Dr. Frederico Scherner

Dr. Frederico Scherner

Médico do esporte, Ortopedista - Traumatologista

Competência em: Prevenção e Tratamento de Lesões Osteomusculares, Cirurgia do Joelho, Cirurgia do Quadril

Número de Identificação Profissional: 32687 PR/RQE 18148

Marcação de consultas

1

Em qual consultório você quer ser atendido?

2

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1
2

Opiniões para Dr. Frederico Scherner

5

Baseado em 1 opinião

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dr. Frederico Scherner?

Opinar

O melhor: "Operei meu ligamento cruzado com o Dr. Frederico, estou muito satisfeita e está tudo evoluindo bem.
Recomendo"

Motivo da visita: Artroscopia Cirurgica Do Joelho

antonia m. marcou consulta com Dr. Frederico Scherner em Clínica de Fraturas Ortotrauma

Dr. Frederico Scherner respondeu a esta opinião

Obrigado por sua avaliação

Experiência

Formação

  • Graduação em MedicinaUniversidade da Região de Joinville2009
  • Ortopedia e TraumatologiaInstituto de Ortopedia e Traumatologia de Joinville2013
  • Especialização em cirurgia do joelhoHospital Novo Mundo2014
  • Fellowship em Cirurgia Reconstrutiva do Quadril e JoelhoMalabar Orthopaedic Clinic - Melbourne, Austrália2015
  • Especialização em cirurgia do QuadrilHospital Vita Curitiba2015

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 32687 PR/RQE 18148

Ortopedista - Traumatologista com mais de 8 anos de experiência especializado em Cirurgia do Joelho, Cirurgia do Quadril. O meu número de registro profissional: 32687 PR/RQE 18148.

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).

Artigos escritos por Dr. Frederico Scherner

Gonartrose (artrose do joelho)

Gonartrose é a artrose do joelho. Artrose, por sua vez, é o desgaste de cartilagem.
O principal sintoma da artrose do joelho é a dor, que em alguns casos pode ser incapacitante, e o objetivo do tratamento é justamente o controle da dor.
O tratamento por sua vez varia de paciente para paciente, sendo que varia desde sessões de fisioterapia/ atividades físicas sem impacto, infiltração articular com ácido hialurônico e em ultimo caso quando o paciente está muito sintomático o tratamento pode ser cirúrgico.
Como formar de tratamento cirúrgico temos a artroscopia, osteotomia e a artroplastia (prótese de joelho).

Condromalácia Da Patela

A condromalácia da patela é uma lesão crônico-degenerativa da cartilagem articular da patela e dos côndilos femorais. Causa dor e desconforto ao redor ou atrás da patela além de crepitação e estalidos, muitas vezes audíveis.
Sua causa mais comum é o traumatismo em razão do uso inadequado de aparelhos de ginástica, exercícios em step/agachamentos/leg press, bem como pela prática inadequada de esportes, com força excessiva aplicada na patela.
O diagnóstico é feito pelo exame físico e eventualmente exames de imagem.
O tratamento é feito com modificação nas atividades físicas, fisioterapia e anti-inflamatórios.

Veja os 6 artigos escritos por Dr. Frederico Scherner

Respostas de Dr. Frederico Scherner

225 Respostas

25 Especialistas de acordo

141 Pacientes agradecidos

Dr. Frederico Scherner está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Após procedimentos cirúrgicos no joelho é comum haver atrofia da musculatura da coxa no lado operado. É possível sim retomar esportes de contato, mas é muito importante que você faça a reabilitação após a cirurgia (fisio, etc).

Dr. Frederico Scherner

Dr. Frederico Scherner

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico do esporte, Ortopedista - Traumatologista

Curitiba

É comum haver atrofia muscular após procedimentos cirúrgicos no joelho, existem casos onde o diâmetro de uma coxa nunca mais se iguala à outra, mas muitas vezes a força se iguala.
Eu recomendo que você passe por uma avaliação isocinética pra que se possa determinar a força muscular, e então fazer um trabalho específico.
um abraço

Dr. Frederico Scherner

Dr. Frederico Scherner

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico do esporte, Ortopedista - Traumatologista

Curitiba

Sim, é possível ver no raio-x se o parafuso se moveu. Basta comparar o raio-x atual com o primeiro que fez após a cirurgia.
Caso a sua fratura esteja consolidada geralmente pode ser feita a retirada do parafuso.
Sugiro que retorne no seu cirurgião.
Um abraço

Dr. Frederico Scherner

Dr. Frederico Scherner

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico do esporte, Ortopedista - Traumatologista

Curitiba

Ver as 225 perguntas respondidas por Dr. Frederico Scherner

{0}{1}