Perguntas sobre Diagnóstico precoce de câncer gastrointestinal

Tem perguntas sobre Diagnóstico precoce de câncer gastrointestinal ?

Nossos especialistas responderam 8 perguntas sobre Diagnóstico precoce de câncer gastrointestinal .

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Perguntas sobre Diagnóstico precoce de câncer gastrointestinal

8Perguntas

16Respostas

5Especialistas de acordo

32Pacientes agradecidos

Esses valores de alfafeto estão tocados apenas Provável que não seja nada demais . Mioma não altera , alguns tumores de ovário podem aumentar alfafeto todavia os valores ficam 5-10 x mais altos que esses . Não se preocupe , provavelmente não seja nada . Consulte um especialista para análise dos exames realizados até então e para melhor orientação e acompanhamento

  • 652
  • 146
  • 760
Eduardo Rodrigues Zarco da Câmara Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Salvo engano os valores me pareceram estar dentro dos limites, correto? O único marcador tumoral pode ter algum papel em rastreamento de câncer é o PSA para câncer de próstata. Todos os outros (como AFP, CEA, CA 15-3, CA 125, CA 19.9, e outros "CA"s) não devem ser usados para tal. Melhor jeito de prevenir câncer é evitar fatores de risco + realizar rastreamentos comprovados: Como evitar fatores de risco? Ex: dieta balanceada, atividade física regular, controle do peso, não fumar, etc.. Rastreamentos que funcionam (para mulher): mamografia, papanicolau/vacinação contra HPV, colonoscopia. Se fumante discutir TC de tórax. Dermatoscopia costuma estar presente em alguns check-ups. Adicionalmente a isto, gostaria de dizer que sua história familiar é importante. Mereceria consulta com geneticista. A depender de riscos diferenciados de se ter um ou outro câncer, o colega geneticista pode indicar outros exames ou mesmo cirurgias preventivas. Espero ter ajudado. Abraço

  • 71
  • 20
  • 124
Allan Pereira

Oncologista

Brasília

Ver as 2 respostas

Olá! Inicialmente pode não haver nenhum sintoma; com a evolução da doença pode ocorrer: dor de estômago constante, náuseas e vômitos, refluxo, falta de apetite, emagrecimento, dor abdominal, entre outros. O importante é consultar um médico caso apresente algum desses sintomas. Além do exame clínico detalhado e história familiar, quando necessário indicamos endoscopia digestiva alta.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 19
  • 9
  • 32
Dra. Vívian Cardoso Santos Coski de Melo

Oncologista

São Paulo

Ver as 2 respostas

Não existe um exame que seja melhor pra todas as doenças. Você já realizou os 2 melhores exames para diagnóstico de tumores gástricos (endoscopia) e colorretal (colonoscopia); que também são os tumores mais frequentes do trato gastrointestinal. Enterotomografia e ressonância servem pra diagnósticos de lesão em intestino delgado, o que é raro. Talvez devesse pesquisar causas de dor não relacionadas ao trato gastrointestinal. Espero ter ajudado.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 48
  • 15
  • 36
Dr. Victor Hugo Ribeiro Vieira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral, Oncologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 2 respostas

Olá. Respondendo especificamente à sua pergunta: muito se discutiu sobre o risco de uso crônico de omeprazole /panto.. Etc e risco de câncer gástrico. Se sabe que há um aumento de incidência de pólipos gástricos, mas a associação com câncer gástrico não está firmada. Você deve ser um usuário/a crônico de omeprazole pela pergunta... E o uso crônico está associado com deficiência de vitamina B12 entre outros efeitos deletérios. Fale inicialmente com seu gastroenterologista sobre a necessidade de manter a medicação.

  • 647
  • 155
  • 579
Dra. Patricia Moretto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Internista, Oncologista

Porto Alegre

Marcar consulta

Ver as 2 respostas

Olá. Dor anal não é "normal". Sugiro que você procure o seu proctologista, quem lhe operou, para revisar o caso e esclarecer as dúvidas.

  • 647
  • 155
  • 579
Dra. Patricia Moretto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Internista, Oncologista

Porto Alegre

Marcar consulta

Ver as 2 respostas

A avaliação adequada do intestino grosso deve ser feita pela realização completa da colonoscopia antes da realização da cirurgia para a retirada do tumor. A avaliação dos outros órgãos e a análise da biópsia do tumor retirado vai definir a necessidade de complementar o tratamento ou não. Leve os resultados das biópsias e dos exames realizados para o seu gastroenterologista.

  • 28
  • 8
  • 112
Dr. Thiago Nunes Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Gastroenterologista, Médico clínico geral

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 2 respostas

Depende do tipo de exame de pesquisa de sangue oculto nas fezes que será feito, pois atualmente pode ser feito o teste imunológico que não exige dieta específica, diferente dos outros exames mais antigos. Interessante suspender o uso de anti-inflamatórios.

  • Obrigado 20
  • 1 especialista está de acordo
  • 28
  • 8
  • 112
Dr. Thiago Nunes Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Gastroenterologista, Médico clínico geral

São Paulo

Marcar consulta

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia: