Perdi a mãe a 2 anos e senti mt por isso, Meses depois conheci meu esposo que me ajudou mt e tem me

32 respostas
Perdi a mãe a 2 anos e senti mt por isso, Meses depois conheci meu esposo que me ajudou mt e tem me feito MT feliz. Ele sempre gostou de sair, se divertir e tal, mas depois que a minha mãe morreu, tudo isso perdeu a graça pra mim. Como posso melhorar esta situação, pois n quero perde lo e isso está afetando nosso relacionamento.
Se entendi bem, quando você conheceu o seu marido, você já estava no processo de luto de sua mãe. Desta forma, seu marido já te conheceu bem sentida pela perda de sua mãe. E, o relacionamento de vocês foi se concretizando com o processo de luto ao fundo.
A terapia de casal é uma terapia do relacionamento e, por isso, sugiro a terapia de casal para que vocês possam revisitar a relação. Ouvir e ser ouvido, checar os entendimentos dos dois, olhar com carinho para relação de vocês e buscar atualizar sentimentos no aqui e agora.
Procure um psicólogo/psicóloga e faça uma primeira sessão para buscar o melhor caminho pois, também seria uma boa ideia iniciar o seu processo individual com um profissional ao mesmo tempo que outro profissional acompanhe vocês com a terapia de casal.
Busque o processo terapêutico!
Espero ter ajudado!

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
É normal ao passarmos por uma perda nos sentirmos tristes e deixarmos de achar graça em muitas coisas que antes eram divertidas, mas quando isso se estende por muito tempo, como parece ser o seu caso, é necessário buscar ajuda psicológica, já que esta superação não ocorreu de forma natural.

Perder alguém tão próximo no relacionamento familiar é doloroso e contraditório, pois a morte para nós soa sempre como antinatural e agressiva, é estranha e injusta para o pensamento e os sentimentos humanos. Ao falar sobre isso a um psicanalista, você poderá encontrar esperança para superar a dor e liberar a vida para uma nova etapa, com mais força e resolução.

Acho importante que você possa ter um espaço seu para poder falar sobre sua perda e começar um trabalho de elaboração do luto. É possível com esse trabalho dar novos sentidos ao que te motiva na vida, e consequentemente, melhorar a sua relação. Uma terapia de casal poderia ser interessante para fortalecer os laços do casal, te dando mais confiança para ultrapassar esse momento. Espero ter ajudado. Estou à disposição. Abçs

Talvez o mais interessante nesse momento seja a terapia individual, é pouco provável que aprendeu a lidar com o luto. Procure um terapeuta, de preferência um especialista em tanatologia ( estudo sobre luto).

Procure um profissional psiquiatra ou psicóloga(o) para melhor avaliação do seu quadro. A terapia de casal pode ajudar, mas você também precisa se cuidar mais, fazer ginástica, cuidar melhor do seu corpo e da sua mente. Precisamos melhorar esta autoestima! Abraço!

E é possível que tenha desenvolvido um quadro depressivo. Não tem indicação para a terapia do casal nesse momento. Faça a consulta com um psiquiatra e ele vai identificar com você se necessita de fazer a psicoterapia individual ou iniciar uso de antidepressivos.

Ao que parece que diste uma dificuldade na elaboração dessa sitação de luto. É importante você buscar ajuda para falar um pouco mais disso é até mesmo ter uma percepção dos conteúdos inconscientes relacionados a essa situação de perda. Procure um psicanalista na sua região e inicie um processo de análise.

Voce precisa a ajuda de um bom profissional de PSICOTERAPIA. O abalo da morte de uma pessoa querida afetou o seu prazer de viver. Compre e mastigue as licoes do mestre Viktor Frankle no livro EM BUSCA DE SENTIDO. Voce precisa redescobrir as beissimas razoes de viver e RECONSTRUIR SENTIDO DE SUA VIDA. E preciso ter fe na vida, em Deus, em voce e nos outros.

Quando você vincula a morte de sua mãe com a perda do prazer por algumas coisas, fica muito evidente que você não soube lidar com a perda de sua mãe, nem com o luto. Recomendo que procure um (a) psicólogo (a) para psicoterapia. Com certeza, ele (a) poderá te ajudar. Um abraço!

Aparentemente você ainda está passando pelo processo de luto pela perda da sua mãe. A tendência é que com o tempo você consiga ficar melhor a cada dia. Caso você perceba que isso não está acontecendo, que o seu sofrimento está o mesmo ou piorando vale a pena consultar um psicólogo, pois pode se tratar de um caso de luto patológico. Cuide-se, essa é uma ótima forma de cuidar do seu relacionamento.

Olá, Parece-me claro que você esteja lidando com duas dores, e não apenas uma, pois além da dor do luto, você está sofrendo uma grande ansiedade pelo medo de prejudicar o casamento.

Por isso sugiro que o processo seja iniciado pela terapia para casais a fim de que tanto você quanto seu cônjuge possam ficar alinhados no seu processo de luto não resolvido. Isso resolverá sua ansiedade e dará a ele a capacidade para poder, não apenas compreender, mas também ajudar.

Uma vez alinhados e tendo ele a capacidade de compreender e acolher sua dor, a terapia migraria para a modalidade individual, buscando resolução para a tristeza e o desânimo pela vida, causados pelo luto.

Sugiro que em sua cidade procure um terapeuta de casais que também faça psicoterapia individual.

Fique tranquila.Tudo se resolverá. Pelo seu relato não temos aqui uma psicopatologia. Apenas uma dificuldade existencial que pode ser resolvida com relativa brevidade.

Abraços e fique bem.

Falar sobre esta perda parece ser, o que você está precisando no momento.
Uma terapia de casal poderia ajudar a vocês dois passarem por isso. Você a lidar com a perda, e ele, a te ajudar passar por este processo. Procure um psicólogo com o qual você se identifica.
Abs

Ao longo da vida todos iremos passar por experiências cuja finalidade é o nosso fortalecimento.

Para mantermos a saúde emocional e mental temos que ter em conta a responsabilidade em assumirmos responsavelmente esse episódios, de aceitá-los, vivência-los e ultrapassá-los.

A separação emocional da imago da mãe é um desses episódios, que uma vez ultrapassado ditará uma idade afetiva, capaz de consolidar um relacionamento adulto entre os cônjuges.

As psicoterápias, mormente as psicanálises, irá lhe conduzir no caminho da desativação do complexo materno, reformando a sua vida emocional, capacitando-a a ocupar o espaço legítimo para a situaçào presente, que é ao lado do seu companheiro.

Olá! Procure um terapeuta para te ajudar a elaborar esse luto. Esse profissional irá te ajudar a enfrentar essa perda tão grande, e consequentemente vc entenderá que pode ser feliz, mesmo sem a presença física da sua mãe.
Espero ter ajudado

Sugiro que procure profissional (PSICÓLOGO).Como você descreve o fato de não conseguir manter-se ativa nas atividades de vida diária e inclusive com o nível de motivação baixo, compromete de maneira negativa o seu relacionamento. O psicólogo que fizer esse tratamento contigo em primeiro momento irá trabalhar questões relacionadas ao "luto" materno ao mesmo tempo te conscientizando dos outros papéis que também são importantes na sua vida, para que consiga transitar neles sem o esquema de culpa e baixa energia, como vem acontecendo, a ideia é potencializar sua autonomia nas relações e ao mesmo tempo que observem remissão dos sintomas negativos (descritos no seu texto) caso o seu psicólogo de referência e você não encontrem remissão de sintomas, poderão contar também com a colaboração de médico psiquiatra, pois em alguns casos é necessário de diagnóstico e tratamento medicamentoso para remissão total dos sintomas e um prognóstico mais favorável.Estimo melhoras, procure ajuda!Abraço.

A perda de algo ou alguém do qual temos muito afeto nos direciona para um processo de luto. Este processo é extremamente importante para entrarmos em contato com o sofrimento da perda e conseguirmos compreender, aceitar e elaborar este sofrimento, que é completamente natural da condição humana. Penso que, conforme esse seu primeiro relato, uma psicoterapia individual a ajudaria muito para entender como você vivenciou esse luto, qual foi o papel de seu marido naquele momento, quais seriam os papéis de cada um neste momento pós-luto. Seja em uma psicoterapia individual ou uma terapia de casal, acredito que há questões privadas suas que sobressaem ao casal nesse momento, logo, eu sugiro primeiramente uma visita individual ao psicólogo. A partir daí você poderá avaliar melhor, em parceria com o profissional, se seria mais útil uma terapia individual ou de casal para este momento.

Olá! Em primeiro lugar, é necessário que você procure ajuda de um profissional psicólogo para te ajudar com a superação do luto, uma vez que você não está conseguindo superar isso só com o apoio da família. Se achar necessário você pode também recorrer a um médico psiquiatra, mas a primeiro recomendação que eu faria é a de um psicólogo. Procure ajuda o quanto antes. Se achar que vai ajudar, converse com seu esposo sobre isso para que ele entenda o que se passa com você e possa te auxiliar melhor. Procure ajuda profissional acima de tudo.

Perdas nunca são mesmo fáceis, sejam elas quais forem. Lidar com este luto, ainda que você perceba que está afetando sua relação, é um trabalho que só você poderá dar cabo. Ter um espaço psicoterápico só seu onde você possa entender melhor os efeitos que a partida da sua mãe lhe deixou me parece um caminho importante para que seus outros papéis possam se reequilibrar. Espero que consiga encontrar uma boa acolhida para este seu momento. Conte comigo se precisar. Daniela Abarca

Oi, tudo bem?
Pelo que você descreveu parece que você está vivenciando uma das fases do processo do luto, a qual os sintomas depressivos incluem a retração social e a perda do prazer em atividades rotineiras.
Sugiro que busque o auxílio profissional de um psicólogo para que consiga passar pelo processo do luto da melhor maneira possível e reencontre sua qualidade de vida.
Aqui o foco será você e provavelmente sua relação a dois retomará o padrão habitual!
Espero ter ajudado e até breve!

Olá! estar preparado para perdas é sempre difícil, pois nossa cultura não facilita. Busque por Psicoterapia Cognitivo Comportamental e Hipnoterapia. Vamos trabalhar isso! Paz e Bem!

Olá!!
Antes de procurar uma terapia de casal,
sugiro que você busque ajuda em uma psicotetapia individual, na qual você possa entrar em contato consigo!!
Assim, podes entender o que está impedindo você de fuir , e conseguir enxergar possibilidades que possam te dar mais leveza em sua vida!!
Abraços!

Olá... terapia individual, pois o luto está afetando a sua vida como um todo. Procure um psicólogo, na primeira consulta já irá se sentir melhor!!! O luto deve ser elaborado corretamente. Remover a culpa. Ser feliz é o natural. Sinto muito pela sua dor persistir por tanto tempo. O sofrimento é opcional. Pode escolher sentir saudades alegres no lugar da tristeza. Pense com carinho a seu respeito e a todas as outras pessoas! Ficarás bem! Beijos

Cara paciente,

Pensando na questão, tal como você a colocou, entendi que você teve uma perda significativa que ainda não cicatrizou, e que possui um casamento recente que passa por um momento de turbulência.

Como você mesma relaciona os dois eventos, eu ficaria inclinado a te recomendar uma terapia individual, onde você poderia reexaminar suas vivências e trabalhar suas questões relativas à sua mãe e ao casamento. Contudo, sendo especialista em terapia de casal e observando que o "assunto" da sua dúvida é "terapia de casal", penso que talvez a sua prioridade, hoje, seja conseguir ouvir e ser ouvida pelo seu marido, melhorando a comunicação, a sintonia e a compreensão entre vocês.

Se eu estiver certo, procure uma terapia de casal, mas se não for o caso, uma individual lhe servirá bem. Me coloco à disposição para tirar qualquer dúvida futura e também para atende-la tanto no enquadre individual quanto no de casal, se assim você desejar.

Cordialmente,
Rodrigo N. S. Trindade

Ola! A fase do luto e dolorosa e um movimento de readaptação ao novo (viver sem os hábitos da pessoa querida), mas com o tempo você deverá encontrar outras maneiras de atuar e ver o mundo. A psicoterapia é extremantente inpirtante nesse momento. Ter um profissional que lhe acolhe e entende a sua dor facilitará a comunicação e estruturação do novo momento. O sofrimento é inerente à vida, mas a superação é possível é gratificante! Não desista de entender suas angústias e medos! Abraço

A partir da sua história, não entendi porque buscar terapia de casal, uma vez que o seu questionamento refere-se à perda da sua mãe é o significado disto em sua vida.
Uma psicoterapia para você poderia ser uma possibilidade de falar sobre esta perda e como tem sido.

Como você referiu, parece que você está feliz com seu casamento, porém parece estar difícil ressignicar a morte de sua mãe. Seria importante que você procurasse um lugar que pudesse elaborar seu luto e dar continuidade em sua vida. Sugiro que procure um psicólogo,
Boa sorte

Laisa

Ola, pelo que descreveu o ideal é buscar uma terapia individual ( psicologo), pois não elaborou o luto pela perda de sua mãe.A dor faz parte da vida, o sofrimento é opcional. A terapia de casal tem como objetivo tratar questões de relacionamento, a qual me parece que não é seu caso. Psicóloga Cristina

VC está falando sobre "resiliência" que e a capacidade de superação diante de situações difíceis como perdas por morte.Procure um psicologo o mais rápido possível, a dificuldade de elaborar o luto da perda da sua mae esta interferindo no seu relacionamento. como VC mesmo está percebendo.A psicoterapia ajudará a superar essa situação

É muito difícil lidar com uma perda, ainda mais de uma figura tão importante na vida de uma pessoa. Existem diversas fases que envolvem a experiência de luto: negação, raiva, barganha, depressão e aceitação.
Cada uma das fases é experenciada momento a momento após a morte de um ente, ou quaisquer outras perdas.
É importante que você busque psicoterapia para aprender a lidar com essa perda e os significados que ela têm pra você. Sendo assim, acredito que um profissional com uma abordagem cognitivo-comportamental consiga te ajudar a experienciar e aceitar essa perda que foi tão significativa pra vc e, assim, vc conseguirá seguir a vida de uma forma mais leve (e com menos sofrimento).
Nao acho que neste caso seja necessário uma terapia de casal.

Espero ter ajudado vc!
Boa sorte na sua busca.

Boa noite. O processo de luto é uma etapa muito difícil quando se trata de alguém tão próximo. Acredito que seu medo de prejudicar seu casamento é um bom sinal, esse medo é o que esta fazendo você visualizar que necessita de ajuda. Então aproveite esse seu desejo de buscar ajuda e procure um psicologo que você vai conseguir sair dessa fase de luto.

Procure uma psicologa para uma terapia individual, pois muitas vezes a dificuldade na elaboração do luto , pode estar ligada ao trantorno depressivo , ou pode precipita-lo, se ja estava latente. Seu animo e auto estima voltarão

Especialistas

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 118 perguntas sobre Terapia de Casal

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.