Dra. Fabiana Orozco Corrêa

Dra. Fabiana Orozco Corrêa

Cirurgiã do aparelho digestivo, Coloproctologista

Número de Identificação Profissional: 100943 SP

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 46 (Cj 127) 04544000 Vila Nova Conceição São Paulo

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1

Opiniões para Dra. Fabiana Orozco Corrêa

5

Baseado em 22 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dra. Fabiana Orozco Corrêa?

Opinar

O melhor: "Simplesmente maravilhosa. Primeiramente fiquei admirada com a pontualidade que é coisa rara, doutora super simpática e bastante entendida, passa confiança e esclarece perfeitamente as dúvidas."

Poderia melhorar: "Nada"

Motivo da visita: Colite

Drielly . marcou consulta com Dra. Fabiana Orozco Corrêa em Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 46 (Cj 127)

Marcou consulta na Doctoralia

O melhor: "atenciosa, dar bastante atençao e transmite segurança ao paciente excelente profissional"

Poderia melhorar: "nada"

IsabelCristina M. marcou consulta com Dra. Fabiana Orozco Corrêa em Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 46 (Cj 127)

O melhor: "Medica muito atenciosa, me deixou a vontade e explicou tudo que eu precisava saber."

Poderia melhorar: "Não vi nada a melhorar."

Fabiane A. marcou consulta com Dra. Fabiana Orozco Corrêa em Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 46 (Cj 127)

Marcou consulta na Doctoralia

O melhor: "Ótima profissional! Exclareceu todas as dúvidas e me deixou super a vontade. Não tenho nenhuma queixa! Indico a todos"

Bárbara G. marcou consulta com Dra. Fabiana Orozco Corrêa em Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 46 (Cj 127)

Marcou consulta na Doctoralia

Ver as 22 opiniões sobre Dra. Fabiana Orozco Corrêa

Experiência

Formação

  • Cirurgia GeralSanta Casa de SP2002
  • ColoproctologiaHospital Sírio Libanês2004
  • Título de Especialista em ColoproctologiaSociedade Brasileira de Coloproctologia2009

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 100943 SP

  • Cirurgiã do Aparelho Digestivo com grande experiência em Cirurgias Laparoscópicas. 
  • Título de Especialista em Coloproctologia pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia.
  • Médica da equipe de Retaguarda de Cirurgia de Urgência do Hospital São Luiz Itaim.
  • Cirurgiã geral e Coloproctologista dos Hospitais Santa Catarina e Santa Cruz.
  • Experiência no tratamento de Doenças Inflamatórias Intestinais, como a Doença de Crohn e Retocolite ulcerativa (RCUI). 
  • Experiência no tratamento do Condiloma Anal (HPV). 
  • Experiência no manejo dos diversos tratamentos para Doença Hemorroidária (THD, Ligadura elástica, Grampeamento, e Hemorroidectomia Excisional). 

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: julho 2018

Respostas de Dra. Fabiana Orozco Corrêa

142 Respostas

31 Especialistas de acordo

196 Pacientes agradecidos

Dra. Fabiana Orozco Corrêa está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

O exame que realmente confirma se vc tem ou não refluxo é a PHMETRIA de 24HS e MANOMETRIA ESOFÁGICA.
No entanto, uma endoscopia digestiva alta já pode apresentar algumas alterações sugestiva de refluxo, como a Esofagite, Hernia hiatal e Cardia (ou hiato) alargada.
O exame de RX contrastado (EED) també pode dar indícios da doença.
À disposição!

Dra. Fabiana Orozco Corrêa

Dra. Fabiana Orozco Corrêa

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgiã do aparelho digestivo, Coloproctologista

São Paulo

Uma dor subcostal esquerda associada a distensão abdominal pode ser, simplesmente, sintomas de "gases", pois logo abaixo da costela fica o ângulo esplênico do cólon, que quando distendido, pode comprimir o diafragma e gerar esse desconforto.
No entanto, se o sintoma está recorrente, é necessário realizar alguns exames de imagem para descartar patologias relacionadas ao baço, rins, estômago e cólon, antes de se fechar a diagnóstico.
E uma vez, concluindo que se trata apenas de intenso meteorismo intestinal (gases), deve-se avaliar se há causas para isso, como alguma intolerância alimentar.
Na maioria dos casos, um controle com dieta anti-fermentativa soluciona bem o problema.
Quanto à vesícula, essa fica do lado direito e como você já operou, não há com que se preocupar em relação a ela.
À disposição para maiores esclarecimentos.

Dra. Fabiana Orozco Corrêa

Dra. Fabiana Orozco Corrêa

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgiã do aparelho digestivo, Coloproctologista

São Paulo

Em relação aos exames pré-operatórios, geralmente são realizados exames de sangue (hemograma, glicemia, função renal e coagulação) e dependendo da faixa etária, exames cardiológicos e RX de tórax.
Embora o diagnóstico da hérnia umbilical seja clínico, o exame de Ultrasson de parede abdominal pode auxiliar para determinar o tamanho do anel herniário.
Quanto ao uso da tela, a indicação vai depender principalmente do tamanho da falha e de fatores como obesidade ou hérnias recidivantes.
Com as telas mais modernas, a taxa de complicação é baixa, com raríssimos casos de rejeição, mas pode ocorrer seroma, hematoma ou infecções, assim como em qualquer outro procedimento cirúrgico.
Para reduzir a chance de recidiva, o período de repouso deve ser respeitado, conforme as orientações do seu médico.

Dra. Fabiana Orozco Corrêa

Dra. Fabiana Orozco Corrêa

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgiã do aparelho digestivo, Coloproctologista

São Paulo

Ver as 142 perguntas respondidas por Dra. Fabiana Orozco Corrêa

Fotos

{0}{1}