Boa tarde Eu moro junto com meu namorado. Cometi traição financeira c...

Boa tarde!
Aparentemente vocês dois estão repetindo um padrão que já viveram em outros relacionamentos, seria interessante consultar um psicoterapeuta para que possa compreender o que está por trás desse padrão, caso contrário poderá vir a repetí-lo em outros relacionamentos.

Para recuperar a confiança é preciso uma conversa sincera e uma solução de compromisso, em que vocês se dediquem a mudar e a buscar ajuda para tanto se necessário.

A primeira coisa a fazer é buscar uma avaliação psicológica para um entendimento do seu funcionamento mental, avaliar os diversos aspectos que envolvem o comportamento repetitivo disfuncional em relação as finanças. Sem essa investigação a tendência é tornar a repetir os mesmos comportamentos, desencadeando novos atritos com seu namorado atual, ou em relacionamentos futuros.
Respeitosamente.

Querida, em primeiro lugar não depende somente de ti, que a confiança seja recuperada. Existem questões dele tbm em pauta. Sugiro que fales abertamente o quanto esse relacionamento é importante para ti e o quanto estás disposta a fazer mudanças necessárias. Convide ele para te ajudar nesta jornada. Convide ele a te acompanhar a um psicólogo ou psicóloga de casais. Um olhar técnico irá identificar quais aspectos do casal está em evidência e que torna repetitivo um padrão de comportamento que vem trazendo consequências negativas às relações. Abraços!

Bom dia ! Como você menciona que já errou assim no passado, seu primeiro passo é admitir que tem um problema e a partir daí, procurar ajuda para resolvê-lo. A psicanálise é um bom caminho e poderá ajudá-la a entender por que age desta forma e qual a melhor forma de proceder em novas situações. Ganha a confiança dele novamente é um trabalho árduo, conforme a flexibilidade dele, será possível ou não que isto aconteça. Mas independente disto, este problema precisa ser tratado para que você tenha consciência do por quê age desta maneira e como evitar problemas futuros, seja estando com seu namorado, seja para uma futura nova relação.

Infelizmente, perder a confiança de alguém é uma coisa que acontece rapidamente, enquanto que, ganhar a confiança é um processo demorado. Em primeiro lugar, ele disse que vai te deixar ou isso é uma suposição sua? Porque nossa mente adora criar coisas que não existem. Em segundo lugar, você vai ter que trabalhar para ganhar a confiança dele novamente, até ele ter certeza de que pode confiar e contar com você, mas isso não vai acontecer do dia para a noite, portanto, você precisa ter paciente e se dedicar a isso, ou seja, mostrar para ele que você é capaz de mudar. Se ele amar você de verdade, com o tempo ele pode vir a te perdoar.

A pergunta primeira não deveria ser como posso mudar? Porque recuperar a confiança do outro requer que a pessoa demonstre claramente que está, não apenas disposta a mudar, mas que já está efetivamente tomando as devidas providências para isso. E comportamentos repetitivos só são alterados com muito trabalho em psicoterapia. Procure um Psicólogo Clínico ou Psicanalista e inicie um tratamento sério. Se ele te ama, com certeza perceberá seu envolvimento real com a mudança e poderá voltar a confiar em você.

Olá. Pelo seu discurso existe uma repetição de padrão de ambos, relacionada a relações anteriores. Uma terapia individual pode te ajudar a entender o porquê desse repetição. Passar a se conhecer mais, entender o seu funcionamento psíquico, o porquê de determinados comportamentos disfuncionais. Estou a disposição!!!

Ver as 84 perguntas sobre Terapia de Casal

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia:

Tem perguntas sobre Terapia de Casal?

Nossos especialistas responderam 84 perguntas sobre Terapia de Casal.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.