Cálcio - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Cálcio

Informação sobre Cálcio

Propriedades

O cálcio é um mineral, principalmente armazenado nos ossos, onde existe 98% do cálcio do corpo. Portanto, é um componente fundamental na formação do esqueleto, e também desempenha um papel importante no funcionamento da membrana celular, contração muscular e transmissão de impulsos nervosos.

Alimentos fontes de cálcio

  • Leite
  • Queijo
  • Amêndoas
  • Agrião
  • Salsa
  • Avelãs
  • Feijão
  • Grão de bico.

Necessidades diárias de cálcio

  • Em adultos: 800 mg
  • Em adolescentes: 1.000 mg
  • Em crianças: 600-900 mg
  • Em mulheres grávidas ou amamentando: 1.200 mg.

Quem está em maior risco de deficiência de cálcio?

  • Pessoas com a ingestão de alimentos insuficientes
  • Pessoas  imobilizadas na cama, ou em ou a falta de exercícios, que leva a uma perda significativa de osso
  • Jovens em fase de crescimento
  • Mulheres grávidas
  • Mulheres na menopausa.

Sinais e sintomas de deficiência de cálcio

Falta de cálcio nos ossos provoca uma doença conhecida como osteoporose.

Quando o cálcio no sangue (hipocalcemia) muito baixo pode causar um quadro clínico conhecido como tetania, caracterizado por:

  • Formigamento
  • Contraturas e cãibras ou espasmos musculares
  • Dor de cabeça
  • Mal-estar.

Tratamento da hipocalcemia

Em caso de tetania, é necessário administrar gluconato de cálcio por via intravenosa. Na ausência de cálcio durante o crescimento ou a gravidez, o cálcio deve ser tomado por via oral.

Overdose e envenenamento

Intoxicação é rara para a tomada de cálcio em excesso, mas quando tomados em conjunto com a vitamina D. A elevação do cálcio no sangue (hipercalcemia), quase sempre devido a outras doenças e é caracterizada por:

  • Desidratação
  • Perda de apetite
  • Sede com náuseas e vômitos
  • Prisão de ventre
  • Hipertensão
  • Retardo do crescimento em crianças.

Atenção

Se você receber altas doses de cálcio, especialmente se associada ao tratamento com vitamina D,  é importante  monitorar o seu sangue (níveis séricos de cálcio) e de concentração de cálcio na urina (calciúria), para evitar a overdose.

Possui uma dúvida concreta sobre Cálcio? Pergunte aos nossos especialistas.

Tem perguntas sobre Cálcio?

Nossos especialistas responderam 8 perguntas sobre Cálcio.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá. Para a prevenção e tratamento da osteoporose o cálcio da alimentação é melhor absorvido , é mais saudável e tem melhor efeito que o cálcio presente nos comprimidos. A suplementação de cálcio não aumentou a incidência de cálculos renais, infarto e acidente vascular cerebral. Esses efeitos imputados ao cálcio são mitos. Os principais efeitos colaterais do cálcio são os sintomas gastro-intestinais como pirose e constipação intestinal. Converse com o seu médico.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
  • 5248
  • 2269
  • 3885
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

É possível que o cálcio não esteja sendo bem aproveitado pelo organismo, ou seja, que não esteja "entrando e se fixando" ao osso, porque são necessários outros compostos que possibilitem essa ação, logo se o cálcio estiver nessa condição poderá ocorrer calcificação em partes moles, como nos vasos sanguíneos ou ainda ocasionar esporão, joanete, etc.

  • 133
  • 94
  • 199
Dra. Gorette Albuquerque Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista

Recife

Marcar consulta

O excesso de cálcio nao é bom. Tudo deverá ser equilibrado. Este excesso é eliminado pelos rins (urina) e é um fator que pode contribuir na formaçao de cálculos renais.

  • 78
  • 2
  • 21
Dr. Carlos Milton de Coutinho Ottoni Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Pediatra

Belo Horizonte

Dependendo do estágio da doença renal crônica pode ser prejudicial a utilização de suplementos de cálcio e de vitamina D, pois aumenta o risco de calcificação de vasos sanguineos, aumentando o risco de eventos cardiovasculares como infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral, além da doença arterial periférica. É necesário avaliar os níveis séricos de calcio, fósforo, PTH, vitamina D juntamento com a função renal para avaliar os benefícios de tais suplementos. O paciente com doença renal crônica que necessita de tratamento para doença óssea como osteorporose, necessita de uma avaliação e análise diferente da população geral, pois a indicação de tratamento é diferente.

  • 25
  • 4
  • 20
Dr. Carlos Eiji Koga Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nefrologista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 8 perguntas sobre Cálcio