Iridectomia Cirurgica - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Iridectomia Cirurgica

Tem perguntas sobre Iridectomia Cirurgica?

Nossos especialistas responderam 11 perguntas sobre Iridectomia Cirurgica.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

A iridotomia por yag laser é um procedimento tranquilo realizado em consultorio mesmo. É necessário usar colírios por alguns dias após o procedimento para evitar que o olho inflame e tenha outros problemas. Tire mais dúvidas com o(a) médico(a) do seu pai.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 403
  • 202
  • 294
Dra. Aline Andreza Henderson de Castro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Ananindeua

Marcar consulta

Na verdade, a iridectomia é um procedimento cirúrgico à laser, não um exame. Como causa certa inflamação na parte interna dos olhos, é comum embaçamento visual nas primeiras horas. Normalmente, no dia seguinte ao procedimento, a visão já tende a voltar ao normal. Caso a queixa da paciente persista, sugiro ligar ou retornar ao seu oftalmo para reavaliação.

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
  • 79
  • 74
  • 240
Prof. Dr. Tiago Prata Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Marcar consulta

Iridectomia com Yag laser é um procedimento seguro que não tem interferências com qualquer medicação sistêmica de quimioterapia.

  • 90
  • 13
  • 48
Dr. Ever Ernesto Caso Rodriguez Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Marcar consulta

Exame oftalmológico completo com: - ANAMNESE adequada para avaliar a história familiar de "glaucoma agudo", uso de medicamentos sistêmicos que possam estreitar o ângulo de drenagem; -REFRAÇÃO para avaliar a presença de hipermetropia (fator de risco para o "glaucoma agudo"); -BIOMICROSCOPIA avaliando-se a presença de câmara anterior rasa e presença do cristalino (fator de risco para o "glaucoma agudo"); -GONIOSCOPIA-exame que avalia a abertura do ângulo de drenagem do olho e que irá ditar a indicação do laser. A indicação de iridotomia profilática a laser se dá basicamente nos casos de ângulo estreito definidos através da gonioscopia. Ainda não se sabe quais os pacientes que apresentam ângulo estreito irão desenvolver "glaucoma agudo". Portanto, para não sairmos fazendo laser sem necessidade, é preciso pesar o risco x benefício desse procedimento avaliando-se a presença dos fatores de risco : idade avançada, raça asiática, hipermetropia, não ter operado de catarata ainda e sexo feminino

  • 77
  • 39
  • 39
Dr. Gustavo Muradas San Martin Reis Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Belo Horizonte

Marcar consulta

Ver as 11 perguntas sobre Iridectomia Cirurgica