Colposcopia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Colposcopia

Informação sobre Colposcopia

Técnica para verificar a condição da área cervical, ou seja, a área do colo do útero, onde se encontram a vagina e o útero. Permite visualizar o estado e realizar biópsias para o diagnóstico de lesões, infecções ou tumores, como o vírus do papiloma humano.

Possui uma dúvida concreta sobre Colposcopia? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Colposcopia

Durante o exame se coloca um espéculo vaginal (também conhecido como bico de pato) para separar as paredes da vagina, como se faz ao colher a citologia. O colposcópio permanece a cerca de 30 centímetros em frente à vagina, mas ele não terá nenhum contato com a paciente. Nada disto causa dor apenas um certo incômodo passageiro. O médico que esta realizando o exame aplicará uma solução de vinagre diluído e depois outra com iodo sobre o colo uterino e a vagina para identificar qualquer área anormal (a paciente deverá informar-lhe de antemão se é alérgica ao iodo). Como conseqüência, é possível que sinta um pouco de ardor que também e transitório, sendo que a maioria das pacientes não sente nada.
Dra. Janaina Harfush
Dra. Janaina Harfush Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

É um exame indolor realizado em consultório médico, onde o colo uterino é visto aumentado de 20 a 40x com o colposcópio, quando então é colocado o reagente de ácido acético e as lesões precurssoras do câncer de colo uterino se tornam mais visíveis. Depois colocamos iodo quando a paciente não for alérgica, claro, para identificar melhor a lesão. A biópsia não dói, há apenas um incomodo que é absolutamente suportável. Este ou esses fragmentos são mandados para o médico patologista que finalizará o diagnóstico.
Dra. Mirela Magalhães de Oliveira
Dra. Mirela Magalhães de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

A colposcopia é um exame feito através de um aparelho chamado colposcópio que possui lentes de aumento para que o colo do útero, vagina e vulva sejam avaliados com maior detalhamento. O preparo para colposcopia é feita da seguinte forma: utilizamos o soro fisiológico, o ácido acético e a solução de lugol. A paciente fica em posição ginecológica, como no Papanicolau, também é utilizado o espéculo vaginal (bico de pato) para visualizar o colo O colposcópio é aproximado da O colposcópio é aproximado da paciente, mas não entra em contato com ela. Normalmente, a colposcopia é indicada quando o resultado do preventivo sugere alterações relacionadas ao vírus HPV.
Dra. Aparecida Monteiro
Dra. Aparecida Monteiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

A colposcopia é um procedimento realizado para examinar a vagina, a vulva e o colo do útero, com o uso de um colposcópio.Normalmente realizada quando o exame de citologia oncótica (preventivo) apresenta um resultado anormal. O colposcópio é um aparelho semelhante a um microscópio, dotado de lentes de aumento e luzes, permitindo uma melhor visualização de lesões .Realizada em posição semelhante ao preventivo diferenciando apenas pelo uso de líquidos e medicações específicas que mostram uma reação ao contato com algum tipo de lesão (caso exista)! Procedimento de realização simples e indolor . Paciente voltando a rotina após a saída do consultório.
Dr. Jesus Jorge Claros Salinas
Dr. Jesus Jorge Claros Salinas Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

A colposcopia é um exame especializado do colo uterino, vagina e vulva com um instrumento chamado colposcópio. Este exame é indolor, mas pode gerar algum desconforto. Elé é feito pelo ginecologista e dura cerca de 10 minutos. A Colposcopia é necessária em casos de: - alterações no exame de Papanicolau (preventivo) - ex: NIC, HSIL, LSIL - alterações no colo uterino visíveis a olho nu - diagnóstico ou suspeita de HPV - sangramento após as relações sexuais - parceiro com DST - passado de DST ou HPV - controle pós-cauterização - pré-operatório de cirurgias ginecológicas - prurido (coceira) crônica na vulva (parte externa da vagina) - infecções vaginais de repetição.
Dra. Paula Guastaferro Magalhães
Dra. Paula Guastaferro Magalhães Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Belo Horizonte

Ver mais

Tem perguntas sobre Colposcopia?

Nossos especialistas responderam 138 perguntas sobre Colposcopia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! Tudo vai depender do que você está sentindo. Se não apresenta dor, sangramento ou corrimento, já pode retomar suas atividades!

  • 110
  • 38
  • 431
Dra. Theresa Leo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Vitória

Marcar consulta

Como o próprio nome diz a presença de sangue nas fezes quer dizer que há sangue nas fezes em pequenas quantidades, que não conseguimos ver, isso pode servir para diagnosticar inúmeras doenças desde a boca ate o anus; todo o trato gastro intestinal. O importante é saber qual a finalidade que o medico solicitou, o que ele estava pensando quando solicitou esse exame.

  • 26
  • 25
  • 142
Flavia Nogueira de Leoni Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Olá. Sempre siga as orientações do seu médico. Agende a sua consulta de reavaliação e esclareça suas dúvidas. Você tem uma lesão intraepitelial de alto grau provocada pelo HPV de alto risco, grupo B ou oncogênico. Não é um câncer mas pode ser uma lesão precursora de câncer. Como este o resultado da sua biópsia guiada por colposcopia, você deverá fazer a conização ou cirurgia de alta frequência. Esse procedimento irá fazer o diagnóstico definitivo e o tratamento. Solicite ao seu médico exames para descartar as outras infecções sexualmente como HIV, hepatite B e C e sífilis. Se você tem uma lesão pelo HPV, os seus parceiros sexuais precisam procurar atendimento médico. Eles podem ter o vírus e lesões pelo HPV. Após o tratamento, a vacina para o HPV pode evitar a recidiva da lesão de alto grau no colo uterino. Faça o tratamento correto. Converse com o seu médico. Agende a sua consulta.

  • 8116
  • 3027
  • 8069
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Marcar consulta

São procedimentos distintos que podem ser feitos num ato só. E ainda as biópsias que podem ocorrer no procedimento, contam separadamente. Por exemplo, pode ser necessária uma biópsia de vulva e uma no colo uterino. Espero ter ajudado.

  • 41
  • 6
  • 241
Rafael Gonçalves Portela Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Mastologista, Oncologista

Goiânia

Marcar consulta

Ver as 138 perguntas sobre Colposcopia