Parto Normal - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Parto Normal

Informação sobre Parto Normal

Nomes alternativos: assistência e controlo ao parto.

O parto hospitalar normal é a intervenção que facilita o nascimento do bebê pela via vaginal depois de terminar o período de gestação. O fenômeno fisiológico para expelir o feto pode ser natural ou acompanhado por epidural. Um anestésico local é injetado na medula espinhal para bloquear a dor após as contrações do trabalho de parto e a expulsão.

Possui uma dúvida concreta sobre Parto Normal ? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Parto Normal

Acompanho o trabalho de parto baseado na fisiologia da mulher, sem intervenções desnecessárias, de forma humanizada e principalmente respeitando o momento especial do casal.
Leonardo Valladão de Freitas
Leonardo Valladão de Freitas Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

É fundamental que a gestante seja bem informada quanto às diferenças entre os tipos de parto e os riscos envolvidos em cada um, para que a paciente possa decidir em conjunto com o médico o que é melhor no seu caso. É importante não realizar procedimentos desnecessários e dar à grávida a liberdade de ser protagonista em seu próprio parto. E também é importante não deixar de realizar os procedimentos que forem necessários em casos de risco. Respeitados estes limites é possível o parto normal, natural, saudável, humanizado e principalmente seguro.
Prof. Maurilio Batista Palhares Junior
Prof. Maurilio Batista Palhares Junior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Maringá

Apesar do parto ser um evento único e imprevisível, é importante que a gestante faça um planejamento de como deseja ser assistida neste momento, através do plano de parto. Neste documento, que é repassado com o obstetra no final da gestação, os principais pontos da assistência são definidos e a mulher decide se deseja/aceita intervenções, quais intervenções e em quais situações. O trabalho de parto é acompanhado por equipe multidisciplinar, focando não somente nos aspectos mecânicos do parto, mas também emocionais. Há livre acesso a todos os métodos de alívio de dor e a mulher pode optar em qual posição deseja ter seu bebê, que fica o tempo todo junto da mãe, em contato pele a pele.
Realizo parto normal composta de equipe multiprofissional composta de 2 obstetras, anestesista, pediatra para sala de parto e visita médica e instrumentador. Disponibilidade médica nos seguintes Hospitais: Perinatal Laranjeiras e Pasteur Méier Apenas Particular. Marque uma consulta para maiores informações. Valores do parto dos honorários médicos não são passadas por telefone.
Dra. Marcela dos Santos Queiroz David
Dra. Marcela dos Santos Queiroz David Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

Principalmente se você deseja ter um parto normal 2 coisas são muito importantes: procure sempre um médico especialista obstetra e faça uma preparação adequada do ponto de vista físico e psicológico durante a sua gravidez e pré-natal. O sucesso na tentativa de parto normal dependerá muito de um eficiente trabalho em equipe multiprofissional que pode envolver o médico, gestante, fisioterapeuta, anestesista, enfermeira ou doula, hospital... Não tenha medo de tentar o parto normal principalmente se for esta a sua primeira gravidez. Os benefícios e menores riscos associados compensam. Técnicas novas como preparo perineal e uso do aparelho EpiNo tem aumentado muito o sucesso e satisfação.
Dr. Roberto Buenfil de Faria
Dr. Roberto Buenfil de Faria Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Parto Normal ?

Nossos especialistas responderam 50 perguntas sobre Parto Normal .

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Atualmente as evidências não suportam tentativa de parto vaginal após 2 cesarianas. Não são realizados estudos sobre isto pois já está demonstrado o aumento dos riscos após 1 única cesárea. Entenda melhor : Dados do governo americano ( do National Institute of Health ) apontam: A cada 100 tentativas de parto após cesárea , 1 resulta em ruptura uterina, e a cada 10 rupturas, 1 resulta em morte ou sequela neurológica do bebê. Se comparássemos 100 mil pacientes com 1 cesárea prévia, tentando parto ou cesárea eletiva teríamos mais 650 rupturas uterinas e mais 50 mortes ou sequela neurológica do bebê , no grupo do Parto vaginal. São riscos graves. Por outro lado, sabemos das complicações de se fazer diversas cesarianas ( aumento progressivo de ruptura uterina, hemorragia materna, histeréctomia, aderências, etc... ) Resumindo: Para quem tem 1 cesárea vale a pena pesar os riscos e benefícios de cada paciente, mas para quem tem 2 cesáreas, é bom senso NÃO tentar o parto normal.

  • 367
  • 237
  • 2428
Prof. Maurilio Batista Palhares Junior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Maringá

Atualmente a cesariana pode ser considerada um procedimento relativamente seguro, com riscos principalmente relacionados a hemorragia, infecção e complicações anestésicas. Os riscos do procedimento devem ser ponderados com as pacientes e a decisão da via de parto tomada em conjunto pelo médico e gestante. Tanto o parto normal como a cesariana envolvem riscos que podem ser minimizados com um acompanhamento pré-natal adequado.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
  • 132
  • 89
  • 319
Dr. Antonio Paulo Stockler Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

A contagem do tempo de gravidez, idade gestacional, é feita a partir do primeiro dia da última menstruação, tornando-se em dias corridos e semanas até a data atual. A realização da primeira ultrassonografia obstétrica tem como finalidade também confirmar a viabilidade da gravidez e o tempo de gestação. Converse com seu médico.

  • 768
  • 717
  • 1792
Dr. Roberto Buenfil de Faria Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Ola! Pode sim! Porém é necessário realizar um Pré Natal cuidadoso e para previnir e avaliar qualquer fator que possa representar um risco. Converse com seu obstetra

  • 78
  • 13
  • 40
Maria Paula Barbedo Silveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 50 perguntas sobre Parto Normal