Terapia do Luto - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Terapia do Luto

Os especialistas falam sobre a Terapia do Luto

O luto é uma reação emocional a uma perda significativa. Uma fase de transição. Um processo natural e um modo de recuperação emocional face à perda. A terapia é um espaço seguro para expressar a tristeza, a revolta ou qualquer tipo de sentimento e pensamento sobre a morte, sem receios. O luto ocorre em diversos tipos de perdas, incluindo: A morte ou o fim de um relacionamento significativo; Alguém próximo que está a experienciar uma doença crônica ou terminal; A perda de fatores importantes na vida como segurança econômica, emprego; A morte de um animal de estimação; Uma mudança negativa no que diz respeito à saúde ou funcionamento físico e psíquico.
Dra. Betânia Tassis
Dra. Betânia Tassis Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

|

Rio de Janeiro

O tratamento de luto são para pessoas que perderam entes queridos, ou términos de relacionamentos, mudanças de profissão, demissoes de emprego. Toda mudança drástica gera uma dor e um sofrimento, dessa forma passamos por um luto, uma perda.
Renato Mota
Renato Mota Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

|

Montes Claros

Talvez a única certeza a respeito da perda seja que o tempo cura tudo. Infelizmente, a cura nem sempre é um processo ascendente que nos conduz à superação com rapidez e suavidade. Em vez disso, o processo equivale mais ou menos a andar na montanha-russa: avançamos em direção à melhora e de repente mergulhamos no desespero, parecemos avançar, para logo em seguida regredir, progredimos para depois ter a sensação de que voltamos ao início. A cura é assim, pode ter certeza: a cura e o restabelecimento virão. Você talvez não recupere o que perdeu, mas poderá curar-se.
Ana Carolina Fernandes

Psicóloga

|

Londrina

Segundo a psiquiatra Kubler Ross, o luto é um processo necessário e fundamental para preencher os vazios inerentes ao homem ocasionados por perdas significativas. Tais perdas podem ser a morte de pessoa estimada, separação/rompimentos amorosos, perdas de amizades, objetos, viagens, empregos, etc. O luto possui cinco fases: 1-Negação; 2-Raiva; 3-Barganha; 4-Depressão e 5-Aceitação. As fases não ocorrem necessariamente nesta ordem de classificação e podem ocorrer todas juntas e com intensidades diferentes. Tudo depende do indivíduo e da situação experienciada por ele. A orientação psicológica, além de acolher a pessoa em luto, a auxilia a encontrar novas perspectivas viabilizando o processo.
Isabela Colette
Isabela Colette Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Americana

Esta terapia vai gradualmente trabalhar a dor que se cristaliza no interior daqueles que vivenciam a morte de alguém importante, a rejeição, os sutis processos de escape e o temor do porvir.É permitir que a dor venha, passe, e aos poucos se desvaneça, assim como as saudades, a melancolia, qualquer traço de culpa ou de remorso que invada o íntimo do ser enlutado; é essencial falar sobre o morto, e não fingir que nada aconteceu. Só assim será possível alcançar a catarse que ameniza a dor e deixa o coração livre do que o oprime.É fundamental que o ser humano se conscientize de que sua existência é composta de ciclos, de recomeço e de transformações.
Dra. Maria Ângela Guzzi

Psicóloga

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Terapia do Luto?

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.