Meu marido tem transtorno de personalidade narcisista e venho sofrendo abuso sistematicamente há 20

31 respostas
Meu marido tem transtorno de personalidade narcisista e venho sofrendo abuso sistematicamente há 20 anos. Tenho sintomas de síndrome de stress pós traumático complexo, não consigo viver normalmente, não como direito, tenho
insônia e nem cuidados básicos comigo mesma consigo ter. Sinto estar presa em uma situação que não consigo sair. E com
O psicologo que posso obter ajuda?
Olá! O abuso é sempre uma experiência dolorosa. Sinto muito que esteja passando por isso. Imagino o quanto seja difícil pra você estar vivenciando uma situação como essa há 20 anos. Certamente existe algo que te prende nessa relação, apesar do sofrimento. O Psicólogo, sem dúvida alguma, pode te ajudar a obter respostas que tanto deseja e encontrar a força em você mesma. Identificar o relacionamento abusivo é o primeiro passo para sair dele e esse você já deu. Nem sempre é fácil reconhecer esse tipo de relação pq muitas vezes os sinais de alerta se confundem com manifestações de afeto. Então gostaria de te parabenizar por isso. Que bom que você conseguiu identificar a diferença. Agora, você precisa buscar ajuda psicológica para se fortalecer e superar o que te atormenta. Não permita que esse relacionamento te roube ainda mais tempo e afete sua qualidade de vida. Cuide-se bem!

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Olá, seria importante você fazer psicoterapia ( psicólogo) com o objetivo de se aprofundar nas questões geradoras de conflitos e ao mesmo tempo buscar entender essa relação abusiva establecida entre você e seu parceiro.
Boa sorte.
Olá, sem dúvida ver a experiência de um abuso, ainda mais por tanto tempo, seja doloroso e cause consequências psicológicas para você. Caso os abusos que acontecem coloque sua vida ou sua integridade em risco, o primeiro passo é buscar se afastar de seu marido. Existe atualmente o amparo judicial no 180 que vai poder te explicar melhor como proceder.
Não existindo um risco direto a sua integridade, ou já entrado em contato com o 180, é sim com um psicólogo que você poderá obter ajuda para lidar com esse sintomas que você falou (não comer, insônia, não conseguir os cuidados básicos). Inclusive o acompanhamento psicológico é indispensável para que você possa trabalhar todas questões e dores relacionadas não só ao abuso mas a sua vida como um todo. Espero ter ajudado, se cuide!
Olá, viver em um contexto de abuso traz consequências importante para o seu bem estar mental, como você tem notado. Já é muito bom que você perceba que isso está ocorrendo, pois muitas vezes as pessoas não se atentam. Com um psicólogo você poderá antes de tudo entender melhor que elementos dessa dinâmica, se conhecer melhor e se fortalecer para guiar sua vida na direção que você escolher. Boa sorte e se cuide!
Boa tarde. Percebo que você está há muito tempo nessa relação, e mesmo sendo tão prejudicial para você, não consegue sair dela. Você parece estar presa no ciclo do relacionamento abusivo. Com a psicoterapia, você poderá entender melhor o que te prende nessa relação, como o seu passado pode ter relação com isso, distinguir o que é real e o que vem da sua mente devido ao transtorno de estresse pós-traumático, além de um fortalecimento por ter uma pessoa que te escuta e que vai te apoiar.
Olá, a experiência de um abuso principalmente vivênciada por tanto tempo, como você mesma percebeu, pode acarretar em conflitos psíquicos. Você já deu um passo, que é perceber que isso está afetando o seu bem estar e a sua saúde emocional. Com uma psicoterapia você pode entender melhor o que está vivênciando, se conhecer, se desenvolver... assim sendo mais ativa ao traçar seu caminho e fazer suas escolhas. Se cuide!
Compreendo você totalmente e não consigo imaginar o sofrimento que você tem passado durante todos estes anos. Reconhecer que você está num relacionamento abusivo é um passo importante no processo de libertação desta relação, este passo já foi dado por você. O próximo é iniciar a Psicoterapia pois é ela que vai te ajudar processar seus sentimentos em relação às ocorrências traumáticas, recuperar a sua autonomia e a sua autoestima para que você se sinta capaz de deixar o relacionamento.
Te convidamos para uma consulta: Telemedicina - R$ 150
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Olá!
Consigo sentir em seu relato a angústia sobre seu relacionamento, mas quero te parabenizar pela tomada de consciência e a atitude de procurar buscar ajuda. Pela descrição são sinais de depressão e você deve sim buscar um psicólogo (a) pra começar seu tratamento o quanto antes. Ele(a) vai te ajudar a entender o que ainda te prende a este parceiro(a) e a criar estratégias para quebrar crenças que te limitam e impedem de sair desta situação.

Caso seja necessário será feito um acompanhamento junto com o psiquiatra, pois ele será capaz de pedir exames e afastar questões físicas

Fato é que você não está sozinha(o), você não precisa estar... Busque ajuda!

Um grande abraço!
Te convidamos para uma consulta: Psicoterapia - R$ 130
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Olá,
parabéns por procurar auxílio, infelizmente conviver com uma pessoa com o quadro de personalidade narcizista de fato é um grande tormento sem fim com danos muito pesados, e já posso dizer você não é "louca" (algo comum que os narcizistas fazem é deixar a pessoa confusa consigo mesma), todos seus questionamentos que provavelmente são menosprezados por ele são verídicos e dignos de atenção e respeito, procure um(a) psicólogo(a) bem capacitada para junto com você buscar soluções para suas questões.

Grande abraço, boa sorte.

Com
Certeza . Busque fazer psicoterapia .
Nossa que difícil passar por tudo isso, fico feliz por estar buscando ajuda. Em relacionamentos com pessoas com algum transtorno, nos sentimos presas porque realmente estamos...
O caminho ideal é a psicoterapia para que vc se fortalece, se encontre, se reconstrua, para sair ou ficar nesse relacionamento de forma consciente.
Viver numa situação abusiva é muito traumático, seja o tipo de abuso que for. As estatísticas mostram que 97% dos casos de abusos são de homens, e muitas vezes eles nem percebem, se acostumam a desmerecer e agredir. Porém, a personalidade narcisista é bem típica de criar essa situação. O ideal é fazer psicoterapia, principalmente na linha cognitiva comportamental para reconhecer esse processo e se fortalecer para lidar com a situação de modo que você coloque limites ou ganhar força para sair desse relacionamento. A psicoterapia é sempre para a vítima, no seu caso, porque o abusador em geral, neste nível, ele não muda. O tempo todo ele vai procurar manter o círculo de abuso, uma hora pedindo perdão, dizendo que não vai mais acontecer, e em outro agredindo e fazendo com que a vítima se sinta culpada... por isso é tão difícil sair, apenas com ajuda da psicoterapia. Sou especialista em relacionamentos abusivos, se precisar, estou à disposição.
Olá, lamento muito sua situação. Para tratar stress pós traumático complexo busque uma profissional que trabalhe com terapias de reprocessamento como EMDR e Brainspotting, você sentirá um grande alívio. Boa sorte.
Boa Tarde!
Lamento por está vivendo esta situação a 20 anos de sua vida.
Você precisa fazer psicoterapia para buscar seu autoconhecimento e fortalecimento emocional e sobretudo de sua autoestima.
Tenho pacientes com esta demanda e sei que é um desafio diário lidar com estes sangue sugas emocionais.
Busque seu autocuidado o mais rápido possível!
Um abraço e qualquer coisa estou à sua disposição!
Te convidamos para uma consulta: Telemedicina - R$ 100
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Olá, eu sinto muito por todas as situações vivenciadas e acredito que ninguém tenha como mensurar todo o sofrimento que deve estar sentindo. Te recomendo urgentemente a buscar a psicoterapia, pois será mais fácil perceber e ampliar o seu conhecimento sobre você. Compreender o que te prende dentro deste relacionamento, perceber todos os gatilhos emocionais e até mesmo aqueles que se relacionam com a sua história de vida. A psicoterapia te proporciona a ter modificações de comportamentos, pensamentos e cognições.
Sim, pode ter ajuda vindo falar disso comigo.
Como você colabora , de algum modo, com esses abusos? Qual sua responsabilidade.
Marque um horário.
Olá
Vinte anos é tempo demais!!!
Procure ajuda com um/a psicólogo/a para entender como vc pode permanecer tanto tempo nessa situação e ter o apoio necessário para fazer modificações na sua vida.
Se ame mais e não adie mais essa situação.
boa sorte
Todo tratamento que te proponha auto conhecimento, auto valorização e desenvolvimento, irá te ajudar nesse processo. Sua história é complexa para ficar dando "opiniões" sem tem mais informações. Então te indico procurar um profissional e iniciar um processo de psicoterapia e entender sua historia.
É uma situação bastante delicada, mas você dá um grande passo no momento em que percebe os malefícios que essa relação vem te ocasionando e que não está conseguindo sair dela sozinha. A terapia pode sim te ajudar muito a se fortalecer e a fortalecer esse pedido de ajuda, para que você não duvide de si, para que perceba que você não precisa passar por isso e para que consiga vislumbrar a possibilidade real de mudar esse cenário. Força!
Já ouviu falar em Sindrome de Estocolmo? Você está descrevendo características claras de quem vive um relacionamento abusivo e não está conseguindo sair dessa relação. A vitima de abuso acaba ficando com a psique destruída, não tem forças e não sabe como sair disso. Um psicologo é fundamental para te fortalecer, resgatar sua autoestima e identidade. O psicologo pode ser o primeiro passo.
Um/a psicólogo/a vai te ajudar a olhar melhor para a dinâmica da relação de você, vai ajudar a olhar mais para você mesma. Você pode encontrar seus recursos pessoais e potencialidades, para enxergar possibilidades e lidar com essa situação da maneira que for melhor pra você. Estou a disposição.
Olá! Sinto muito que você esteja vivendo e passando por toda essa questão. Toda essa situação de abuso a qual você se encontra é bastante traumática e conforme seu relato está afetando tanto sua saúde física, quanto a mental.
Procurar a ajuda de um psicólogo será fundamental para que você possa fortalecer sua autoestima, controle sobre a ansiedade, romper aquilo que te prende a esta relação, reconstruir novamente seus laços sociais e retomar o curso natural da vida. O primeiro passo, é muito importante, você já deu, que é reconhecer que vive um relacionamento abusivo. Parabéns! Espero ter ajudado.
Boa noite ! Vc mesma descreve que apresenta sintomas de stress pós traumático, busque ajuda psicólogica o quanto antes para entender o que te mantém nessa situação e te fortalecer para que vc possa se defender e se cuidar melhor. Abraço
O que você está vivendo é mais comum do que você imagina. E não é sua culpa. É importante procurar apoio psicológico e se fortalecer. Existe um caminho e você não está sozinha.
Olá! O psicólogo poderá ajudar e muito... imagino a sua dor... por meio da psicoterapia será possível passar por um processo de autoconhecimento, se fortalecendo, melhorando sua autoestima, assertividade e aos poucos irá conseguir praticar o autocuidado, estabelecendo seus limites e obtendo melhorias na qualidade de vida e bem-estar. Você pode fazer diferente! Procure um profissional para ajudar nesse processo!
Olá, uma psicóloga pode te ajudar a entender porque está nessa relação e ainda persiste continuar nela. Se compreender e conseguir identificar o que por que está esse relação que não te faz bem é com que vai fazer com que você decida o que realmente deseja na sua vida.
Olá minha amiga. Quem vivencia relacionamento com uma pessoa com o transtorno de personalidade Narcisista, pode-se dizer que passa por situações abusivas dentro dessa relação, onde você se despersonaliza, você se perde para o outro existir. Suas falas são bem características de quem percebe não estar feliz, percebe passar por situações desagradáveis, mas mesmo assim estar presa a esta relação, ou a esta pessoa. Tudo isso porque você ja passou por bombardeios de amor. Narcisistas agem assim, para te colocarem na "Dependência emociona"! Sou especialista em relacionamentos e transtornos de personalidade. Terapia é fundamental para sua vida voltar a ter equilíbrio, seja longe dessa relação, ou aprendendo a conviver e lidar com esse tipo de transtorno. Meu abraço
Exato, precisa procurar um psicólogo para resgatar aspectos relacionados a sua personalidade, reestabelecimento do seu equilíbrio. Entenda que o processo terapêutico não é, e nem tem a intenção de ser algo doloroso, pelo contrário, ao optar pela terapia, você poderá conseguir com tudo isso que causa ansiedade de uma maneira mais leve.
Olá! Sim, o psicólogo pode te ajudar a entender os laços que te prendem ao seu marido e a estimulá-la a ser protagonista da sua própria história construindo ferramentas para a cura do estresse pós-traumático. Um abraço!
Psicoterapia com certeza irá te ajudar a trabalhar sua individualidade que praticamente inexiste. Ainda há tempo de se conhecer melhor, ter a sua autenticidade restabelecida. Relacionamento abusivo por esse período todo é inconcebível. Na verdade, por tempo nenhum.
Olá! Procure a ajuda de um psicólogo, pois o que você está passando está lhe causando marcas profundas. A psicoterapia vai auxiliar você a lidar como problema e encontrar dentro de si mesma, alternativas para enfrentar a situação. Um abraço!

Especialistas

Caroline Mochnacs de Arruda

Caroline Mochnacs de Arruda

Psicólogo

São Paulo

Gustavo Carrijo

Gustavo Carrijo

Psiquiatra

Goiânia

Fabiana Gandolfo

Fabiana Gandolfo

Psicólogo

Rio de Janeiro

Larissa Bonucielli Agne

Larissa Bonucielli Agne

Psicólogo

Joinville

Hanna Pinheiro Rocha Felix

Hanna Pinheiro Rocha Felix

Psicólogo

Itabuna

Eliane Oliveira

Eliane Oliveira

Psicólogo

Recife

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 716 perguntas sobre Ansiedade
  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.
  • Por uma questão de saúde, quantidades e doses de medicamentos não serão publicadas.

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.


Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.