Marco Tulio Saldanha dos Anjos

Marco Tulio Saldanha dos Anjos

Fisioterapeuta

Competência em: Fisioterapia Esportiva

Número de Identificação Profissional: CREFITO 4 - 51246-F

Consultório

1

Opiniões para Marco Tulio Saldanha dos Anjos

5

Baseado em 1 opinião

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Marco Tulio Saldanha dos Anjos?

Opinar

O melhor: "Profissional muito atencioso, competente, muito esclarecedor, fiquei muito satisfeita com o tratamento"

Poderia melhorar: "Nada"

Motivo da visita: Hérnia de disco

Paciente que marcou consulta com Marco Tulio Saldanha dos Anjos em Dinâmica - Soluções Em Saúde

Experiência

Formação

  • Especialista em Ortopedia e EsportesUniversidade Federal de Minas Gerais2002
  • Graduação em fisioterapiaUniversidade Federal de Minas Gerais2002
  • Mestre em Ciências da ReabilitaçãoUniversidade Federal de Minas Gerais2006

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: CREFITO 4 - 51246-F

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Espanhol

Serviços

  • Primeira consulta Fisioterapia
  • Alongamento muscular
  • Cinesioterapia
  • Eletroterapia
  • Fisioterapia Motora
  • Reabilitação em Idoso
  • Termoterapia
  • Tratamento Conservador De Lesao Ligamentar Aguda Do Tornozelo
  • Tratamento conservador de rotura ligamentar ou capsular do joelho
  • Tratamento em Reabilitação em Adulto

Respostas de Marco Tulio Saldanha dos Anjos

32 Respostas

19 Especialistas de acordo

82 Pacientes agradecidos

Marco Tulio Saldanha dos Anjos está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

A musculação pode ser sim, indicada, em muitos casos, apesar de não ser para todos, nem em todos os momentos. De qualquer forma, este treinamento deve ser supervisionado por um profissional de educação física e implementado após a liberação de seu médico e a avaliação de um fisioterapeuta que, junto com o professor, vai determinar que tipo de exercício é indicado para você.
Não devemos pensar em receitas prontas de exercícios para qualquer indivíduo, mas sim na adaptação individual de acordo com o grau de lesão e limitação, bem como em relação a eventuais fatores de risco que cada paciente possa apresentar em termos de mecânica.
Fortalecimentos na região do quadril (glúteos, principalmente), quadríceps (parte anterior da coxa) e alongamentos da parte lateral e posterior das coxas e também da panturrilha, podem ser indicados em muitos casos. Alterações da pisada (que podem ser corrigidos com palmilhas) também estão entre fatores que merecem atenção antes do treinamento.

Marco Tulio Saldanha dos Anjos

Marco Tulio Saldanha dos Anjos

Fisioterapeuta

Belo Horizonte

Sua dor pode ter origem muscular, por exemplo, por sobrecarga postural, ocupacional ou esportiva, ou mesmo articular, tendo relação com a mobilidade e/ou pequenos desarranjos estruturais ou funcionais na coluna vertebral, tanto na região torácica quanto na cervical baixa. Até mesmo alguma restrição de mobilidade de costelas pode ser considerada.
Estas são causas musculoesqueléticas comuns para este tipo de sintoma e podem ser abordadas com fisioterapia.
Existem outras causas de dores nesta região, incluindo até problemas pulmonares e outros problemas de ordem clínica que merecem investigação.
Só uma avaliação detalhada pode te dar mais informações e, com isso, determinar a melhor conduta.

Marco Tulio Saldanha dos Anjos

Marco Tulio Saldanha dos Anjos

Fisioterapeuta

Belo Horizonte

Primeiramente, não pense que o diagnóstico de hérnia de disco significa destino de sofrimento eterno! Pesquisas recentes tem demonstrado que o índice de reabsorção da hérnia é alto, principalmente das maiores (extrusa e seqüestrada) chegando até a casa dos 90%.
Segundo: a imagem demonstrando a hérnia não garante que está seja a causa de seus sintomas.
E, por fim, as indicações de cirurgia para estes casos são muito específicas: 1) sinais neurológicos (dormência, formigamento, paralisias musculares, atrofias) de caráter progressivo, 2) síndrome da causa eqüina (incluindo sinais como incontinência urinária, entre outros) e 3) falha no tratamento conservador (medicação e fisioterapia) por 6 meses.
Como fisioterapeuta, posso dizer que técnicas manuais como tração e mobilizações, técnicas de mobilização neural (através de manobras para deslizamento dos nervos) e exercícios como os de McKenzie costumam gerar ótimos resultados, inclusive a curto prazo.
Sugiro esgotar as opções antes

Marco Tulio Saldanha dos Anjos

Marco Tulio Saldanha dos Anjos

Fisioterapeuta

Belo Horizonte

Ver as 32 perguntas respondidas por Marco Tulio Saldanha dos Anjos

{0}{1}