Endoscopia Digestiva Alta - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Endoscopia Digestiva Alta

Os especialistas falam sobre a Endoscopia Digestiva Alta

A Endoscopia digestiva Alta é realizada para examinar o esôfago, o estômago e o duodeno através da introdução por via oral de um aparelho flexível. Este aparelho possui um sistema de fibras óticas e uma microcâmera que ilumina o interior dos órgãos digestivos e proporciona a visão completa. Desta forma, a Endoscopia Digestiva Alta auxilia no diagnóstico de doenças do aparelho digestivo alto através de biópsias, no acompanhamento do seu tratamento e também na remoção de lesões como pólipos, tratamento de úlceras hemorrágicas, varizes de esôfago e outros procedimentos terapêuticos.
Dr. Walid Mohamad Omairi
Dr. Walid Mohamad Omairi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Gastroenterologista

|

Foz do Iguaçu

A endoscopia digestiva alta é o exame mais indicado para a avaliação do esôfago, estômago e duodeno. Sintomas como dor abdominal, queimação, refluxo, náuseas e vômitos, sangramentos, etc podem ser indicações de realizar esse exame para elucidação diagnóstica. A endoscopia é fundamental para diagnosticar lesões malignas nesses órgãos, assim como para detecção da bactéria H. pylori, relacionada a várias patologias gástricas.
Dr. João Paulo Aguiar Ribeiro
Dr. João Paulo Aguiar Ribeiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endoscopista

|

Fortaleza

O exame de endoscopia digestiva avalia o segmento superior do aparelho digestório representado pelo esôfago, estômago e o duodeno. O preparo é simples, apenas jejum de 10 horas. Tem duração em torno de 10 minutos e feito sob sedação auxiliada por anestesiologista, conferindo mais qualidade, segurança e mínimo desconforto. Usando um aparelho de vídeo-endoscopia de alta resolução com recursos de magnificação de imagens e cromoscopia digital, avalia-se com muita precisão as anormalidades na superfície desses órgãos como p. ex. a gastrite, úlcera e o câncer. Quando necessárias são realizadas biópsias que são indolores e usualmente milimétrica. A recuperação pós exame é em torno de 30 minutos.
Dr. Marcos Fernandes de Almeida
Dr. Marcos Fernandes de Almeida Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endoscopista, Gastroenterologista

|

Taguatinga

Exame que investiga sintomas do trato digestivo alto, como azia, estufamento, dor abdominal e é capaz de diagnosticar problemas como hérnia de hiato, varizes no esôfago, gastrite, úlcera e tumores. O exame é feito sob sedação com bastante segurança.
Dr. Élio Cunha Castro Filho
Dr. Élio Cunha Castro Filho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endoscopista, Gastroenterologista

|

Rio de Janeiro

A endoscopia digestiva alta é feita com um tubo fino, com uma câmera na ponta, chamado "endoscópio". Com o paciente sedado, introduzimos o endoscópio pela boca e examinamos todo o esôfago, estômago e duodeno (começo do intestino delgado). Desta forma, temos uma visão direta dos principais órgãos do trato digestivo superior. Além do diagnóstico do problema, nós podemos fazer diversos tratamentos com o endoscópio: retirada de lesões, tratamento de sangramentos, tratamentos para a obesidade, retirada de pólipos, etc. Tudo isso é feito sem qualquer corte na pele, pois o acesso aos órgãos se dá pela cavidade oral.
Dra. Viviane Fittipaldi
Dra. Viviane Fittipaldi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endoscopista, Gastroenterologista

|

Rio de Janeiro

Ver mais

Tem perguntas sobre Endoscopia Digestiva Alta?

Nossos especialistas responderam 97 perguntas sobre Endoscopia Digestiva Alta.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Não vejo motivos para preocupação. Caso os sintomas persistam procure o seu médico para uma avaliação.

  • 197
  • 62
  • 230
Dr. Carlos Sérgio Menezes Mendes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endoscopista, Gastroenterologista

Rio de Janeiro

Olá, não precisa ter medo. A endoscopia permite ao médico avaliar a mucosa do esôfago, estômago e do duodeno e assim realizar diagnósticos e procedimentos terapêuticos, sendo muito importante no se caso. Para proporcionar um maior conforto ao paciente, a endoscopia é feita sob sedação, que pode ser realizada pelo próprio médico endoscopista, e nesse caso é uma sedação consciente, ou por um médico anestesista, geralmente uma sedação mais profunda. É extremamente importante, que o paciente se informe e escolha um centro de endoscopia que atenda às normas da vigilância sanitária e resoluções da ANVISA e Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED). Além de observar se o médico endoscopista que irá realizar o exame tem o título de especialista pela SOBED, o que garante a boa formação e capacitação do profissional. Assim sua endoscopia não te trará nenhum desconforto e será realizada dentro dos padrões de qualidade esperados. Boa sorte. Atenciosamente.

  • 56
  • 24
  • 361
Dr. Rodrigo Oliveira Ximenes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endoscopista, Gastroenterologista

Goiânia

Marcar consulta

É preciso checar também o resultado da Endoscopia Digestiva Alta e quanto a presença ou não do H Pylori para definir o melhor tratamento no seu caso.

  • 102
  • 17
  • 76
Dr. Alexandre Sousa Carlos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Gastroenterologista

São Paulo

Marcar consulta

O melhor exame para ver a laringe é a vídeolaringoscopia, exame feito com anestésico local onde o paciente está consciente e participa ativamente do exame com manobras de respiração e fonação que permitem a avaliação dinâmica do órgão. A videoendoscopia digestiva alta permite a avaliação da laringe, embora não seja o principal objetivo. Em caso de tumores, é possível sim a indetificação da lesão.

  • 12
  • 2
  • 9
Dr. Marcos Fernandes de Almeida Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endoscopista, Gastroenterologista

Taguatinga

Marcar consulta

Ver as 97 perguntas sobre Endoscopia Digestiva Alta