Rodrigo Vargas

Rodrigo Vargas

Neurologista

Número de Identificação Profissional: CRM 15286/ RQE 9716

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Santa Casa de Misericordia de Goiania

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1
2

Opiniões para Rodrigo Vargas

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a avaliar Rodrigo Vargas

Experiência

Formação

  • MédicoUniversidade Federal do Acre (UFAC)2011
  • Residência Médica em Neurolgoia Clínica.Santa Casa de Misericórdia de Goiânia2015

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: CRM 15286/ RQE 9716

Sou o Rodrigo Vargas, médico neurologista em Goiânia-GO. Concluí minha residência médica em Neurologia Clínica na Santa Casa de Misericórdia de Goiânia (SCMG) em 2015 e atualmente atuo como neurologista no Hospital Jardim América (HJA) e no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (HUGOL), além de ser preceptor da Residência Médica da SCMG, do ambulatório de neurologia da PUC-GO e professor da Faculdade de Medicina da UniRV, campus Aparecida de Goiânia (FAMED-UniRV).
A Neurologia Clínica é uma especialidade ampla, complexa, que estuda doenças comuns na nossa população e que podem trazer muito prejuízo para a qualidade de vida das pessoas. Acredito numa medicina de excelência, humanizada, com foco na pessoa e na boa relação médico-paciente, sem abrir mão dos benefícios que os avanços da tecnologia e da atualização científica trazem a favor dos pacientes.

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês

Webs

Serviços

  • Primeira consulta Neurologia
  • Retorno de consultas Neurologia

Artigos escritos por Rodrigo Vargas

Síndrome De Guillain-Barré

A Síndrome de Guillain-Barré é uma grave doença neurológica caracterizada pela inflamação dos nervos periféricos e cranianos. Tem mecanismo autoimune, podendo ser deflagrada após uma infecção viral, bacteriana, trauma, cirurgia ou vacinação.
O sintomas incluem dor lombar, fraqueza progressiva, perda de reflexos, da deambulação, retenção urinária, obstipação intestinal e, em casos graves, paralisia respiratória e dificuldade de deglutição.
O diagnóstico é feito com base no quadro clínico, exame de líquor e de eletroneuromiografia. O tratamento é feito com uso de imunoglobulina humana ou plasmaférese. A maior parte tem boa evolução, sendo fundamental o tratamento e a reabilitação precoces.

Paralisia Facial

A Paralisia Facial Idiopática (Paralisia de Bell) é uma doença caracterizada pela perda total ou parcial da função do nervo facial causada por uma inflamação do nervo, habitualmente decorrente de uma infecção viral.
Os sintoma principal é a paralisia dos músculos da expressão facial de uma lado da face, algumas pessoas também apresentam alteração do paladar, ressecamento ocular e sensibilidade aumentada a sons do lado afetado.
O tratamento é realizado com corticoides e cuidados com o olho, sendo que alguns pacientes também necessitam do uso de antivirais. A recuperação é completa na maioria dos casos, mas é fundamental o início do tratamento o mais rapidamente possível.

Veja os 10 artigos escritos por Rodrigo Vargas

Respostas de Rodrigo Vargas

3 Respostas

4 Especialistas de acordo

7 Pacientes agradecidos

Rodrigo Vargas está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Uma cápsula de Flunarin contém, além do princípio ativo flunarizina, excipientes à base de açucar (lactose, amido e sacarose). O uso adequado da medicação em pacientes não diabéticos não é o suficiente para gerar alterações significativas da glicemia, no entanto, seu uso durante a preparação para um exame de glicemia de jejum pode levar a resultados duvidosos (falso positivos) no valor da glicemia.

Rodrigo Vargas

Rodrigo Vargas

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Goiânia

Sim, existem diferentes causas de cefaleia que podem cursar com dor contínua de leve intensidade, dentre elas pode-se citar a Cefaleia Tipo Tensional Crônica e a Cefaleia por Abuso de Analgésicos, no entanto, existem outras características na dor que devem ser observadas para o diagnóstico adequado, sendo fundamental o acompanhamento médico nos casos de cefaleia crônica.

  • Obrigado 4
  • 1 especialista está de acordo
Rodrigo Vargas

Rodrigo Vargas

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Goiânia

Olá, o Neurologista Clínico é sim o profissional mais capacitado para acompanhar casos como o seu pai, assim como das doenças cerebrovasculares de um modo geral.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
Rodrigo Vargas

Rodrigo Vargas

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Goiânia

{0}{1}