Olá. Medicações como o Venaflon atuam no alívio dos sintomas da doença venosa, mas não impedem a evolução e nem mesmo as complicações.
Oriento que você use meias elásticas e procure um especialista tão logo possa.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

A predisposição familiar é uma das grandes causadoras de varizes. Outro causador importante é o nosso estilo de vida.
Recomendo atividades físicas aeróbicas como natação, caminhadas, bicicleta, subir escadas e elíptico. Evitar atividades de impacto. Musculação e Pilates com foco na respiração e na musculatura da panturrilha.
Evitar ao máximo excesso de peso. Controle sua dieta. Pessoas com intestino preso tendem a ter mais varizes, então ingerir bastante água e fibras.
Evitar permanecer muito tempo parado sentado ou de pé. Procure se movimentar a cada hora ou pelo menos de duas em duas horas.
Sempre que puder, relaxe com as pernas elevadas. Auxilia no retorno venoso e reduz o inchaço nas pernas.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Olá. Sinto muito por ter perdido seu bebê. A presença de trombos no cordão e placenta é um indicativo de trombofilia, especialmente a Síndrome Antifosfolípide. O início da investigação deverá ser iniciada o mais breve. Recomendo fortemente que procure um Hematologista.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Não há restrições quanto à idade. Devemos fazer uma avaliação minuciosa para determinar qual a melhor técnica para o seu caso. Grande abraço .

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

A idade não é mais um fator limitante para o tratamento das varizes.
Leve sua querida mãe a um bom especialista que vai solicitar o Mapeamento Venoso com Doppler em Cores e a partir daí, planejar o melhor tratamento. Irá também buscar outras causas de feridas como por exemplo problemas arteriais.
Atualmente dispomos de métodos menos invasivos tais como o Laser Endovenoso, Espuma Densa e Microcirurgia que isolados ou associados irão proporcionar grande melhora para sua mãe.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Uma jovem de 44 anos sem antecedentes de TVP é considerada de baixo risco para tromboembolismo. A rigor seria necessário apenas orientar deambulação precoce e compressão elástica. Entretanto, o procedimento "safenectomia" que está caindo em desuso devido às novas técnicas, quase sempre é acompanhado de outros procedimentos tais como escleroterapia intraoperatória e microcirurgia, que prolongam o tempo operatório. Eu sempre recomendo uma dose de Enoxaparina logo após o término do procedimento com autorização do anestesista. Somente uma dose. Depois, oriento deambulação e meias elásticas.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

A trombose venosa é uma doença que pode deixar sequelas. As veias podem não recanalizar ou recanalizar (desentupir) parcialmente e também pode haver dano nas válvulas das veias. Em geral 85% das pessoas que tiveram trombose podem ter algum tipo de sequela. A perna pode ficar inchada, dolorida, pode aparecer varizes e em casos mais graves pode evoluir para úlceras. É muito importante que sejam investigadas as causas e que seja feito um acompanhamento pelo seu médico, pois a trombose pode tornar a acontecer.

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Primeiro tratar a causa. Pode ser insuficiência venosa, excesso de ferro no sangue ou causada por medicamentos.
No caso das varizes, deve-se primeiro tratá-las. Depois associarmos um tratamento dermatológico para favorecer o clareamento.

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Aumento de vitamina B12 não causa trombose.

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Olá. Recomendo um rigoroso controle dos fatores de risco, especialmente a dislipidemia (aumento das gorduras no sangue), atividades físicas, controle do peso e da pressão arterial. Repetir o exame anualmente

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

A Síndrome KT é classicamente composta de Varizes + aumento do volume do membro + manchas arroxeadas tipo vinho do porto. Pode ou não haver fístulas (ligações de artérias com veias - "Weber"). Ainda podem ser incompletas. O tratamento não é curativo, visto ser um problema de nascença e quase sempre complexo. A base principal é o tratamento das varizes (Laser e Espuma densa, meias elásticas), tratamento das eventuais feridas (úlceras) e aplicação de pequenas partículas para obstruir locais críticos com fístulas (embolização). O tratamento é dispendioso e requer muita habilidade e bom senso do especialista.

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Anticoagulantes na gestação são geralmente utilizados em doses menores na prevenção de trombose ou mais raramente em doses maiores como tratamento. O mais importante é pesar o risco X benefício. Como prevenção vai evitar uma nova trombose na mãe e uma trombose na placenta que pode matar o feto. Como tratamento, evitaria uma embolia que pode matar a mãe. O risco de uma hemorragia é muito menor do que as complicações acima. Sempre prevalece o bom senso e o nosso maior valor: a Vida!

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

No tratamento endovenoso da safena magna com Laser praticamente não realizamos cortes na virilha. Existem situações de exceção como por exemplo a presença de um aneurisma na junção da safena com a veia femoral.
A ligadura da junção tem riscos de formação de hematomas e coleção de líquido linfático que geralmente desaparecem espontaneamente, raramente necessitando alguma intervenção.
A chance de uma trombose é mínima,

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Em estudos de revisão, a chance de plena recanalização de uma trombose de veia poplítea é de 15%. Pelo menos 75% dos pacientes com trombose de veias maiores vão apresentar algum tipo de sequela, seja edema do membro, dor, aumento de volume ou varizes, além do risco aumentado para apresentar inflamações, manchas e úlceras nas pernas.
Pessoas com predisposição a trombose (trombofilias) tendem a apresentar mais sequelas devido à repetição de fenômenos trombo-embólicos.
É fundamental o diagnóstico e tratamento mais precoce possível, pois o início tardio é fator de risco para maiores sequelas.
Atualmente, novas drogas e novos tratamentos como por exemplo a fibrinólise e catéteres especiais tem diminuído a incidência de sequelas pós-trombóticas.

Charles Esteves Pereira

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Voltar para Charles Esteves Pereira

Respostas de Charles Esteves Pereira - Goiânia