Colposcopia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Colposcopia

Informação sobre Colposcopia

Técnica para verificar a condição da área cervical, ou seja, a área do colo do útero, onde se encontram a vagina e o útero. Permite visualizar o estado e realizar biópsias para o diagnóstico de lesões, infecções ou tumores, como o vírus do papiloma humano.

Possui uma dúvida concreta sobre Colposcopia? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Colposcopia

Durante o exame se coloca um espéculo vaginal (também conhecido como bico de pato) para separar as paredes da vagina, como se faz ao colher a citologia. O colposcópio permanece a cerca de 30 centímetros em frente à vagina, mas ele não terá nenhum contato com a paciente. Nada disto causa dor apenas um certo incômodo passageiro. O médico que esta realizando o exame aplicará uma solução de vinagre diluído e depois outra com iodo sobre o colo uterino e a vagina para identificar qualquer área anormal (a paciente deverá informar-lhe de antemão se é alérgica ao iodo). Como conseqüência, é possível que sinta um pouco de ardor que também e transitório, sendo que a maioria das pacientes não sente nada.
Dra. Janaina Harfush
Dra. Janaina Harfush Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

O exame colposcopico engloba a colposcopia e vulvoscopia, e um exame ginecologico realizado com ajuda de microscopio dotado de luzes e aumentos para melhor visualizacao de lesoes na vulva, vagina, colo uterino, todo perineo e regiao anal. E um exame relativamente rapido e indolor. Com ajuda de reagentes quimicos localiza lesaoes para realizacao de biopsias quando necessario. No consultorio possuo colposcopio moderno com sistema de imagens que permite captura de boas fotos para enviar no laudo ao seu medico.
Dra. Debora Santos dos Santos
Dra. Debora Santos dos Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Curitiba

Colposcopia: é o exame que permite uma avaliação mais detalhada do colo do útero. Ele pode ser solicitado pelo ginecologista quando o exame de prevenção, também conhecido como Colpocitologia Oncótica ou Papanicolau, apresentar algumas alterações. Na maioria das vezes, o ginecologista solicita este exame para acompanhamento de alterações sugestivas de HPV, lesões de baixo grau ou alto grau na prevenção. Geralmente, a vulvoscopia é feita ao mesmo momento. O exame é indolor. São utilizadas soluções que melhoram o desempenho do exame e um aparelho chamado Vídeo-colposcópio permite o armazenamento das imagens para o melhor seguimento e acompanhamento do quadro clínico.
Dra. Mirian Hoeschl
Dra. Mirian Hoeschl Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Brasília

É um exame indolor realizado em consultório médico, onde o colo uterino é visto aumentado de 20 a 40x com o colposcópio, quando então é colocado o reagente de ácido acético e as lesões precurssoras do câncer de colo uterino se tornam mais visíveis. Depois colocamos iodo quando a paciente não for alérgica, claro, para identificar melhor a lesão. A biópsia não dói, há apenas um incomodo que é absolutamente suportável. Este ou esses fragmentos são mandados para o médico patologista que finalizará o diagnóstico.
Dra. Mirela Magalhães de Oliveira
Dra. Mirela Magalhães de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

A colposcopia é um exame feito através de um aparelho chamado colposcópio que possui lentes de aumento para que o colo do útero, vagina e vulva sejam avaliados com maior detalhamento. O preparo para colposcopia é feita da seguinte forma: utilizamos o soro fisiológico, o ácido acético e a solução de lugol. A paciente fica em posição ginecológica, como no Papanicolau, também é utilizado o espéculo vaginal (bico de pato) para visualizar o colo O colposcópio é aproximado da O colposcópio é aproximado da paciente, mas não entra em contato com ela. Normalmente, a colposcopia é indicada quando o resultado do preventivo sugere alterações relacionadas ao vírus HPV.
Dra. Aparecida Monteiro
Dra. Aparecida Monteiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

Ver mais

Tem perguntas sobre Colposcopia?

Nossos especialistas responderam 120 perguntas sobre Colposcopia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! Tudo vai depender do que você está sentindo. Se não apresenta dor, sangramento ou corrimento, já pode retomar suas atividades!

  • 100
  • 35
  • 403
Dra. Theresa Leo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Vitória

Marcar consulta

Como o próprio nome diz a presença de sangue nas fezes quer dizer que há sangue nas fezes em pequenas quantidades, que não conseguimos ver, isso pode servir para diagnosticar inúmeras doenças desde a boca ate o anus; todo o trato gastro intestinal. O importante é saber qual a finalidade que o medico solicitou, o que ele estava pensando quando solicitou esse exame.

  • 26
  • 25
  • 134
Flavia Nogueira de Leoni Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Olá. O NIC 2 ou neoplasia intraepitelial grau 2 é uma lesão de alto grau no colo uterino, provocada pelo HPV., um vírus sexualmente transmissível. Não é um câncer mas pode ser uma lesão precursora de câncer. O HPV pode ser causa de câncer de colo uterino, de vagina, de vulva, de reto, de ânus, de orofaringe, de pênis. etc. Se você tem um NIC 2 confirmado por biópsia, você terá que fazer a conização ou cirurgia de alta frequência. este procedimento fará o diagnóstico definitivo e o tratamento. Após o CAF, você terá que fazer o seguimento conforme a orientação do seu médico. Se você tem uma lesão pelo HPV, todos os seus parceiros sexuais deverão procurar atendimento médico. Eles podem ter o HPV e lesões pelo vírus. Solicite ao seu médico exames para descartar as outras infecções sexualmente transmissíveis como HIV, hepatite B e C e sífilis. Converse com o seu médico. Esclareça suas dúvidas.

  • 7131
  • 2754
  • 6720
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

A biópsia , quando necessária cria uma pequena lesão que deverá cicatrizar , é muito importante uma avaliação do ginecologista , nesses casos , pois a vagina é um meio que pode conter microorganismos com potencial de infecções nessas áreas lesionadas !! Procure o seu ginecologista para uma avaliação técnica

  • 41
  • 7
  • 23
Dr. Luiz Antonio Cipolotti Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 120 perguntas sobre Colposcopia