Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

Psiquiatra

Competência em: Psiquiatria Ambulatorial, Psicoterapia, Psiquiatria da Infância e Adolescência, Dependência Química

Número de Identificação Profissional: CRM 21747/RQE 16121

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Rua Lamenha Lins, 598, sala 04 (próx. ao Shopping Curitiba) 80250-020 Centro-Batel Curitiba

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1

Opiniões para Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

5

Baseado em 10 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva?

Opinar

O melhor: "Recomendo fortemente o dr. Vitor! Tinha recebido um diagnóstico errado e estava dopada de remédio (tomava mais de 5 tipos diferentes). Não conseguia trabalhar e voltei a morar com minha mãe. Era uma inútil. Em alguns meses, fiquei bem com apenas um único remédio e voltei a trabalhar."

Poderia melhorar: "Tá ótimo!"

Motivo da visita: depressão grave

Paciente que marcou consulta com Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva em Rua Lamenha Lins, 598, sala 04 (próx. ao Shopping Curitiba)

O melhor: "Sou estudante de medicina, me interesso em psiquiatria e já me consultei com diversos psiquiatras. O Dr. Vitor Hugo foi o único psiquiatra que soube abordar corretamente os meus problemas. Profissional, ético e humano. Recomendo!"

Carlos E. marcou consulta com Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva em Rua Lamenha Lins, 598, sala 04 (próx. ao Shopping Curitiba)

Marcou consulta na Doctoralia

Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva respondeu a esta opinião

Muito obrigado pelo feedback, Carlos. Iremos, a fundo, em todas as suas questões para que sua saúde mental seja otimizada ao máximo. Fique tranquilo que será um trabalho conjunto e completo!

O melhor: "Atenção e prestativo."

Poderia melhorar: "Está execelente."

Motivo da visita: Depressão

Paciente que marcou consulta com Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva em Rua Lamenha Lins, 598, sala 04 (próx. ao Shopping Curitiba)

Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva respondeu a esta opinião

Obrigado pelos elogios. Pode contar comigo!

O melhor: "muito atencioso. mesmo depois da consulta, me deu apoio por e-mail e por telefone. foi muito paciente comigo rs. estou bem safisfeita"

Motivo da visita: Ansiedade e compulsão alimentar

Paciente que marcou consulta com Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva em Rua Lamenha Lins, 598, sala 04 (próx. ao Shopping Curitiba)

Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva respondeu a esta opinião

Sem dúvida, é importante o paciente ter contato, sem intermediários, com o médico, para que ele se sinta à vontade de falar sobre possíveis sintomas e efeitos colaterais que possam motivar, inclusive, urgência na marcação de nova consulta.

Ver as 10 opiniões sobre Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

Experiência

Formação

  • MédicoUniversidade Federal do Paraná2004
  • PsiquiatraUniversidade Federal do Paraná2007
  • Psicoterapeuta Cognitivo-ComportamentalUniversidade de São Paulo (USP-SP)2008
  • Psiquiatra da Infância e AdolescênciaSorbonne Université (Paris, FR)2011
  • Psiquiatra concursadoTribunal Regional do Trabalho do RJ2016
  • Psiquiatra concursadoUniversidade Federal do Paraná2017

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: CRM 21747/RQE 16121

Sou médico há 14 anos e psiquiatra há 11 anos. Tenho formação em sólidas instituições no Brasil e no exterior.

Meu objetivo primordial é fazer que o paciente adquira um tratamento completo (farmacológico e/ou psicoterapêutico), com a máxima qualidade (geralmente, 75 a 90 min na primeira consulta), para que ele atinja a melhor autossuficiência possível em sua saúde mental. Considero a relação médico-paciente como uma dupla terapêutica, sem imposições do médico e com total abertura para os questionamentos do paciente.

No tratamento farmacológico, faço escolha criteriosa da medicação, com base nas mais recentes evidências científicas positivistas, avaliando o perfil neuroquímico do paciente e suas preferências pessoais.

No tratamento psicoterapêutico, ofereço psicoterapia regular ou aplico técnicas psicoterápicas pontuais que auxiliam o paciente a lidar, melhor, com as condições ambientais que contribuem para seu adoecimento.





Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Espanhol
  • Francês

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).

Respostas de Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

8 Respostas

1 Especialistas de acordo

2 Pacientes agradecidos

Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Sobretudo em caso de Síndrome do Pânico, os inibidores seletivos de serotonina (p. ex., citalopram) podem aumentar, um pouco, a ansiedade (sensação de falta de realidade, "confusão mental") no começo. Entretanto, isso tende a desaparecer gradualmente depois (até 3 semanas), visto que é uma fase de adaptação. O aumento bem devagar do citalopram, associado ao Rivotril (apenas no início do tratamento), diminui esse desconforto inicial.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Curitiba

Um período de 3 semanas é tempo suficiente para que possamos verificar se você se adaptou à medicação. Esses efeitos colaterais da trazodona são os mais comuns. Entretanto, há outros fatores que interferem nesse desconforto (horário de tomada da medicação e outros remédios associados). Sugiro que você retorne a seu médico para que todos esses detalhes sejam analisados e para que sua estratégia de tratamento seja rediscutida. Melhoras!

Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Curitiba

Sim, isso pode acontecer. Geralmente, os pacientes com Síndrome do Pânico têm uma sensibilidade maior aos efeitos colaterais da medicação no início do tratamento farmacológico. É uma fase de adaptação do organismo ao remédio, que leva de dias
a até duas semanas. A tendência é que esses efeitos diminuam gradualmente. Em seguida, começam a aparecer os efeitos terapêuticos, a fase de melhora. Se for muito difícil suportar esses efeitos colaterais iniciais, sugiro voltar a seu psiquiatra para os ajustes necessários na medicação.

Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Curitiba

Ver as 8 perguntas respondidas por Dr. Vitor Hugo Sambati Oliva

Fotos

{0}{1}