Dra. Katia Vendrame

Dra. Katia Vendrame

Psicóloga

Competência em: Terapia Cognitivo-Comportamental, DBT - Terapia Comportamental Dialética, Transtornos de Ansiedade, Depressão, Avaliação Psicológica

Número de Identificação Profissional: 07/23029

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Av. Ipiranga, 40 - Praia de Belas, Torre B - Sala 401 Trend Offices 90160-092 Praia de Belas Porto Alegre

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1

Opiniões para Dra. Katia Vendrame

5

Baseado em 6 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dra. Katia Vendrame?

Opinar

O melhor: "A Katia é muito gentil, compreensiva, mente aberta. Ajudou a me desvincilhar e superar o fim de um relacionamento não saudável. Me orientou, sou muito grata a terapia, estou feliz com minhas escolhas. Aprendi que mereço ser amada e a me valorizar."

Motivo da visita: Solidão, relacionamentos.

Paciente que marcou consulta com Dra. Katia Vendrame em Av. Ipiranga, 40 - Praia de Belas, Torre B - Sala 401 Trend Offices

Dra. Katia Vendrame respondeu a esta opinião

Obrigada pela confiança P. ! Fico contente de poder ter te encorajado a alcançar suas conquistas. Tenho um enorme respeito e admiração a você, é um prazer enorme ver o quanto evoluiu, e sei o quanto ainda é capaz de mais. Parabéns! Abraço.

O melhor: "A Katia é uma profissional muito dedicada e competente. Ela sempre procura entender as necessidades do paciente e de forma sistemática tenta te ajudar com diferentes abordagens. Aprendi muito sobre como consigo contornar alguns momentos complicados. Muito obrigado! Abraços!"

Motivo da visita: Terapia Cognitivo-Comportamental

B S. marcou consulta com Dra. Katia Vendrame em Av. Ipiranga, 40 - Praia de Belas, Torre B - Sala 401 Trend Offices

Dra. Katia Vendrame respondeu a esta opinião

Grata pelo feedback!! Super parabéns pela vitória, certamente é o resultado do seu esforço, de dar sempre seu melhor e de acreditar que é possível encontrar mais equilíbrio perante situações de estresse. Desejo que esse aprendizado te acompanhe sempre!! Abraços

O melhor: "Gostei, pois aprendi a reconhecer melhor as situações que desencadeiam emoções fortes e como controlá-las. Construir pensamentos alternativos e mudar o foco para encarar a situação de outra forma. Finalizei o tratamento levando técnicas e a idéia que posso controlar as emoções."

Motivo da visita: Emoções Fortes

Paciente que marcou consulta com Dra. Katia Vendrame em Av. Ipiranga, 40 - Praia de Belas, Torre B - Sala 401 Trend Offices

Dra. Katia Vendrame respondeu a esta opinião

Perfeito. Parabéns! Da mesma forma que você conseguiu equilíbrio no âmbito emocional e conquistou sua alta em pouco tempo no tratamento TCC, outras pessoas também podem ter esses resultados. Obrigada pelas contribuições elas podem encorajar outras pessoas. Abraço

O melhor: "Gostei pq me ajudou a mudar, sou outra pessoa. Antes não tinha vontade para nada."

Motivo da visita: Desanimo

Paciente que marcou consulta com Dra. Katia Vendrame em Av. Ipiranga, 40 - Praia de Belas, Torre B - Sala 401 Trend Offices

Dra. Katia Vendrame respondeu a esta opinião

Fico feliz pela mudança e melhora, qualquer mudança é realmente muito difícil. Parabéns! Os créditos para o sucesso do tratamento é da tua capacidade, motivação e engajamento na terapia. Abraço P.

Ver as 6 opiniões sobre Dra. Katia Vendrame

Experiência

Formação

  • PsicólogaPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul2013
  • (TRI) Formação em Terapia da Reciclagem InfantilInstituto de Terapia Cognitivo Comportamental 2014
  • Dialectical Behavior Therapy: Intensive Training Behavioral Tech e The Linehan Institute/EUA2015
  • Especialista em Psicoterapias Cognitivo-ComportamentalFADERGS2015
  • Pós-Graduação Lato Sensu em Avaliação PsicológicaFAMAQUI2016

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 07/23029

Terapia Infantil, adolescentes e Adultos. 
Os atendimentos são oferecidos dentro de um amplo espectro de possibilidade: 

TCC (Terapia Cognitivo- Comportamental) para depressão, transtornos de ansiedade, transtorno de pânico, ansiedade social,fobia, estresse, alterações do humor, transtornos alimentares, problemas com álcool e outras drogas, tabagismo, dificuldades sexuais e de relacionamento.

·TCC na infância, TRI (Terapia da Reciclagem Infantil) com enfoque integrado da família e treinamento de pais.  Transtorno do comportamento -Transtorno depressivo -Transtorno de ansiedade

Avaliação Psicológica (Psicodiagnóstico) - Avaliação Psicossocial - Perícia Psicológica - Avaliação Periódia - Orientação Profissional/Vocacional. (aplicação de testes psicológicos)

Treinamento de habilidades:
  • Tem o objetivo de aperfeiçoar as habilidades necessárias para mudar os padrões comportamentais, emocionais e de pensamento associados aos problemas da vida, isto é, aqueles que causam tristeza e mal-estar.
  • COMPORTAMENTOS PARA AUMENTAR:Habilidades centrais de  Mindfuness; Habilidades de Efetividade Interpessoal; Habilidades de "Caminho do Meio"; Habilidades de Regulação Emocional; Habilidades de Tolerância ao Mal Estar.
  • COMPORTAMENTOS PARA REDUZIR: Impulsividade, agir sem pensar, impulsos de evitar o presente; Labilidade emocional (para cima e para baixo), respostas dependentes do humor; Ausência de Flexibilidade, dificuldade com a mudança; Problemas interpessoais e estresse, solidão; Falta de atenção/consciência, estar fora de contato consigo e com os outros.





Experiência em

Idiomas

  • Português

Webs


Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: novembro 2017

Artigos escritos por Dra. Katia Vendrame

Terapia Comportamental Dialética (TCD)

A DBT é um tratamento especialmente desenvolvido para indivíduos que apresentam condutas auto lesivas como machucar-se, pensamentos, desejos e intenções suicidas, problemas alimentares e utilização ou abuso de psicofármacos e drogas. Muitos clientes cumprem critérios para uma desordem chamada Transtorno de Personalidade Limítrofe ou Borderline.
A DBT é uma modificação da Terapia Cognitiva Comportamental (TCC), pela Marsha Linehan, A DBT é um tratamento valido empiricamente, isso quer dizer que tem sido avaliado em ensaios clínico.

Avaliação Psicológica

A avaliação psicológica é entendida como processo técnico-científico de coleta de dados, estudos e interpretação de informações a respeito dos fenômenos psicológicos, que são resultantes da intersecção do indivíduo/sociedade, utilizando-se, para tanto, de estratégias psicológicas – métodos, técnicas e instrumentos (Resolução CFP nº 007/2003)
Psicodiagnóstico
Perícia Psicológica
Avaliação Psicológica Periódica e Psicossocial
Orientação Vocacional
Avaliação Psicológica para Identidade Social

Veja os 6 artigos escritos por Dra. Katia Vendrame

Respostas de Dra. Katia Vendrame

9 Respostas

1 Especialistas de acordo

11 Pacientes agradecidos

Dra. Katia Vendrame está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Olá. Boa Noite. Os aplicador é instruído a entregar na hora do teste além da folha de aplicação padronizada, um lápis preto bem apontado e dispõe outro caso quebre a ponta e necessite ser substituído. Geralmente entrego dois lápis ou deixo uma mesa no centro com mais lápis disponíveis bem como apontador para eu poder auxiliar e explico nas instruções iniciais. Seria interessante informar o ocorrido se tiveres oportunidade na entrevista por exemplo. Entretanto, fique tranquilo é o trabalho do aplicador observar acontecimentos como esse durante a aplicação. A conclusão do apto ou inapto é baseada num todo e não apenas um fato ou teste isolado, a avaliação psicológica é um processo que integra informações de diversas métodos e técnicas.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Dra. Katia Vendrame

Dra. Katia Vendrame

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Porto Alegre

No Transtorno da personalidade Borderline (TPB) o padrão comportamental mais associado a esse diagnostico é o de atos autodestruitivos intencionais e tentativa de suicídio, lembrando que esses atos podem varia de intensidade, desde aqueles que não necessitam de tratamento médico ( Arranhões leves etc..) áqueles que exigem. As estimativas das taxas de suicídio entre pacientes Bordeline variam, por isso, cada caso deve ser avaliado. O tratamento em geral é bem mais prolongado comparado a outros transtornos. Atualmente a TCD ( Terapia Comportamental Dialética) é uma das poucas intervenções psicossociais para TPB que tem dados empíricos e controlados a favor de sua eficácia.

Dra. Katia Vendrame

Dra. Katia Vendrame

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Porto Alegre

Mãezinha importante acreditar no seu filho, se ele conseguiu externalizar isso é porque ele tentou com os recursos internos dele antes sozinho. Ele está fazendo um pedido de ajuda, pois sozinho não consegue lidar. Também é um indicativo de que ele tem um entendimento e possivelmente maturidade dentro do esperado para idade dele, entretanto o fato de ele observar essa dificuldade, comparando com os coleguinhas por exemplo, pode estar gerando emoções desagradáveis, gerar sofremento além de alimentar a crença de que ele não está sendo capaz. Ajude seu filho, fale na escola, se tem alguma psicóloga ou psicopedagoga que possa fazer uma melhor avaliação inicial dele e te orientar, se elas entenderem que pode sim existir uma limitação iram encaminhar para um psicodiagnostico q é uma avaliação completa de todas funções mentais e vai detectar o que está acontecendo e apontar tratamento. Importante é validar o movimento do seu filho, se ele conseguiu se abrir é porque vocês tem uma boa relação.

Dra. Katia Vendrame

Dra. Katia Vendrame

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Porto Alegre

Ver as 9 perguntas respondidas por Dra. Katia Vendrame

Fotos

{0}{1}