Psicoterapia de Grupo - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Psicoterapia de Grupo

Tem perguntas sobre Psicoterapia de Grupo?

Nossos especialistas responderam 3 perguntas sobre Psicoterapia de Grupo.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Fique calma! Às vezes passamos por momentos mais conturbados na vida, mas estar disposta a mudar este padrão de comportamento é o primeiro passo. Estes comportemos e emoções devem estar diretamente relacionados a pensamentos e crenças que você possui. Entender este padrão e trabalhar para mudá-los será bastante confortante e trará impactos bastante positivo para sentir-se bem. Recomendo que procure terapia para que um profissional possa te auxiliar neste processo, tenho certeza que irá sentir-se melhor. Boa sorte!

  • 44
  • 27
  • 26
Ingrid Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

São Paulo

Marcar consulta

A psicoterapia em grupo pode ajudar. Mas para o caso de depressão e irritabilidade acredito que a psicoterapia individual seja o mais indicado.

  • 7
  • 12
  • 11
Ana Carolina Monteiro Grasso

Psicóloga

São Paulo

Vale dizer que os critérios de diagnóstico do DSM (Manual de Diagnóstico de Doenças) para a Síndrome de Asperger (SA) são criticados por serem vagos e subjetivos, daí sua validade é incerta e há muitos casos de diagnósticos errados. Por isso a SA foi removida do DSM, sendo incorporada pelo Transtorno do Espectro Autista. Hoje a tendência é considerar que a SA e o próprio autismo sejam falhas em diferentes níveis do funcionamento executivo (algum tipo de limitação de certas funções executivas - FE, localizadas no córtex pré-frontal). Nesse caso, a melhor terapia será aquela que trabalhe bem as FE, assim como as habilidades sociais. No caso das FE é importante encontrar uma escola que trabalhe com Neuroeducação, assim como adotar estratégias familiares que estimulem tais funções. Um trabalho com um neuropsicopedagogo pode ajudar bastante. Em termos de habilidades sociais uma boa terapia de grupo ajuda bastante, especialmente se combinar Psicodrama com Terapia Cognitiva (TCC).

  • 20
  • 15
  • 36
Ricardo B. Marques

Psicanalista, Terapeuta alternativo

Fortaleza

Ver as 3 perguntas sobre Psicoterapia de Grupo