O transtorno do déficit de atenção sempre vem acompanhado de hiperatividade?
Não, no caso do TDAH há um padrão persistente de desatenção e/OU hiperatividade-impulsividade, num grau inconsistente com o nível de desenvolvimento e com evidências claras de que os sintomas interferem diretamente nas atividades sociais e acadêmicas. Atualmente se observa que pessoas sem o diagnóstico preciso de TDAH iniciam medicação e há que se observar os efeitos colaterais, especialmente na infância, então é necessário fazer uma avaliação com calma, com o acompanhamento de mais de um profissional especializado e com a integração família e escola.

 Patricia Souza
Patricia Souza
Psicólogo
São Paulo
olá, nem sempre o TDA vem acompanhado de hiperatividade. Cada caso é um caso e para isso é necessário uma investigação cuidadosa. Procure um psiquiatra ou um psicólogo. ate mais,

Estou de acordo com os profissionais. Complementando que a incidência de hiperatividade é mair em pessoas do sexo masculino.

 Claudia Goes
Claudia Goes
Psicanalista, Psicólogo
Guarulhos
Olá!
Conforme os colegas já afirmaram não. Ainda que seja confirmado o TDAH, o mesmo é ainda divido em subclasses, podendo tanto a atenção como a atividade estarem igualadas ou em níveis diferentes!
Um diagnóstico preciso, pode ser realizado com um medico psiquiatra ou neurologista, mas um neuropsicologo também pode fazer o diagnóstico!
Espero ter ajudado.
Estou a disposição!

Olá, cada caso é especifico!O quadro de hiperatividade tem sempre como o pano de fundo o deficit de atenção.Porque a criança se torna refém da ansiedade. Às vezes ela se mostra mais agressiva, e menos ansiosa.Diagnosticar, não seria o caminho certo. Não acho fácil dá um diagnóstico preciso!Abraço

 Celi Piernikarz
Celi Piernikarz
Psicólogo
São Paulo
Pode haver o quadro de TDAH ou TDA com ou sem hiperatividade Peço sempre um diagnóstico com um psiquiatra ou neurologista de confiança. Acredito no trabalho conjunto de orientação pais,escola e a psicoterapia com resultados excelentes.Indico a leitura do meu livro "Quem Mexeu na minha Bagunça " com dicas de organização para crianças e adolescentes. Dra Celi Piernikarz

Olá! Embora o nome do transtorno seja Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade, ele se divide em três subtipos: o subtipo predominantemente hiperativo (onde há a maioria dos sintomas de hiperatividade e poucos ou nenhum sintoma de desatenção), subtipo prediminantemente desatento (onde há uma maioria de sintomas de desatenção e poucos ou nenhum de hiperatividade) e o subtipo combinado, onde há sintomas tanto de desatenção quanto de hiperatividade.
Por diversos motivos, acaba que o subtipo hiperativo e o combinado acabam chamando mais a atenção... e o desatento muitas vezes fica sem diagnóstico.
Em todos os casos, é importante procurar um psicólogo ou um psiquiatra para fazer uma avaliação.

Olá!
Nem sempre. Pode haver o quadro de TDAH ou apenas TDA. Com ou sem hiperatividade. O que costumo orientar é que em casos de suspeita desse diagnóstico, procure um psiquiatra de confiança para fazer uma avaliação precisa e séria, pois é muito comum esse diagnóstico ser equivocado, ainda mais em crianças.
E quanto menos medicação tomar, melhor!
Boa sorte! :)

 Antônio Roberto Silva
Antônio Roberto Silva
Psicanalista
São José
Não necessariamente, os sintomas podem surgir de forma isolada. Entretanto é importante saber o que está para além da superfície desses sintomas. Procure agendar uma consulta com um psicanalista na sua região para avaliação e condução do tratamento.

 Rita K. A.Costa
Rita K. A.Costa
Psicólogo
São Paulo
Existe o tipo Desatento , o tipo Hiperativo (Mental e/ou Físico ) e o tipo Combinado. Neste último, temos tanto a desatenção quanto a hiperatividade.
Esse diagnóstico é feito por um profissional
Através da aplicação de instrumentos como testes e questionários.
Grande abraço

 Alina Campos Tomaz Teixeira
Alina Campos Tomaz Teixeira
Psicanalista, Psicólogo
Belo Horizonte
Olá. Nem sempre. Cada caso deve ser avaliado não como sintoma isolado, mas alencando todas ferramentas a fim de auxiliar no diagnóstico inicial mas que não impede de ser reavaliado, visto que muitas pessoas apresentam quadro de comorbidade _ mais de um transtorno , e por isso a monitorização deve ser constante do quadro e sintomas apresentados.

 Mara Ferreira
Mara Ferreira
Psicólogo, Psicanalista
Curitiba
Estou de acordo com os demais profissionais, apenas acrescento que somente tratamento medicamentoso não auxilia na busca de ferramentas para o sujeito com este ou qualquer outro tipo de transtorno aprender a lidar com o quadro. Para o tdah há terapias específicas. Uma orientação adequada para escola também é muito importante na fase escolar.

 Sueli Cabral Midlej
Sueli Cabral Midlej
Psicólogo
Salvador
Nem sempre. Existem aqueles portadores de Transtorno de Déficit de Atenção (TDA) que não possuem hiperatividade, são os desatentos que possuem as seguintes características: desatenção, facilidade em se distrair, dificuldade em se concentrar em alguma atividade, dificuldade em memorizar nomes, datas prazos etc. Espero ter te ajudado.

 João Eduardo Flôres
João Eduardo Flôres
Psicólogo
Santa Maria
Nem sempre. Uma coisa é o transtorno de déficit de atenção (TDA), outra é o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), onde o portador fica mais suscetível a ficar desatento em função de sua hiperatividade. Ambos são avaliados através de certos critérios, questionários. Abraço.

 Dennys S. Oliveira
Dennys S. Oliveira
Psicólogo
São Paulo
Olá. Nem sempre. No caso, como a própria sigla mostra, o TDAH é um transtorno que abrange o déficit de atenção e também a hiperatividade, porém, há também casos nos quais a hiperatividade não está presente. Para uma avaliação correta é importante consultar um psiquiatra.

Olá. Nem sempre. Se divide em três subtipos. TDAH , TDA e o o tipo combinado que seria a junção da hiperatividade com a desatenção. Nos conteúdos de hiperatividade há maior visibilidade dos sintomas. Para um diagnóstico preciso procure um profissional de sua confiança. Há também paralelo a essa investigação que será norteada por um neurologista um trabalho mais técnico que se chama avaliação neuropsicologica que é realizada por Neuropsicologo com testes e materiais de rastreio cognitivo. Abraços.

 Talita Avila
Talita Avila
Psicólogo
São Paulo
Olá,
Não é sempre que a hiperatividade acompanha o déficit de atenção.
O TDAH tem subtipos, por tanto, deve haver uma investigação de um neurologista e de um psicólogo para que seja bem avaliado e que tenha um diagnóstico preciso.

Um abraço.

Dra. Ajurymar Santos
Dra. Ajurymar Santos
Psicólogo, Terapeuta complementar
Salvador
Olá! A hiperatividade é um dos sintomas do TDAH, mas não significa que todas as crianças hiperativas tenham de fato o TDAH. É importante entender o quero clínico antes de generalizar! Abraço

 Maria de Lourdes Tomé
Maria de Lourdes Tomé
Psicólogo
São Bernardo do Campo
Sempre, não. Sempre, sim para uma consulta com médico neurologista para avaliar esta queixa e receber orientação.

 Marcia Kelen Moscatelli
Marcia Kelen Moscatelli
Psicólogo, Psicopedagogo
Sorocaba
O Transtorno de Déficit de atenção não vem acompanhado pela hiperatividade e há outras comorbidades que podem aparecer, embora a sigla seja TDAH, o "h" pode ou não ocorrer. Ainda sobre o transtorno, não podemos deixar de considerar as inúmeras informações e apelos que a sociedade atual oferece e que podem diminuir a atenção em algumas atividades, oque leva tanto os pais quanto professores e educadores à crença de um transtorno sem consideração do contexto. A hiperatividade também tem que ser considerada e analisada, pois nem sempre o comportamento passivo e obediente esperado pelos pais é encontrado no comportamento do filho, que está sendo bombardeado por atividades e cobranças, desta forma, o diagnóstico e crenças à respeito do transtorno têm que ser melhor analisados para que uma criança, que está exercendo seu papel de criança, num contexto dinâmico e com muitos distraidores, não fique estigmatizada como doente. Indico que procure por profissionais da psicologia.

Especialistas em Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

Altair Marcelo Tavares

Altair Marcelo Tavares

Psiquiatra

Porto Alegre

Joana Moreira

Joana Moreira

Psicólogo

Recife

Fernanda Gonçalves Volcof

Fernanda Gonçalves Volcof

Psicólogo

Osasco

Glayci Carvalho

Glayci Carvalho

Psicólogo

Fortaleza

Jorge Monteiro

Jorge Monteiro

Psicanalista, Psicopedagogo, Terapeuta complementar

Santo Antônio Da Platina

Juliana Formigari Gil

Juliana Formigari Gil

Psicanalista

Valinhos

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 253 perguntas sobre Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.