Tenho problema de ejaculação precoce e um amigo me indicou tomar Paroxetina. É realmente esse o medicamento
13 respostas
Tenho problema de ejaculação precoce e um amigo me indicou tomar Paroxetina. É realmente esse o medicamento a se tomar?
Tomar medicamentos sem orientação médica não é indicado. Mas como a ejaculação precoce geralmente tem um fundo emocional seria bom procurar um psicólogo e fazer uma psicoterapia.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Importante lembrar qque tomar medicação sem a orientação de um medico especializado no assunto pode gerar outros problemas alem do que ja te traz o sofrimento, o ideal em seu caso é procurar um especialista urologista para ver o motivo do seu problema e seguir com uma terapia para você amenizar seu sofrimento emocional trazendo uma melhor qualidade de vida emocional...juntando um ao outro você chegará ao resultado esperado...tomando medicação sem prescrição poderá lhe proporcionar um maior sofrimento.

Realmente a paroxetina tem como efeito colateral o retardo da ejaculação. No seu caso indicaria um psiquiatra, pois ele pode avaliar se a sua condição é devido a questões psicológicas e/ou biológicas. O mais comum é que seja de origem psicológica, com a pessoa estando com uma ansiedade relativa ao sexo mas já se sabe ,por exemplo, que pessoas com níveis hormonais alterados, e pessoas que sofreram cirurgias na região podem sofrer de ejaculação precoce

Pelo que pude perceber, seu problema é com a velocidade. Você é rápido demais no prazer e quer resolver isto da maneira mais rápida que julga conhecer.
Na maioria dos casos de ejaculação precoce, o alto nível de ansiedade e de insegurança levam a uma diminuição do tempo do prazer sexual, por questões outras que só vc deve saber quais. Se vc olhar por este ângulo e buscar um psicanalista, talvez não precise castigar seu corpo com efeitos colaterais indesejados que podem afetar seu rendimento para além da cama.
Boa sorte!

Olá,
Seria importante que você buscasse consulta médica para avaliar se o diagnóstico é adequado. Caso sim, talvez seja necessário o uso de remédio prescrito pelo médico e não pelo seu amigo, uma vez que cada organismo reage de forma diferente ao uso de medicação. Também seria igualmente importante que você fosse a psicoterapia. O psicólogo poderá lhe ajudar a identificar os gatilhos e reestruturar os pensamentos disfuncionais que possam interferir no seu desempenho sexual. Você aprende técnicas de relaxamento para sua ansiedade e técnicas cognitivas, pois nesses casos as pesquisas apontam que crenças negativas sobre o que é o sexo, pressões internas e preocupação excessiva em mostrar segurança aumenta a probabilidade de desenvolver esse transtorno. Abraços

Olá! Muitos anti depressivos - como este - tem como efeito colateral dificuldades para atingir o orgasmo ou perda da libido. A depender da dose que você tomar e como você tomar, o tiro pode sair pela culatra e você ter mais problemas para sua vida sexual e saúde - diminuição da libido, por exemplo. Um bom médico poderá te acompanhar para que você tome o melhor remédio para você, na dose correta e forma adequada. Também pode ser interessantes procurar um psicólogo para trabalhar a ansiedade e outras questões que podem estar levando a este problema: assim você pode ter no futuro uma vida sexual gostosa e satisfatória sem ter que recorrer a nada além de você mesmo. Boa sorte!

Jamais tome qualquer remedio sem indicação medica!

A ejaculação precoce pode ser de fundo físico, mas em sua grande maioria está no campo Psicologico. Va a um urologista, e caso não seja, procure um Psicologo, muitas vezes nem inaginamos como certas coisas ditam o ritmo das nossas emoções.

Indico a procura de um Psicologo com especialidade em terapia cognitivo-comportamental, pois alem entender os motivos que ocasionaram esse evento, as tecnicas são utilizadas visando resultados o quanto antes possível.

Espero ter ajudado :)

A medicação é importante no tratamento do referido problema, combinado com a psicoterapia cognitivo comportamental você terá os melhores resultados para seu referido problema. Deixando claro, que o uso da medicação deverá ser prescrita pelo profissional médico.

Sou psicólogo e já tive oportunidade de ajudar clientes a se ver livre desta situação sem medicação alguma. Recomendo a procura de um(a) psicólogo(a). Um abraço!

A principio a indicação do amigo pode não servir para voce, devido a que cada organismo reage à sua maneira, bem como outras medicações que esteja tomando pode interferir nos resultados. A orientação é sempre consultar um médico e neste caso seria um urologista que irá solicitar exames clínicos primeiramente. Caso persista a dificuldade de manter o tempo necessário para a ejaculação, o problema pode estar associado a problemas mentais, então é conveniente buscar ajuda psicológica.

Nao acho prudente voce tomar um remedio como esse sem prescricao medica. Alias se seu amigo nao for medico, e lhe fizer a prescricao, voce nao conseguira comprar pois trata se de medicacao antidepressiva. Consultar o medico e o mais correto.
Boa sorte.

Procure um médico de sua confiança ou um urologista para uma orientação adequada.

De qualqUer fOrma recomendo a Psicoterapia para entender possíveis causas emocionais que possam estar gerando essa disfunção.

Abraços

Embora seja uma alternativa não deve Jamais usar medicamentos por conta própria, ainda mais um antidepressivo! Att

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 789 perguntas sobre Pondera

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.