Amigdalectomia Com Ou Sem Adenoidectomia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Amigdalectomia Com Ou Sem Adenoidectomia

Os especialistas falam sobre a Amigdalectomia Com Ou Sem Adenoidectomia

A cirurgia de amígdala, associada ou não à retirada da adenoide, é uma das cirurgias mais comuns da otorrinolaringologia, especialmente em crianças. Há indicações precisas para esse procedimento, e na consulta médica é possível avaliar adequadamente quais benefícios podem ser alcançados no pós-operatório.
Dra. Milene Massucci Bissoli
Dra. Milene Massucci Bissoli Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

São Paulo

Amigdalectomia é a cirurgia das amigdalas normalmente tem algumas indicalçoes: Quando apresenta hipertrofiadas ou seja aumentadas e isto incomoda a respirar,falar e comer. Quando apresenta um numero recorrente de infecções o qual atrapalhar o paciente pois toma muitas medicações, vai muitas vezes ao médico E quando apresenta acumulo de restos de comida(caseo ou caseum) e isto ocasiona mau hálito -halitose E pode ser acompanhada da cirurgia da adenoide que é quando ela esta aumentada e dificulta a respiração. Realizo a cirurgia em um sábado pela manha e no final da tarde, se tudo ocorrer bem terá alta. É realizado dentro da boca, se cortes visíveis no pescoço e sem deslocar a mandíbula.
Dr. Paulo da Veiga Ferreira Mendes Junior
Dr. Paulo da Veiga Ferreira Mendes Junior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

Curitiba

É uma das cirurgias mais realizadas na atualidade, principalmente durante a infância. Indicações são diversas, como: hipertrofia adenotonsilar, que podem ocasionar desconforto respiratório, distúrbios do sono, da deglutição e da fonação e, em longo prazo, podem gerar alterações no desenvolvimento craniofacial. Além de outras indicações como: amigdalite de repetição, abscessos periamigdaliano, amigdalite crônica caseosa, dentre outras. A cirurgia é sempre realizada com anestesia geral e intubação oro-traqueal. Existem diversas técnicas cirúrgicas com eficácia e taxa de complicações semelhantes. Nenhuma necessita de incisões na pele. A taxa de complicação é bastante baixa.
Dr. Carlos Henrique Tolomei
Dr. Carlos Henrique Tolomei Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

Bauru

Amigdalectomia trata-se da remoção cirúrgica das amígdalas palatinas (tecido linfóide localizado bilateralmente na orofaringe) e tem como principais indicações: ronco e apneia do sono, amigdalites de repetição, antecedentes de abscessos periamigdalianos, suspeita de neoplasia maligna e amigdalite caseosa. Adenoidectomia é a cirurgia que remove as vegetações adenoidianas (tecido linfóide situado na parte alta da faringe, atrás das fossas nasais) e é indicada quando um aumento exagerado causa obstrução nasal significativa e consequente respiração oral, ronco e/ou apneia do sono, assim como em casos de otites médias de repetição, sinusites de repetição, otite secretora e suspeita de malignidade
Dra. Juliana Gama Mascarenhas
Dra. Juliana Gama Mascarenhas Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

Goiânia

A amigdalectomia é a ressecção cirúrgica das tonsilas palatinas, e a adenoidectomia é a ressecção cirúrgica da adenóide (tonsila faringea). As tonsilas são órgãos linfáticos produtores de imunoglobulinas, e existem algumas indicações para a cirurgia. Adenoamigdalectomia (adenóide e amígdala) tem indicação quando o paciente tem respiração bucal e não nasal, má formações craniofaciais, diminuição de crescimento e apensa do sono. Apenas ressecção de adenóide tem indicação na sinusite crônica, otites médias de repetição, casos de neoplasia e obstrução respiratória com amígdalas pequenas. Cada paciente deve ser avaliado individualmente, e tratado de acordo com as alterações que apresentar.
Dra. Janaína Kopp
Dra. Janaína Kopp Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

|

Rio de Janeiro

Ver mais

Tem perguntas sobre Amigdalectomia Com Ou Sem Adenoidectomia?

Nossos especialistas responderam 27 perguntas sobre Amigdalectomia Com Ou Sem Adenoidectomia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Sim, a cirurgia está indicada nesse caso.

  • 9
  • 6
  • 30
Dra. Marcia Sayuri Murao

Otorrino

Taubaté

É a remoção das amígdalas sem se abordar a adenóide

  • 51
  • 50
  • 171
Dr. Daniel Paiva de Oliveira

Otorrino

Natal

Muita tosse com catarro não é normal no pós-operatório de adenóides e amídalas, pode estar começando uma infecção respiratória. Recomento procurar um médico para melhor avaliar.

  • 107
  • 48
  • 68
Dra. Solange Moura de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

Joinville

Marcar consulta

Boa tarde, Por mais que seja um trauma programado e controlado, qualquer procedimento cirúrgico funciona como um trauma, houve remoção de tecidos e é necessário que o organismo realize um grande processo de cicatrização, tal condição pode sim levar a um quadro febril, portanto, isso pode sim acontecer. Vale a pena alertar o médico que realizou o procedimento e ele a orientará sobre os sinais de alerta que devem acompanhar essa febre para que ela possa ser considerada preocupante. Espero ter ajudado

  • 60
  • 22
  • 26
Dr. Raul Fino Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Otorrino

Santo André

Marcar consulta

Ver as 27 perguntas sobre Amigdalectomia Com Ou Sem Adenoidectomia