Respostas de Dr. Guenael Freire - Belo Horizonte

14 Respostas

2 Especialistas de acordo

63 Pacientes agradecidos

Dr. Guenael Freire está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Sim, a vacina oferece proteção parcial aos 4 sorotipos do vírus da dengue.
Quem já teve dengue está imune apenas ao sorotipo que a causou, portanto pode ter ainda mais 3 episódios.
Até o momento, os portadores do HIV não devem recebê-la. Novos estudos são necessários para conhecermos a segurança nessa população.

  • Obrigado 9
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

Pouco provável, porque a transmissão é proporcional à carga viral e a mesma torna-se detectável após cerca de 10 dias de infecção. De toda forma, exames são necessários para acompanhar.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

As manifestações clínicas das meningites fungicas não diferem muito das demais meningites. Dor de cabeça, vômitos, febre, rigidez de nuca e sonolência são sintomas observados nas meningites.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

A dengue pode causar linfopenia, assim como outras viroses.
Mas não é uma regra, porque algumas doenças bacterianas podem cursar com linfopenia e algumas viroses podem causar aumento na contagem de linfócitos (linfocitose).

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

Sim, existe vacina contra a febre amarela. O Ministério da Saúde recomenda 1 dose aos 9 meses com reforço aos 4 anos. Caso o paciente não tenha sido vacinado e tenha mais de 5 anos, deve-se avaliar o risco e oferecer a vacina (duas doses com intervalo de 10 anos entre elas). Pessoas que já receberam duas doses são consideradas imunes e não precisam de revacinação.
A vacina é contra-indicada em gestantes, pessoas com problemas de imunidade, alérgicos ao ovo, pessoas com reação grave a dose anterior, etc. São efeitos colaterais comuns dor local, febre e mal estar.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

Normalmente, os imunoensaios de 4 geração são capazes de diagnosticar a infecção em até 4 semanas, portanto o exame feito com 60 dias dificilmente seria um falso negativo.
A infecção aguda pelo HIV não se manifesta como amidgalite e a presença de linfonodos apenas na região inguinal não sugere HIV.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

Sim, o Western blot, quando realizado após um teste de triagem inicial, é considerado padrão-ouro para o diagnóstico.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

Eles devem ser tomados sempre a cada 24 horas ou conforme prescrição, independente de alimentação. Se for o esquema indicado no protocolo de 2015, a alimentação não vai interferir na ação dele.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

A detecção isolada de anticorpos IgG contra o vírus da mononucleose indica contato prévio, portando nova mononucleose não deverá ocorrer. Contudo, o vírus que provoca a doença (Epstein barr) pode causar outras condições caso seja reativado, por causa de uma imunossupressão.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

Dependendo do tipo de exposição, o teste usual de hepatite C (antiHCV) pode demorar até 6 meses pra se tornar reagente. Há exames mais modernos que detectam o material genético do vírus logo nas primeiras semanas, o que estaria indicado no seu caso.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

Há dois tipos de testes de sífilis, sendo que um traz informação sobre infecção em atividade e outro infecção a qualquer momento, mesmo no passado remoto. Seria interessante avaliar ambos em conjunto. Existe ainda a possibilidade de falso positivo dos testes.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

A princípio, não há relação entre a sífilis e a imagem vista na radiografia. Deve ser investigadas outras causas. Ambos os especialistas serão úteis.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

Sim, o teste rápido para o HIV pode ser falso positivo, embora quando dois testes rápidos de fabricantes diferentes são feitos em paralelo (simultaneamente) e os dois são reagentes, a chance de a infecção se confirmar é altíssima.
O teste rápido pode também ser falso negativo, especialmente nos primeiros dois meses após a infecção.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

Olá, a sorologia, se feita com base na dosagem de anticorpos, pode permanecer positiva por tempo indefinido, especialmente nos casos que o IgG é avaliado. O fato de estar positivo indica contato prévio, mas não indica que a doença esteja ativa.

Dr. Guenael Freire

Dr. Guenael Freire

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Infectologista, Médico clínico geral

Belo Horizonte

Voltar para Dr. Guenael Freire

Respostas de Dr. Guenael Freire - Belo Horizonte