Respostas de Dr. Leonardo Rodriguez - Cirurgião geral Rio de Janeiro

37 Respostas

6 Especialistas de acordo

104 Pacientes agradecidos

Dr. Leonardo Rodriguez está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Lesão de bexiga é um acontecimento fortuito que pode acontecer em qualquer cirurgia pélvica durante a dissecção do órgão a ser operado, e não é considerado um erro do cirurgião. É uma das lesões cirúrgicas possíveis da histerectomia, é um risco inerente ao procedimento e provavelmente está listada entre os riscos previstos do Termo de Consentimento que você provavelmente assinou. O tratamento é mesmo este: sutura da bexiga e sonda, para manter a bexiga vazia durante a sua cicatrização. A bexiga cicatriza sem nenhum tipo de sequela, fique tranquila.
Boa sorte.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Não. As medicações prescritas pelo otorrino no comprometem seu esôfago. O que pode comprometer o seu esôfago seria você abandonar o uso do pantoprazol.
O ForITUs passado pelo urologista também não interfere em nada, pode usar sem medo.
Abraços.

  • Obrigado 6
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Sim, isso é totalmente normal e até esperado. A manipulação do canal urinário leva a sangramentos transitórios. Mas de qualquer forma, mantenha o acompanhamento de perto com meu médico Urologista, que é o especialista correto para tratar esta condição.

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Não, nem toda pessoa com gordura abdominal tem pedra não vesicula, e esta condição também ocorre em pessoas magras.
Os fatores mais importantes para causar esta doença são fatores hereditários e alimentação rica em gorduras.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Suas queixas nada tem a ver com a cirurgia que você fez. Até porque apareceram 1 ano depois. Recomendo que você marque uma consulta com um bom clínico geral pra avaliar suas queixas, te examinar de forma adequada e formular uma hipótese diagnostica.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Esta é uma preocupação constante nas mulheres que realizam histerectomia. Dentro da cavidade abdominal não existe espaço vazio. Todo o espaço é automaticamente preenchido pelo intestino delgado. Temos vários metros de intestino delgado, ele é móvel por conta dos movimentos digestório e ocupa a maior parte do abdome. Ao ser retirado o útero, mesmo antes da cirurgia acabar, o pequeno espaço que ele ocupava já é automaticamente preenchido pelo intestino, que se espalha e "se acomoda" naturalmente ali. Repito: não existe espaço vazio na cavidade abdominal. Lembre-se que os homens não tem útero e não existe nenhum espaço vazio na pelve masculina por este motivo.

Malhação pesada não interfere em absolutamente nada na posição dos órgãos abdominais.

Abraços.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Estes sintoma é comum e esperado no pós-operatório de hérnia inguinal, assim como a sensação de pontada, agulhada e "repuxamento". Mesmo sendo a princípio normal e transitório, não deixe de manter o acompanhamento pós-operatório com seu cirurgião. Em caso de persistência após alguns meses, a possibilidade de neuropraxia (lesão de nervos da região inguinal) deve ser investigada.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Na verdade não.
A colelitíase (pedras na vesícula) pode desde não causar sintomas a causar sintomas de cólica biliar (dor intensa no lado direito do abdome podendo estar associado a náuseas e vômitos após ingestão de alimentos gordurosos). Gosto amargo não boca pode se refere relacionado a uma doença de refluxo gastroesofágico associado.
Abraços.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Creio que você tenha se referido aos exames pré-operatórios. Na verdade os exames dependem da faixa etária e das doenças de base do paciente, se houverem, mas via de regra normalmente pede-se o hemograma e o coagulograma (ambos na mesma coleta de sangue), podendo entrar aí o eletrocardiograma e a radiografia de tórax dependendo da idade e doenças associadas. Mais exames podem se fazer necessários de acordo com o que o cardiologista que fará o risco cirúrgico achar melhor.

Para a hérnia não voltar o melhor que você pode fazer é manter o repouso orientado pelo cirurgião, não carregando peso e nem contraindo o abdome. Essa é a variável que depende do paciente para que o sucesso seja alcançado. Outras variáveis existem mas não dependem do paciente.

A técnica com tela tornou-se o padrão-ouro e o melhor tratamento atual para hérnia, por não envolver tensão na sutura. Risco de complicações existem em qualquer cirurgia, independente do uso dela, e o benefício da tela justifica o seu uso.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Geralmente não há grandes restrições quanto a posição no momento de dormir, o mais importante é não realizar esforços físicos. Hérnias grandes ou de pós-operatório muito recente podem trazer sim alguma restrição de postura, por isso o ideal é buscar esta orientação com o seu cirurgião que te operou, que é quem sabe como foi a sua cirurgia e o que ele encontrou e fez.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Poder pode, mas a prática de esforços físicos como andar de bicicleta em portadores de hérnia acelera o crescimento da mesma e aumenta as chances de encarceramento (quando a hérnia "fica presa" na virilha, levando à dor intensa e muitas vezes necessitando de cirurgia de urgência), e/ou estrangulamento (necrose de uma hérnia encarcerada, necessitando cirurgia de urgência para retirada do intestino e outros tecidos necrosados no conteúdo da hérnia). Quanto mais esforço, maior a chance deste tipo de complicação. O ideal é operar logo e se livrar deste problema para ter uma vida sem essas limitações. Abraços.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Olá. Geralmente a hérnia é diagnosticada durante o exame físico feito pelo cirurgião, que examina a região inguinal e inguinoescrotal e detecta a presença da hérnia, não sendo necessária a realização de exames na maior parte das vezes. Em caso de dúvida do cirurgião ou em caso de exame físico negativo onde persiste-se a suspeita, pode ser solicitada uma ultrassonografia da região inguinal para complementar o estudo e ir atrás dessa suspeita diagnóstica.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Depende da cirurgia que você irá se submeter. O afastamento do trabalho depende da cirurgia e do tipo de trabalho que você desempenha. O ideal é você buscar orientação personalizada com o cirurgião que irá de operar, pois não existe uma regra absoluta.
Abraços.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Depende de cada caso. A hérnia hiatal pode tanto não dar sintoma nenhum, como pode dar sintomas que respondem bem a medicações, como também pode não responder a medicações e exigir cirurgia corretiva anti-refluxo. Procure um gastroenterologista para avaliação inicial.
Boa sorte.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Sim, isto é provavelmente resultante do refluxo que você sabe que tem, mas você deve sim buscar ser avaliado para investigar outras causas associadas. A avaliação médica é importante, mesmo que seja apenas por causa do refluxo, até para que você comece um tratamento adequado e deixe de ter este tipo de sintoma desagradável e desnecessário.
Boa sorte.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Para o bebê, risco zero, para você, o que pode acontecer é a hérnia voltar devido ao aumento do abdome forçando área operada, indicando nova cirurgia após o parto.
Mas pelo tempo de cirurgia isso não deve acontecer.
Desencane e boa sorte, está tudo sob controle.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Um voo 48 horas após a cirurgia pode não ser muito interessante, pois intercorrências e complicações podem acontecer neste período de pós-operatório. Se o motivo da viagem for muito importante, se você tiver um bom seguro viagem internacional (considerando uma viagem internacional) para recorrer em caso de intercorrências e emergências com a cirurgia, se você tiver o celular do seu cirurgião pra entrar em contato a qualquer hora se precisar, e mais importante, se ele te liberar para essa viagem, nessas condições, aí esta viagem pode ser feita.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

O trauma do pênis durante a relação pode levar ao rompimento da sutura (costura) no fundo da vagina, e isso pode levar a complicações pois tal rompimento irá comunicar o canal vaginal (meio naturalmente colonizado por bactérias) com a cavidade abdominal onde estão os órgãos internos. O ideal é você respeitar o tempo de repouso e abstinência recomendado pelo seu cirurgião.
Abraços.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Sim, a hérnia pode tanto recidivar do mesmo lado que você operou, quanto pode aparecer do outro lado (na outra virilha).
Recidivas do mesmo lado dependem da qualidade da técnica cirúrgica usada em você (técnica cirúrgica e habilidade do cirurgião, implante de telas etc), de fatores individuais de cicatrização e da qualidade do repouso que você fez no pós operatório. Aparecimento de hérnia do outro lado depende do grau de fraqueza da sua musculatura inguinal. Geralmente uma cirurgia feita de forma adequada, com implante de tela e com o repouso necessário adequado recomendado pelo seu cirurgião levam a bons resultados sem recidiva do lado operado.
Boa sorte, um abraço.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Independente do seu horário de trabalho, os inibidores de bomba de prótons como o omeprazol e o lansoprazol devem ser tomados pela manhã em jejum, podendo ser repetida a dose a noite conforme a gravidade do caso.
Boa sorte, um abraço.

Dr. Leonardo Rodriguez

Dr. Leonardo Rodriguez

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Voltar para Dr. Leonardo Rodriguez

Respostas de Dr. Leonardo Rodriguez - Cirurgião geral Rio de Janeiro