Respostas de Rodrigo Puppi - Psicólogo Curitiba

90 Respostas

172 Especialistas de acordo

88 Pacientes agradecidos

Rodrigo Puppi está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Em função de estudos (controversos) nos EUA que mencionavam a necessidade de, em média, 12 sessões para resolução de problemas psicológicos, esse passou a ser um número adotado por planos de saúde em geral. Atualmente se questiona muito esse número predeterminado para um trabalho de psicoterapia, em especial em abordagens bem estruturadas como as terapias comportamentais. Cada caso exige uma frequência e duração diferentes, levando em conta as demandas clínicas e também as capacidades e perfil do cliente ao trabalhar essas demandas dentro e fora de psicoterapia. Os números são bastante flexíveis e pode ser que uma pessoa possa ter melhora efetiva em três ou quatro sessões. Já outros casos demandam algumas dezenas de atendimentos para se concluir a alta clínica. Há ainda casos bem específicos que exigem acompanhamento contínuo.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Olá. Há dois profissionais a buscar para um trabalho conjunto nesse caso: o psicólogo e o psiquiatra. Um psicólogo poderá auxiliar você a compreender as causas desses comportamentos compulsivos, bem como compreender esse episódio crítico que você descreve. O papel desse profissional é o de ajudar você não só a compreender os fatores que provocam e elevam a ocorrência desses problemas, mas essencialmente a desenvolver habilidades para efetivamente lidar com esses comportamentos e com as emoções decorrentes deles, sendo um processo com resultados que se mantém a longo prazo. Já o psiquiatra poderá intervir com a medicação necessária para estabilizar seu quadro clínico a curto e médio prazo, ajudando a aliviar os sintomas e permitindo que a própria psicoterapia se beneficie com sua melhor condição inicial. Ambos tratamentos devem ter objetivo de uma alta clínica, onde você idealmente se encontrará com autonomia para lidar com esses mesmos problemas.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Existem alguns transtorno que oferecem maiores riscos do que outros, com maior incidência de óbitos. Observe apenas que é preciso distinguir se o óbito foi provocado pelo transtorno em si ou por comportamentos que estejam indiretamente associados a ele. Ex. muitos óbitos são provocados por suicídios relacionados aos transtornos mentais, mas esses transtornos isoladamente não levariam o indivíduo a óbito. Entre os transtornos mentais e comportamentais, dependendo da gravidade, pode-se citar os mais frequentes: depressão, transtorno bipolar (tanto em episódio depressivo ou maníaco/hipomaníaco), transtornos psicóticos (esquizofrenia, tr. esquizoafetivo), transtornos dissociativos (tr. dissociativo de personalidade, tr. de despersonalização/desrealização), anorexia nervosa, bulimia nervosa, transtornos por uso de substâncias (álcool, cocaína, crack, etc.). Os transtornos com riscos não se limitam a esses, mas são os mais frequentes.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Existem algumas estratégias para adequar a forma de estudo às necessidades de cada um. Considerando que você tenha maior facilidade e, possivelmente, prazer em estudar física e matemática, essas são matérias que tendem a ser ainda mais priorizadas (também para quem não é Asperger). Tente organizar um plano de estudos para incluir as outras disciplinas antes do estudo das suas preferidas e estude física/matemática à vontade somente após concluir as disciplinas anteriores. Tente também fracionar o material de estudo para que você possa concluir em etapas pequenas. Essas são dicas mais genéricas, possíveis de passar sem analisar seu caso em específico, mas que podem auxiliar. Tenho um artigo sobre autocontrole no meu blog que traz outras informações que podem ser úteis, mas excedem o espaço aqui. Essas intervenções tendem a ser mais eficazes se trabalhadas em conjunto com outras regras cotidianas, o que também é um desafio grande.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Excelente pergunta! É aconselhável o acompanhamento de uma nutricionista, sim. A nutricionista pode elaborar um programa de acordo com suas necessidades clínicas específicas, uma vez que a alimentação tem um papel importante sobre a condição de resposta de nosso cérebro a eventos cotidianos. Há experiências [fora do Brasil] onde a suplementação de ômega 3, devidamente prescrita e acompanhada pelo profissional de nutrição, atua de forma complementar ao tratamento para depressão. Busque uma profissional capacitada que possa buscar essas informações para trabalhar contigo. Extrapolando um pouco a sua pergunta, seria interessante também combinar os tratamentos em andamento com a prática de exercícios físicos regulares. A resposta geral aos sintomas de depressão e ansiedade e o consequente ganho em qualidade de vida geral são muito significativos! São hábitos que podem ser mantidos além do tratamento em si, como recomendação de saúde geral.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Olá! Pelo o que parece a partir de seus comentários, há mais de um comportamento relacionado à sexualidade: histórico de abuso, vício em pornografia (somente pornografia na internet?)... um ponto de partida necessário é buscar auxílio com um psicólogo. É preciso avaliar com cautela o que pode ser feito junto a um profissional de sua confiança, mas é provável que se aborde todas as suas queixas em paralelo, ajudando a reduzir os comportamentos compulsivos e a resgatar a qualidade do relacionamento com sua esposa. Procure um profissional com o qual você se sinta à vontade e tenha segurança para acompanha-lo nesse processo psicoterápico.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Olá! O TDAH costuma estar relacionado a baixo desempenho acadêmico em função da falta de atenção (p. ex. ao estudar ou assistir aulas) ou pela impulsividade/hiperatividade (p. ex. baixa persistência na resolução de problemas ou leitura de textos longos). Embora não seja obrigatória a queda no desempenho escolar quando se tem um quadro de déficit de atenção e/ou hiperatividade, ele é muito frequente. O uso de estratégias adequadas de estudo e de controle de variáveis ambientais podem minimizar com eficácia os efeitos do TDAH sobre o estudo. Também é possível que os sintomas que você observe sejam comuns a outros diagnósticos diferentes do TDAH (p. ex. ansiedade). Se achar necessário ou estiver enfrentando algum tipo de prejuízo com isso, busque um psiquiatra ou psicólogo para confirmar o seu diagnóstico (e eventuais encaminhamentos).

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

A terapia comportamental tem mostrado ótimos resultados sobre o controle de impulsos e desatenção, seja em conjunto com a medicação receitada ou isoladamente. É delicado passar as orientações corretas sem conhecer melhor o seu caso, mas de forma genéria posso dizer que o TDAH é tratado com psicoterapia em consultório, onde se fazem avaliações, treino de técnicas e habilidades que serão colocadas em prática no dia a dia. Complementa esse trabalho uma série de práticas diárias voltadas às suas necessidades, como roteiros, planos de ações e exercícios para momentos e situações específicas. O TDAH também costuma estar associado a ansiedade, que é outro fator clínico abordado dentro da terapia. Em resumo, é criado um programa personalizado a cada caso para que se treinem comportamentos que resultarão na redução de frequência e intensidade dos sintomas do TDAH, estabelecendo mudanças graduais e efetivas a longo prazo (ao contrário da medicação, que tem efeitos rápidos, mas limitados).

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Muito provavelmente a referência é a sintomas agudos de ansiedade ou transtorno de pânico. Esses transtornos são gerados por fatores diferentes que variam de pessoa para pessoa. São reações do organismo sobre algo que o cérebro interpreta como um risco à sua integridade, preparando seu corpo para enfrentar ou fugir de alguma situação perigosa, mas que não existe no momento presente. É aconselhável buscar um psicólogo para investigar o que provocou essa crise. Uma avaliação cuidadosa permite identificar causas, a forma com a qual você costuma lidar com elas e quais outros recursos você teria à sua disposição para lidar no futuro com os estressores que provocaram essa crise, caso voltem a se repetir. Eventualmente, se os sintomas se mantiverem intensos por um longo tempo, o acompanhamento de um psiquiatra pode ser indicado para atuar com medicação em paralelo à terapia com o psicólogo.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Homeopatia não é um tratamento eficaz para depressão. Os transtornos depressivos dependem de relações complexas entre organismo e ambiente, sendo necessário buscar intervenções significativas. Terapias complementares não possibilitam as mudanças necessárias nesse nível. Busque psicoterapia e, caso seja pertinente, um psiquiatra para auxiliar com intervenções medicamentosas até se chegar ao momento de alta. Medicamentos não geram dependência e aceleram o processo de remissão da depressão quando bem administrados.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Os dois diagnósticos (TDAH e Bipolaridade) possuem pouco em comum. A fase de mania no Transtorno Bipolar apresenta um maior nível de impulsividade, de atividades e dificuldade de concentração. No entanto, esses sintomas são episódicos (duram no mínimo quatro dias seguidos), acompanhados de humor muito elevado e outras características específicas da bipolaridade. Os períodos de mania são alternados com períodos com sintomas depressivos, também episódicos. Por outro lado, o TDAH em si não apresenta mudanças tão impactantes sobre o humor, nem os demais sintomas apresentados na bipolaridade. Procure um novo profissional para realizar um novo diagnóstico mais detalhado e preciso. Aproveite a oportunidade para questionar sobre essas dúvidas que você está trazendo. É muito arriscado iniciar qualquer tratamento antes do diagnóstico estar corretamente estabelecido.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

No caso dos transtornos depressivos é fundamental que a pessoa se coloque em ação. A tendência de seu comportamento em episódios depressivos é a de ficar em reclusão, entrando num ciclo vicioso e dificultando ainda mais a melhora. Nesse seu caso talvez seja importante que você a leve ao trabalho, para que ela se engaje em atividades da maneira que ela conseguir. Encoraja-la a fazer suas atividades cotidianas no seu ritmo, sem executa-las por ela. O contato com pessoas significativas é muito importante e pode incluir o papel de ouvinte, embora seja uma tarefa pesada nesses casos. No entanto, é necessário que ela busque um profissional que a auxilie a planejar os passos em direção à remissão da depressão. Isso pode ajudar ela a adquirir um pouco mais de controle sobre sua saúde e também evita que ocorram eventuais prejuízos secundários. Nesse ponto é que se pode trabalhar a relação de dependência (se surgir) e construir maior autonomia durante o tratamento.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

É complicado afirmar sem conhecer em detalhes a rotina do seu filho. Para entender a razão desse tipo de falas ocorrer, é preciso observar quais são as conversas e estímulos que seu filho recebe ao longo do dia. Exemplo: adultos conversando, programas de televisão, internet, falas de amigos com os quais convive, etc... Nesse meio ele possivelmente aprende as falas que repete mais tarde os modelos, mas sem necessariamente compreender o sentido ou a gravidade do que diz. É um comportamento comum em crianças menores, mas que uma vez identificada a(s) fonte(s) pode ser ajustado com educação e carinho (sem castigos, broncas ou outras punições).

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Olá! O atendimento psicológico por internet é regulamentado por uma resolução do Conselho Federal de Psicologia (Res. CFP 011/2012) e orienta que é possível fazer até 20 encontros virtuais. O psicólogo que trabalhe dessa forma deve cumprir uma série de requisitos junto ao seu conselho regional para atender por internet. Então é possível, mas há limitações técnicas sobre o trabalho do psicólogo: ele não poderá observar respostas físicas, expressões faciais e outros detalhes que complementam muito a sua análise. Uma alternativa: já pensou em buscar um psicólogo que atenda a domicílio? Pode ser uma tentativa válida dentro do seu quadro (e nada impede de assim mesmo utilizar a ferramenta da escrita com ele, entregando cartas ou e-mails). Se abrir não é algo fácil, mas a passos pequenos, com tempo e dentro do seu ritmo você poderá contornar essa dificuldade de se expressar. Buscar caminhos que sejam mais fáceis podem te ajudar no início da psicoterapia.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Nesse caso é indispensável procurar um psicólogo ou psiquiatra para formalizar o diagnóstico. As sensações e sentimentos podem ser muito similares, mas com causas diferentes. Os padrões de ocorrência dos sintomas da hipoglicemia precisam ser bem mapeados, assim como os episódios que estão associados às compulsões/pensamentos obsessivos. Uma análise funcional dos comportamentos associados a esses sintomas pode ajudar a esclarecer o que está ocorrendo com você e indicar um caminho para intervenções terapêuticas efetivas. Pode ser bastante produtivo um trabalho interdisciplinar com psicólogo, psiquiatra e nutricionista.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

É possível reduzir as respostas de ansiedade até um nível considerado saudável, fora do diagnóstico do TAG (o que seria considerado "cura"). Cabe observar que sentir ansiedade é normal em várias situações, mas o foco da psicoterapia (em especial terapias comportamentais) é sobre o desenvolvimento de habilidades para reconhecer e lidar com essas respostas fisiológicas e cognitivas. A pessoa não se torna insensível ou imune a sentir ansiedade no futuro, o que também é potencialmente prejudicial, mas adquire autonomia sobre seus comportamentos e pode enfrentar as situações sem um elevado grau de sofrimento.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Olá! Esse é um caso bem interessante e que parece simples de se resolver um primeiro momento, mas é possível que surjam alguns complicadores no meio do caminho. A resposta simples seria combinar com ele e cumprir horários para o uso desses aparelhos. Idealmente o computador e videogame deveriam ficar em outro ambiente, mantendo o quarto exclusivamente para o sono do seu filho. Por outro lado, pode se esperar que ele resista em aceitar uma mudança grande no acesso aos jogos. Esse é um caso onde um psicólogo poderia ajudar no planejamento e a realizar uma transição gradual e menos estressante no uso desses aparelhos eletrônicos, permitindo que ele os utilize de forma adequada para se entreter, ao mesmo tempo que melhora a qualidade de sono. Também deve se atentar para a prevenção de eventuais danos sobre o desenvolvimento em função da dependência de aparelhos eletrônicos.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Você está em acompanhamento com psicólogo? (Vou tomar a liberdade de assumir que a resposta é negativa.) Apenas a medicação não garante a remissão da depressão. É preciso mudar a forma de lidar com comportamentos ou os ambientes e estressores do dia a dia. É fundamental o acompanhamento de um psicólogo para evoluir o quadro e atingir alta. Depressão tem cura: não é um transtorno crônico que deve ser medicado pela vida inteira. É arriscado dizer algo sobre seus sintomas, mas algo muito comum em comorbidade com depressão seria ansiedade. Busque um profissional para avaliar com precisão seu caso e determinar os próximos passos.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Olá. Os sintomas de hipomania em geral incluem humor anormalmente elevado (autoestima elevada, redução drástica da necessidade de sono, falar com maior frequência, distração ou perda do raciocínio que estava desenvolvendo, iniciar muitas atividades ao mesmo tempo, falta de controle de impulsos, agitação física/motora) e persistente (por mais de quatros dias), por vezes incluindo irritabilidade. Há mudanças visíveis comparando ao comportamento normal do indivíduo. É importante registrar o máximo possível de informações sobre o comportamento de sua filha para auxiliar o médico ao estabelecer o diagnóstico, cuidando também para registrar os fatos com bastante precisão (descrevendo como eles ocorrem de fato, sem aumentar ou diminuir o que se observa).

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Falar sozinho (solilóquio) é um comportamento que pode aumentar de frequência em algumas situações, como sob estresse ou ansiedade. No entanto não depende da existência de outros transtornos para que essa fala surja, como um comportamento impulsivo/difícil de controlar. Se é algo que causa incômodo, por quaisquer motivos, pode-se aprender a identificar o padrão de ocorrência dessas falas e o que as mantém ocorrendo, para então intervir sobre ela. O mais indicado seria psicoterapia comportamental, que pode atuar diretamente sobre esse padrão de comportamentos num primeiro momento, mas sem impedir de aprofundar a análise até chegar a causas que podem não estar claras no momento inicial.

Rodrigo Puppi

Rodrigo Puppi

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Curitiba

Voltar para Rodrigo Puppi

Respostas de Rodrigo Puppi - Psicólogo Curitiba