Roberta Karen Manhães

Roberta Karen Manhães

Neurologista

Número de Identificação Profissional: RJ 93706-1

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Centro Médico Richet - Av das Américas, 4.801 Sala 222 22631004 Barra da Tijuca Rio de Janeiro

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1
2

Opiniões para Roberta Karen Manhães

5

Baseado em 3 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Roberta Karen Manhães?

Opinar

O melhor: "Muito atenciosa e parecia conhecer bastante a doença"

Poderia melhorar: "Não sei, achei tudo perfeito"

Motivo da visita: Doença de minha mãe, Mal de Alzheimer

Nilza C. marcou consulta com Roberta Karen Manhães em Centro Médico Richet - Av das Américas, 4.801 Sala 222

Marcou consulta na Doctoralia

Roberta Karen Manhães respondeu a esta opinião

Obrigada pelo retorno! É uma satisfação poder ajudar.

O melhor: "Levei meu pai idoso e saímos sem nenhuma dúvida. Doutora excelente, humana e profissional . Super indico."

Poderia melhorar: "Ficamos satisfeitos com tudo."

Paciente que marcou consulta com Roberta Karen Manhães em Centro Médico Richet - Av das Américas, 4.801 Sala 222

Roberta Karen Manhães respondeu a esta opinião

Obrigada pelo carinho, espero poder ajudá-los mais vezes!

O melhor: "Eu adorei, ótima profissional, me explicou tudo direitinho.. Super paciente."

Poderia melhorar: "Nada, está perfeito...ótima profissional, perfeita...ótima pessoa, super recomendo ela..."

Motivo da visita: Consulta medica

Cleysiene . marcou consulta com Roberta Karen Manhães em Centro Médico Richet

Marcou consulta na Doctoralia

Roberta Karen Manhães respondeu a esta opinião

Obrigada pela confiança e carinho!

Experiência

Formação

  • Graduação em MedicinaUFRJ2011
  • Residência em NeurologiaHospital Federal dos Servidores do Estado (HFSE)2015
  • Título de especialista em NeurologiaAcademia Brasileira de Neurologia (ABN)2017

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: RJ 93706-1




 

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).

Respostas de Roberta Karen Manhães

14 Respostas

12 Especialistas de acordo

26 Pacientes agradecidos

Roberta Karen Manhães está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Realmente, o sistema nervoso central não tem a mesma capacidade de regeneração como tem o tecido da pele, por exemplo. Ainda assim, após a absorção de um hematoma no cerebelo, ou resolução do edema inicial, fica uma área de cicatriz (ou malácia). A recuperação da função dependerá da extensão da lesão, área acometida, idade do paciente (quanto mais jovem, maiores a chances de plasticidade) e principalmente de um intenso e continuo trabalho de reabilitação. Lembrando sempre que devemos estimular, mas respeitar as limitações também resultantes de cada problema. Os ganhos, a melhora obtida, até o grau de recuperação final varia de paciente para paciente, cada qual no seu tempo. Para maiores esclarecimentos, consulte um especialista de sua confiança.

Roberta Karen Manhães

Roberta Karen Manhães

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Rio de Janeiro

Mais importante do que quantificar o número de crises é entender o contexto em que elas aconteceram, a descrição de cada uma dessas 3 crises, intervalo entre elas, qual sua idade na ocasião e se houve alguma fator precipitante (privação de sono, queda de pressão, ingestão alcoólica em excesso, infecção, alteração metabólica, jejum prolongado, etc).
Não deixe de procurar um especialista de sua confiança para avaliar melhor a situação e esclarecer suas dúvidas.

Roberta Karen Manhães

Roberta Karen Manhães

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Rio de Janeiro

Mesmo após a ressecção de tumores cerebrais, o paciente com epilepsia secundária poderá continuar apresentando eventos epilépticos. A cicatriz cirúrgica e até mesmo alterações locais associadas ao tratamento (por ex. necrose associada a radioterapia ou quimioterapia) são potenciais focos geradores de crise.
Nesses casos, o paciente precisará realizar exames complementares para afastar outras causas associadas (distúrbios metabólicos, infecções sistêmicas, recidiva do tumor, infecção local) antes de firmar a hipótese de pseudo-convulsões.
Não deixe de consultar um especialista de sua confiança. Um abraço!

Roberta Karen Manhães

Roberta Karen Manhães

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Rio de Janeiro

Ver as 14 perguntas respondidas por Roberta Karen Manhães

{0}{1}