Colectomia parcial (hemicolectomia) - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Colectomia parcial (hemicolectomia)

Informação sobre Colectomia parcial (hemicolectomia)

A colectomia parcial ou hemicolectomia é o nome dado à remoção parcial (metade ou menos), do intestino grosso (cólon) por presença de pólipos pré-cancerígenos ou tumores malignos (carcinomas), inflamações severas ou úlceras devidos a uma colite ulcerosa, lesões ou traumatismos, ou obstrução intestinal por causa de um tecido cicatricial ou por causa de deformidade. Poderá ser efectuada tanto do lado direito, como do lado esquerdo do intestino. A colectomia parcial é realizada através de uma grande incisão na parede abdominal. A área afectada do intestino é removida e é efectuada a anastomose das duas terminações restantes. O local da incisão é uma ferida cerca de 20 cm de extensão na zona abdominal que provoca muitas dores, pelo que será administrada analgesia. O paciente permanece com oxigenoterapia até acordar e então apresentar uma respiração normal. Poderá ser feita uma colostomia (abertura temporária do intestino ao abdómen) se for necessário poupar o intestino do trabalho digestivo enquanto está cicatrizando. A colostomia temporária será fechada mais adiante. Se for removida uma grande parte do intestino, a colostomia poderá ser permanente. No período em que não são administrados alimentos por via oral, existirá uma perfusão contínua de soro glicosado durante cinco a seis dias após a cirurgia, que permitirá o fornecimento de líquidos. Também é colocada uma sonda nasogástrica com a função de drenar líquidos até que o estômago comece a trabalhar correctamente outra vez. O primeiro levante depois da hemicolectomia será efectuado no dia seguinte à cirurgia, caso o paciente não apresente muitas dores abdominais. A actividade será aumentada de forma gradual até que atinja a actividade considerada normal. Deverão então ser efectuados ensinos ao paciente para que se proteja o local da incisão e não ocorrer deiscência. O paciente deverá descansar não efectuando esforços durante seis semanas. Os pontos ou agrafos são retirados sete a dez dias após a cirurgia.

Possui uma dúvida concreta sobre Colectomia parcial (hemicolectomia)? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Colectomia parcial (hemicolectomia)

A colectomia parcial ou hemicolectomia é o nome dado à remoção parcial (metade ou menos), do intestino grosso (cólon) por presença de pólipos pré-cancerígenos ou tumores malignos (carcinomas), inflamações severas ou úlceras devidos a uma colite ulcerosa, lesões ou traumatismos, ou obstrução intestinal por causa de um tecido cicatricial ou por causa de deformidade. Poderá ser efectuada tanto do lado direito, como do lado esquerdo do intestino. A colectomia parcial é realizada através de uma incisão na parede abdominal ou através das técnicas minimamente invasivas, videolaparoscópicas ou róboticas que geram menos trauma e melhor recuperação.
Eduardo Rodrigues Zarco da Câmara
Eduardo Rodrigues Zarco da Câmara Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral, Oncologista

|

Rio de Janeiro

Tem perguntas sobre Colectomia parcial (hemicolectomia)?

Nossos especialistas responderam 45 perguntas sobre Colectomia parcial (hemicolectomia).

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá; não existe "receita de bolo", ou seja, uma dieta que funcione para todas as pessoas. O ideal é uma alimentação balanceada, saudável, evitando frituras, condimentos, embutidos e fast food. Se não era acostumado(a) com uma dieta rica em fibras, e de repente, inicia uma dieta com muitas fibras, pode apresentar mais gases. Cuidado também com leite e derivados, feijão, milho que também podem provocar mais gases. E com 20 dias de pós operatório, se não tiver tido problemas, já pode ter uma alimentação normal, não precisa ser somente líquidos. Pode e deve se alimentar com carne, peixe, frango. Boa recuperação.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 47
  • 21
  • 26
Dr. Alexandre Medeiros do Carmo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Coloproctologista

Fortaleza

Toda cirurgia apresenta riscos. Hemicolectomia tem risco de sangramento no pos operatorio e fistula da anastomose (vazamento de liquido intestinal para cavidade abominal) . Sao as complicacoes mais frequentes.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 18
  • 6
  • 49
Dr. Mohamed Kamar

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Cabo Frio

Não! Isso não ocorre. O intestino delgado abaixado mantém sua inervação própria. Os nervos que porventura forem seccionados não inervarão o intestino delgado.

  • 281
  • 94
  • 245
Dr. Diogo Stinguel Thomazini Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Vila Velha

É uma complicação de cirurgia abdominal de grande porte, normalmente em incisões medianas extensas (no meio do abdome). O tratamento é a reoperação para o fechamento da cavidade abdominal, e provável colocação de tela, como foi feito. A colocação de tela em cirurgia eletiva somente estaria indicada se houvesse dificuldade para o fechamento da parede abdominal ou de acordo com a qualidade da parede abdominal do paciente. Normalmente, em cirurgia eletiva, não se coloca tela.

  • 156
  • 39
  • 54
Dr. Marcelo D'Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 45 perguntas sobre Colectomia parcial (hemicolectomia)